Fernando Machado

Blog

Tag peça

Anotações do Cotidiano

Sérgio Ramalho está na 3ª posição, a dez pontos do primeiro colocado e vai acelerar domingo, na Special Edition da GT Sprint Race. O final de semana será determinante para o piloto pernambucano Sérgio Ramalho. Com apoio do Grupo Dislub Equador, o recifense participará da decisão do torneio Special Edition do campeonato brasileiro de automobilismo GT Sprint Race. Esta etapa ocorrerá no Autódromo Potenza, em Lima Duarte (MG). As atividades iniciam hoje com treinos extras e oficiais. Amanhã acontecem as três corridas. Já no domingo serão realizadas as duas finais. É quando Sérgio, formando dupla com o piloto Dudu Trindade, vai disputar velocidade no torneio.

O piloto Sergio Ramalho (Foto: Rodrigo Guimarães)

Com texto de Marília Toledo e Emílio Boechat, direção de Fernanda Chamma (que também assina a coreografia) e Marília Toledo, além de direção musical de Marco França, a comédia musical Silvio Santos Vem Aí! volta para o 033 Rooftop (na cobertura do Teatro Santander), no complexo JK Iguatemi, em São Paulo, após temporada interrompida por conta da pandemia. O espetáculo começa dia 15 e segue até 21 de novembro, faz um recorte na vida do apresentador e empresário Senor Abravanel (vivido pelo ator Velson D’Souza) desde sua infância, até a consolidação do SBT. Com personagens icônicos como Gugu Liberato, Hebe, Elke Maravilha, Wagner Montes, Bozo, Pedro de Lara entre outros, a peça promete agradar todas as gerações.

O ator Velson D´Souza (Foto: Adriano Doria)

Disney+ anunciou que já iniciou a produção de O Coro: Sucesso, Aqui vou eu, nova série musical brasileira criada e dirigida por Miguel Falabella, que chega à plataforma em 2022. A trama conta a história de um grupo de jovens adultos, de diferentes origens, que veem no anúncio de um teste de elenco para uma companhia de teatro a chance de retomar a busca de seus sonhos adormecidos e fazer uma carreira no teatro. Aprovados numa primeira triagem, os aspirantes a cantores-atores vivem um misto de sentimentos como   deslumbramento com o mundo do teatro, a descoberta de novos amores, assombramentos do passado e o medo da reprovação, já que não sabem se serão contratados no final das audições.

De Volta para o Passado

Há 110 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Cláudio Tavares, que morreu no dia 16 de novembro de 1982.

Há 110 anos, nascia na Itália, a Condessa de Paris (Isabelle d´Orleans e Bragança), que morreu no dia 5 de julho de 2003.

Há 100 anos, nascia em São Paulo, o jogador Antoninho Fernandes (Antônio Fernandes), que morreu no dia 16 de dezembro de 1973.

Há 85 anos, morria em Pernambuco, o acadêmico Gervásio Fioravanti Pires Ferreira, que nasceu no dia 13 de fevereiro de 1870.

Os atores Luiz Maranhão e Ziza Prysthon (Fotos: Diário da Manhã)

Há 85 anos, o Grupo Gente Nossa, encenava a peça O Feitiço, de Oduvaldo Vianna, no Teatro Leopoldo Fróes, na Rua Manoel Bezerra, na Madalena. No elenco Luiz Maranhão, Raul e Ziza Prysthon, Luiza Oliveira, Irene Sobral, Alfredo de Oliveira, Ary Guimarães, Amália e Aucelia de Souza.

Há 60 anos, a Alemanha Oriental, erguia o Muro de Berlim, símbolo da Guerra Fria. Foi derrubado em 9 de novembro de 1989.

Há 35 anos, morria na Bahia, a lyálorixá Mãe Menininha do Gantois, que nasceu no dia 10 de fevereiro de 1894.

Há cinco anos, morria em Pernambuco, o marchand Giuseppe Baccaro, que nasceu no dia 22 de janeiro de 1930.

