Fernando Machado

Blog

Tag panteão

Praça Capiba e o Panteão do Frevo

Patrícia e Silvio Amorim, a Banda de Frevo e George Emílio Gonçalves Bastos (Foto: Divulgação)

Sexta-feira, tivemos a aposição do memorial da Praça Capiba, e do Panteão do Frevo. O espaço fica localizado na Rua Alberto Paiva, no trecho entre a Avenida Rosa e Silva e a Rua do Futuro, no bairro dos Aflitos. Essa praça foi uma reivindicação da cerimonialista Rose Paes Barreto ao então vereador Roberto Andrade. A iniciativa da cerimônia foi do Instituto Arqueológico e Geográfico Pernambucano, no projeto História nas Paredes.

Silvio Amorim, Leonardo Dantas e George Emílio diante do Memorial (Foto: Divulgação)

O evento veio rememorar os fundadores, compositores, músicos, cantores, carnavalescos, cronistas, passistas, blocos, instituições e frevistas, que criaram, modelaram e, até hoje, fazem e promovem o Frevo na cultura brasileira. Na ocasião tivemos a apresentação de uma banda de frevo, que executou músicas do imortal Capiba. Entre as presenças destacamos Silvio Amorim e sua esposa Patrícia Leonardo Dantas Silva e George Emílio Bastos Gonçalves.

Bandinha e George Emilio (Foto: Divulgação)

Nos bastidores da Política

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que inscrevem-se os nomes de Francisco Barreto de Menezes, João Fernandes Vieira, André Vidal de Negreiros, Henrique Dias, Antônio Filipe Camarão e Antônio Dias Cardoso no Livro dos Heróis da Pátria, depositado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves.

O diretor-presidente da Refinaria Abreu e Lima, engenheiro Marcelino Guedes Ferreira Mosqueira Gomes, vai receber o título de Cidadão de Pernambuco durante solenidade agendada para o próximo dia 15, às 18h, no plenário da Assembleia Legislativa. A proposta foi do deputado Pedro Serafim Neto.

Notícias da Bahia

O vice-prefeito Edvaldo Brito, representando o prefeito João Henrique, recebeu o fogo simbólico há poucos instantes no Panteão de Pirajá, vindo de Simões de Filho, e acendeu a pira, iniciando os festejos do Dia 2 de Julho na capital baiana. O fogo simbólico representa a união dos povos que lutaram pela independência da Bahia.

Em seguida, o vice-prefeito hasteou a bandeira do Brasil, ao lado do prefeito de Simões Filho, Eduardo Alencar, que hasteou a bandeira da Bahia, e de Carlos Soares, secretário municipal de Educação, que hasteou a bandeira de Salvador. Encerrando a solenidade, Edvaldo Brito colocou flores no túmulo do general Pedro Labatut, acompanhado por representantes do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia.