Fernando Machado

Blog

Tag passarelas

Juliana Jabour na SPFW

De volta às passarelas nesta edição virtual do São Paulo Fashion Week, Juliana Jabour apresentou sua nova coleção, Verão 2022, no formato de fashion film. Expectations, título do filme e da coleção, trata do sentimento de que coisas boas acontecerão num futuro próximo. Filmado no Prédio Sé, locação histórica no centro de São Paulo, e dirigido por Vagner Jabour e Bruno Cabral, o filme é estrelado por duas personagens, interpretadas pelas modelos Marcela Thome e Elle Maciel.

Um look da Juliana Jabour (Foto: Vagner Jabour)

Juliana e equipe conceberam o roteiro da apresentação a partir do momento atual do mundo, onde duas pessoas separadas pelo extenso período de isolamento podem, finalmente, se encontrar. O desfile trata, portanto, de um futuro pós apocalíptico real. A esperança e a expectativa desse encontro estão presentes nas peças coloridas, volumosas e estruturadas, numa coleção que dá um twist no repertório da estilista.

O amarelo segundo Juliana (Foto: Vagner Jabour)

São 11 looks coloridos, 10 deles monocromáticos, além de um bicolor. A coleção é dividida entre os tons intensos e os pastéis, nas cores vermelho, pink, verde, azul e amarelo. O streetwear sempre revisitado pela marca se faz presente, aqui em simbiose com babados em caracol, laços, silhuetas volumosas e mangas bufantes. Tudo construído a partir de apenas duas matérias primas: o zibeline, tecido estruturado e brilhante; e o já clássico moletom Cozy, da Lunelli Têxtil, parceira de anos nos desfiles da designer.

Outro look pink com red (Foto: Vagner Jabour)

Alguns elementos gráficos estão presentes na coleção, em formato de silk e bordados pequenos, sempre em tom sobre tom. Símbolos como coração com as setas de reciclagem, estrela com fogo e raio e a taça martini com a frase Rainbow Room; Cocktails são ícones estéticos da estilista, e dão o toque final à coleção. Os acessórios do desfile são jóias do designer Ara Vartanian, inspiradas no universo automobilístico. Os brincos criam uma espécie de ilusão de ótica, e no filme são usadas às versões em ouro amarelo com rubelita; ouro branco com diamante branco; e ouro amarelo com diamante negro. O Verão 2022 de Ju Jabour terá um desdobramento comercial, com lançamento previsto para o mês de julho.

A nova coleção de Pierre Balmain

O que Pierre Balmain fez há 75 anos, após o incrível triunfo de sua primeira apresentação de alta-costura? Ele fez as malas e começou a viajar… Voou para a América, seguindo as dicas de sua amiga Gertrude Stein, para atuar como embaixador itinerante de sua própria marca, cruzando os Estados Unidos para dar palestras sobre a cultura francesa e sobre o seu “saber viver”. Pierre Balmain também saltou através do canal, transportando a nova versão feminina da alta-costura para Londres.

Os looks masculino e feminino de Pierre Balmain (Foto: Divulgção)

Seis anos após a guerra encerrou todas as importações da moda parisiense. E, após 8 dias de uma série de voos por meio mundo, pousou na Austrália, trazendo notícias de seu Novo Estilo Francês (e, claro, certificando-se de incluir uma visita ao Subúrbio de Balmain em Sydney). Agora, pós-2020, é muito mais fácil apreciarmos o quão empolgantes essas viagens devem ter sido para Pierre Balmain. A apresentação de Outono Inverno da Balmain trouxe coleções masculinas e femininas que canalizam essa sensação incrível de liberdade.

Mais dois looks de Balmain (Fotos: Divulgação)

Lembrar-nos do poder que as viagens possuem em abrir mentes, animar espíritos e reunir aqueles que foram mantidos separados, pois todos nós esperamos pelos dias melhores que logo chegarão. Muitos dos designs são sobre a beleza encontrada nos uniformes dos primeiros pilotos e astronautas, como os vestidos de paraquedas, botas de voo com cordões, jaquetas bomber e macacões cintilantes. Uma peça particularmente notável, com mais de 68 mil cristais Swarovski reciclados, reflete o cuidado que nosso ateliê possui em trazer ousadia às inspirações de aviador.

Finalmente mais dois looks de Pierre Balmain (Fotos: Divulgação)

Valentin Petit e sua equipe foram responsáveis pelo vídeo, gravado dentro dos hangares da Air France, onde os conhecimentos aeronáuticos e tecnológicos tornam possível um belo voo – assim como as habilidades de nosso ateliê parisiense permitem que as passarelas de Balmain aconteçam. Muitos dos bordados de nossos artesãos foram inspirados pela construção e mecânica dos aviões e motores, que desempenham papéis importantes no filme de hoje. Essa linha, inspirada pelo design de Pierre Balmain do início dos anos 70, remete as silhuetas femininas nas quais nosso fundador apostou. Assim como ele, vários outros jovens talentos foram responsáveis pelo renascimento histórico da moda em Paris no pós-guerra.

