Fernando Machado

Blog

Tag parcela

Nos bastidores da política

Chegou ao Brasil, quinta-feira, o primeiro lote de um milhão de doses de vacinas da Pfizer contra a Covid-19. O acordo do Governo Federal com a farmacêutica prevê a entrega de 100 milhões de doses ainda neste ano. As doses deverão ser usadas prioritariamente nas capitais em razão das condições específicas de armazenamento, que precisam ocorrer em temperaturas muito baixas. Segundo o Ministério da Saúde, o envio aos estados será realizado em duas etapas. Cada uma delas terá 500 mil doses e será referente, respectivamente, a primeira e a segunda doses que cada cidadão deverá receber. Até serem despachadas aos entes da federação, as doses ficarão a -85ºC em 16 super geladeiras do Centro de Distribuição Logístico do Ministério da Saúde, em São Paulo.

Quinta-feira foi deflagrada a operação Quinta Parcela, pela Polícia Federal. A ação é resultado do trabalho de inteligência da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, com foco na atuação de grupos que cometem esse tipo de crime. Ao todo, já são 70 operações para investigar crimes cometidos com o objetivo de desviar recursos destinados ao pagamento do Auxílio Emergencial. A ação foi realizada nos estados do Pará, Tocantins, Goiás, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e São Paulo, com a participação de aproximadamente 140 policiais federais. Foram cumpridos 37 mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão temporária e três mandados de sequestro de bens, com um total de aproximadamente R$ 140 mil bloqueados por determinação judicial em todo o País.

Nos Bastidores da Política

Como todo medicamento, as vacinas são produtos importantes para o controle de doenças. Antes de chegar à população, porém, precisam passar por estudos realizados pelas empresas que desenvolvem o produto para a comprovação de sua qualidade, segurança e eficácia. No Brasil, a Anvisa é o órgão responsável pela avaliação e aprovação de solicitações para a realização de pesquisas clínicas com fins de registro e de pedidos de registro de imunobiológicos desenvolvidos pela indústria farmacêutica. No entanto, para que a Agência possa fazer a análise do produto, é necessário que as empresas demonstram interesse, registrando a solicitação de avaliação de estudo clínico ou de registro junto ao órgão.

O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, realizou quarta-feira, entrevista coletiva online com correspondentes estrangeiros. Participaram 19 jornalistas de diversos países para tratar de temas como o impacto da Covid-19 no setor de Minas e Energia, privatização da Eletrobras e mineração na Amazônia. A coletiva também contou com a presença do secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Rodrigo Limp, do secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Alexandre Vidigal, do secretário-adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Energético, Hélvio Guerra e do diretor do Departamento de Política de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural, Rafael Bastos.

A safra 2020/21 de cana-de-açúcar no Brasil deve chegar a de 642,1 milhões de toneladas, com leve retração de 0,1% em relação à temporada anterior. Com esse volume de cana, deve ser alcançado o recorde de 39,3 milhões de toneladas de açúcar. Desta forma, o Brasil se tornará o maior produtor do mundo por dois anos seguidos, com um crescimento de 32% em relação à última safra. Os números estão no 2º Levantamento da Safra 2020/21 de Cana-de-açúcar, divulgado pela Companhia Nacional de abastecimento quinta-feira. O consumo de etanol no Brasil diminuiu no primeiro semestre devido à menor mobilidade da população diante da pandemia. Com isso, uma parcela da cana que poderia ser destinada ao combustível reforçou a produção de açúcar.

Fatos Diversos

Suape completa, hoje, 39 anos de uma história construída com o suor de muitos pernambucanos que lutaram para ver nascer um porto industrial no Estado. O Porto de Suape, o mais importante e estratégico das regiões Norte e Nordeste, acumula recordes de movimentação de cargas ao longo dos últimos anos, firmando-se entre os principais atracadouros do país.

Os recursos da nona parcela do Programa Nacional de Alimentação Escolar serão liberados até o fim da próxima semana em Pernambuco. No total, são R$ 22.500.426,20, que devem ser investidos na merenda de estudantes da educação básica de todo o estado. Também serão repassados R$ R$ 3.803.106,86 milhões para o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar.

Nos bastidores da Política

Já estão disponíveis nas contas-correntes do Estado e dos municípios pernambucanos os recursos referentes à quinta parcela de 2017 do Programa Nacional de Alimentação Escolar e do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar. Os repasses, que totalizam R$ 16.611.032,80, foram liberados pelo ministro da Educação Mendonça Filho por intermédio do Fundo Nacional da Educação.

O governador Paulo Câmara apresentou ontem, no Palácio do Campo das Princesas, o projeto Estratégia de Ciência, Tecnologia e Inovação para Pernambuco 2017-2022. O programa, que é fruto de parcerias entre instituições públicas, privadas, universidades e entidades sociais, tem como objetivo orientar o planejamento e as ações de desenvolvimento baseado nas áreas tema. Ele também assinou o decreto que oficializa a Rede Pernambucana de Pesquisa e Educação.

  • 1 2