Fernando Machado

Blog

Tag plano

Nos Bastidores da Política

O Presidente da República Jair Bolsonaro assinou e encaminhou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei que cria o Plano Nacional do Desporto (PND), uma antiga reivindicação da comunidade esportiva. A assinatura do Projeto de Lei, que agora segue para apreciação e voto de deputados e senadores, ocorreu ontem pela manhã, em solenidade no Palácio do Planalto, com a participação de representantes do esporte brasileiro. Previsto na Lei nº 9.615 (Lei Pelé), de 24 de março de 1998, a regulamentação do PND levou 24 anos para ser apresentada. “Não queremos fazer do esporte um instrumento político, mas um instrumento, realmente, [para] integrar. Fazer com que a juventude, cada vez mais, se interesse por isso. Porque isso os afasta também das drogas, dos maus caminhos”, ressaltou o Presidente Jair Bolsonaro.

Maurren Maggi, Bolsonaro, João Roma e André Domingos felizes com a novidade (Foto: Isaac Nobrega)

O plano apresentado pelo Governo Federal será regido por cinco princípios. Um deles é assegurar a autonomia das entidades que compõem o Sistema Nacional do Desporto na organização do esporte nacional. A medida também vai levar garantia de acesso ao esporte, enquanto direito social, e valorizar a prática esportiva para o desenvolvimento integral do ser humano. O projeto prevê ainda a colaboração entre agentes públicos e privados para o desenvolvimento do esporte e estabelece a ética e o jogo limpo em todas as formas de manifestação esportiva. O PND também prevê o incentivo ao uso da infraestrutura esportiva existente hoje e visa implantar novas edificações e espaços esportivos mediante programas ou projetos de uso e manutenção. A ideia é evitar obras que acabem abandonadas e resultem em desperdícios de recursos. Um exemplo foi à reativação dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s), que estavam paralisados há 17 anos. No ano passado, a competição reuniu mais de seis mil estudantes-atletas no Rio de Janeiro em disputas realizadas nas estruturas dos jogos olímpicos de 2016.

Nos Bastidores da Política

Ocorreu entre os dias 18 e 20 de agosto, na aldeia Cachoeirinha, localizada no município de Tocantínia (TO), o curso de formação de brigada para mulheres indígenas da etnia Xerente. É a primeira brigada indígena totalmente feminina formada no Brasil e formou, ao todo, 29 brigadistas voluntárias que atuaram em ações de prevenção e combate a incêndios florestais. O curso teve o objetivo de apoiar as ações ambientais que já vinham sendo desenvolvidas na região pelos brigadistas Xerente do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Ibama, com o suporte da Funai. Cerca de 100 aldeias, aproximadamente quatro mil indígenas, serão beneficiadas com a formação das mulheres Xerente.

Começou segunda-feira a distribuição de mais de 5,3 milhões de doses de vacinas Covid-19 para todo o Brasil. Nesta pauta de distribuição, os imunizantes da Pfizer/BioNTech são destinadas para primeira dose. Essas recomendações foram pactuadas entre representantes da União, estados e municípios, seguindo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. O cálculo feito para concretizar a distribuição considera o número de pessoas que ainda não foi vacinada com a primeira dose em cada estado.  O Ministério da Saúde alerta sobre a necessidade de estados e municípios seguirem as recomendações pactuadas de forma tripartite e o PNO, para garantir a segunda dose de toda a população. Saiba mais: clique aqui.

De Volta para o Passado

Há 100 anos, nascia nos Estados Unidos, a atriz Esther Williams, que morreu no dia 6 de junho de 2013.

Há 90 anos, o prefeito Lauro Borba convida o arquiteto Nestor de Alencar para traçar um plano de embelezamento do Recife.

Monsenhor Elysio, Manoel José de Souza e Raul Correia na inauguração da Alfaiataria da Paz (Foto: Diário da Manhã)

Há 85 anos, era inaugurada em Afogados, a Alfaiataria da Paz, de Manoel José de Souza e Raul Correia. Monsenhor Elysio Cavalcanti deu a bênção ao estabelecimento. Falou na ocasião o guarda-livros Octavio Cavalcanti.

Há 80 anos, estreava no Teatro de Santa Isabel, a Companhia Jaime Costa, com a peça Nossa Gente é Assim.

Carmen Towar em A Malquerida (Foto: Acervo de CT)

Há 60 anos, na TV Radio Clube, acontecia o Grande Teatro A Palmeira, com a peça A Malquerida, realização de Heloisa Helena. No elenco Carmen Towar, Rosa Maria, Albuquerque Pereira, Bianor Batista, Francisco Advincula, Arlete Sales, Evandro Vasconcelos, Lucio Mauro, Rudy Barbosa e Heloisa Helena.

Há 40 anos, o cientista Alberto Sabin recebia o titulo de Doutor Honoris Causa da UFPE, entregue pelo reitor Geraldo Lafayette.

Nos bastidores da política

Pessoas com doenças crônicas neurológicas agora fazem parte do público-alvo da vacinação contra a Covid-19. A inclusão do grupo na lista de comorbidades foi realizada, quinta-feira, com a atualização do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO). Com isso, portadores de doenças cerebrovascular, doenças neurológicas crônicas que impactem na função respiratória, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular, e indivíduos com deficiência neurológica grave, paralisia cerebral, esclerose múltipla, ou condições similares, já podem se vacinar contra a Covid-19 em todo País.

O presidente da Fundação Nacional do Índio, Marcelo Xavier, participou quinta-feira da entrega simbólica de mais de 1 mil cestas de alimentos a indígenas que vivem no Distrito Federal. A solenidade contou com a presença dos ministros da Cidadania, João Roma; da Secretaria de Governo, Flavia Arruda; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; do presidente substituto da Companhia Nacional de Abastecimento, José Costa Neto; e do secretário nacional de Inclusão Social e Produtiva, Celso Matsuda, entre outras autoridades.

  • 1 2 8