De Volta para o Passado

Há 115 anos, chegava o Recife, a bordo do vapor Alagoas, a Companhia Ângela Pinto. E estreava no Teatro de Santa Isabel com a peça Severa de Julio Dantas. Ela ficou hospedada na Pensão Francesas, em Estância.

Há 115 anos, chegava ao Recife, o Ministro das Relações Exteriores dos Estados Unidos, Elihu Root. O governador Sigismundo Gonçalves, ofereceu um almoço no Palácio do Campo das Princesas para ele, que adorou o doce de caju.

Há 100 anos, chegava ao Recife o novo cônsul britânico, Albert Edward Browne, que substituiu E. Dickie transferido para Madri.

Há 95 anos, nascia em São Paulo, o artista plástico José Lanzellotti, que morreu no dia 12 de junho de 1992.

Há 80 anos, no Teatro de Santa Isabel, acontecia concerto da cantora Marion Matthaeus. Foi acompanhada pelo marido, maestro Werner Singer, regente da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, ao piano.

Há 50 anos, o Santa Cruz ao vencer o Sport, na Ilha do Retiro, por 1×0, gol de Cuíca, tornava-se tricampeão de futebol de Pernambuco. O SC jogou com Detinho, Gena, Rivaldo, Antonino, Cabral, Valter, Luciano, Cuíca, Fernando Santana, Givanildo, e Ramon. Técnico Duque. O Sport jogou com Perez, Baixa, Bibiu, Gilson, Altair, Nenê, Milton, Copeu, César, Duda e Gijo.

A nova coleção de Pierre Balmain

O que Pierre Balmain fez há 75 anos, após o incrível triunfo de sua primeira apresentação de alta-costura? Ele fez as malas e começou a viajar… Voou para a América, seguindo as dicas de sua amiga Gertrude Stein, para atuar como embaixador itinerante de sua própria marca, cruzando os Estados Unidos para dar palestras sobre a cultura francesa e sobre o seu “saber viver”. Pierre Balmain também saltou através do canal, transportando a nova versão feminina da alta-costura para Londres.

Os looks masculino e feminino de Pierre Balmain (Foto: Divulgção)

Seis anos após a guerra encerrou todas as importações da moda parisiense. E, após 8 dias de uma série de voos por meio mundo, pousou na Austrália, trazendo notícias de seu Novo Estilo Francês (e, claro, certificando-se de incluir uma visita ao Subúrbio de Balmain em Sydney). Agora, pós-2020, é muito mais fácil apreciarmos o quão empolgantes essas viagens devem ter sido para Pierre Balmain. A apresentação de Outono Inverno da Balmain trouxe coleções masculinas e femininas que canalizam essa sensação incrível de liberdade.

Mais dois looks de Balmain (Fotos: Divulgação)

Lembrar-nos do poder que as viagens possuem em abrir mentes, animar espíritos e reunir aqueles que foram mantidos separados, pois todos nós esperamos pelos dias melhores que logo chegarão. Muitos dos designs são sobre a beleza encontrada nos uniformes dos primeiros pilotos e astronautas, como os vestidos de paraquedas, botas de voo com cordões, jaquetas bomber e macacões cintilantes. Uma peça particularmente notável, com mais de 68 mil cristais Swarovski reciclados, reflete o cuidado que nosso ateliê possui em trazer ousadia às inspirações de aviador.

Finalmente mais dois looks de Pierre Balmain (Fotos: Divulgação)

Valentin Petit e sua equipe foram responsáveis pelo vídeo, gravado dentro dos hangares da Air France, onde os conhecimentos aeronáuticos e tecnológicos tornam possível um belo voo – assim como as habilidades de nosso ateliê parisiense permitem que as passarelas de Balmain aconteçam. Muitos dos bordados de nossos artesãos foram inspirados pela construção e mecânica dos aviões e motores, que desempenham papéis importantes no filme de hoje. Essa linha, inspirada pelo design de Pierre Balmain do início dos anos 70, remete as silhuetas femininas nas quais nosso fundador apostou. Assim como ele, vários outros jovens talentos foram responsáveis pelo renascimento histórico da moda em Paris no pós-guerra.