Nos tempos das Passarelas

Ratchanon Raksat, Nattanpong Meesomboon e Thiraphat Sittichai (Foto: Concurso)

Kitraphas Isarakarnkitinan e Phiphatthanaphong Pohthisarn (Fotos: Concurso)

Em novembro, no Safari de Chiang Mai, foi escolhido o Mister Universo Tailândia de 2020 é Nattanpong Meesomboon, no segundo lugar ficou Ratchanon Raksat e no terceiro lugar ficou Thiraphat Sittichai. O Man Globo Tailândia é Phiphatthanaphong Pohthisarn, e o Mister Model Universo da Tailandia é Kitraphas Isarakarnkitinan.

Sauffi, Steve Gordan Rogers e Nicholas Jacob Bong (Fotos: Concurso)

Sauffi foi eleito Mister Supranational Singapore de 2020, no 2º lugar ficou Ikhwan Risydah. O Mister Modelo de fitness foi Steve Gordan Rogers. O Mister Altitude World Supermodel Nicholas Jacob Bong. O Melhor Modelo Masculino Nazir Nathaniel Hub-Khan; o Mister Universo Turismo é Kaung Kong. O Mister do Ano foi Haya Meyes e Dane Diamond foi eleito o I Mister Landscape International da Tailandia.

Kaung Kong, Haya Meyes e Ikhwan Risydah (Fotos: Concurso)

Dane Diamond  e Nazir Nathaniel HUb-Khan (Fotos: Concurso)

No Tempo das Passarelas

Nizete Abdenor Mendonça, Maria Euthymia Pimentel, Nelbe Chateaubriand, Sônia Maria Campos Bapitsta e Raiolanda Castelo Branco Pernman (Foto: Acervo do Blog)

Eduardo, Alexsandro, Bianca Figueiroa, Arthur, Gabriel, Herbert e Bruno (Foto: Acervo de Fernando Machado)

Há 30 anos acontecia no Mar Hotel uma tarde beneficente intitulada No Tempo das Passarelas. Um encontro que reuniu Misses Pernambuco de vários anos. Sem dúvida o creme de la crema da nossa sociedade prestigiou o evento de grande alcance social. A renda foi destinada para os aidéticos do Hospital Oswaldo Cruz teve o patrocínio da Associação Amigos da Esperança, leia-se a presidente Nizete Abdenor Mendonça.

Zilene de Sá Torres, Maria Euthymia Pimentel, Ana Lúcia Caldas e Simone Valença Duque (Foto: Acervo de Fernando Machado)

Além das 15 pernambucanas, da Miss Bahia de 1959, Maria Euthymia Manso Pimentel, que usou o mesmo modelo no concurso de Miss Brasil de 1959, mostraram seus looks Leni Rodrigues, Beautiful People de Flora Lima, Cris e Luci Moda Praia de Cristina Bondan e Lúcia de Souza. Os sapatos foram da Datelli de Zenia Brito e da Diagonal de Ana Cabral. Sem dúvida uma tarde de sucesso.

Simone Augusto, Zilene de Sá Torres, Vera Maria Silva e Raiolanda Castelo Branco (Foto: Acervo de Fernando Machado)

Participaram do encontro as misses Nelbe Souza Chateaubriand   (1956), Sonia Maria Campos (1958), Raiolanda Castelo Branco Perman (1966), Vera Maria Silva (1967), Maria Jerusa Farias (1969) que usou o mesmo modelo by Marcilio Campos no Miss Brasil, Ana Almeny Dias Cardoso (1970), Matilde Souza Terto (1976), Zilene de Sá Torres (1977), Ângela Agra Galvão (1978), Ana Lúcia Caldas (1980), Rita de Cássia Spencer (1981), Simone Valença Duque (1982), Monica Cardoso Lima (1983), Simone Augusto da Silva (1985) e Bianca Figueiroa Alves (1984).

Rita de Cássia Spencer, Ângela Agra e Sonia Maria Campos (Foto: Acervo de Fernando Machado)

Apresentaram as coleções os modelos Alexsandro, Arthur, Eduardo, Estevão, Gabriel, Gilberto, Herbert, Pierre, Plinio, Alexsandra, Ana Leticia, Bianca, Érica, Fernanda e Sueny. O fundo musical foi de Leonel e Evaldo Matos. A trilha sonora de Geraldo Melo Jr, cenário da arquiteta Cremilda Martins, a maquiagens e penteados do papa Almir da Paixão, e a filmagem de Silas da Costa e Silva. A hostess foi a jornalista Regina Beltrão.

Ana Almeny Dias Cardoso, Bianca Figueiroa, Matilde de Souza Terto e Nelbe Chateubriand (Foto: Acervo de Fernando Machado)

E como patronesses estavam Aliete Duque de Miranda, Anete Cunha, Berenice Andrade Lima, Celeida Nevaris, Cleide Rios, Eliane Lundgren, Fátima Sá, Geralda Farias, Iracema Toscano, Ivone Ximenes, Lenir Barros, Lígia Arruda, Livia Menelau, Moiselita Santos, Marlene Domingues, Maria Euthymia Pimentel, Milene Sterenberg, Neli Ribeiro, Ruth Nascimento, Terezinha Guidotti, Thila Rocha, Sarita Martins, Sueli Rossiter e Vera Arminstrong.

Mônica Cardoso Lima (Foto: Acervo de Fernando Machado)

  • 1 2 4