Fernando Machado

Blog

Tag palacete

Rodrigo Carneiro Leão, almoço & Tabaré Viera

O cônsul do Uruguai, Rodrigo Carneiro Leão, ao lado do pai, André e da mãe Tânia movimentaram ontem, almoço, petit comité, no seu palacete estilo colonial datado de 1875, em Olinda, em torno do Ministro do Turismo do Uruguai, Tabaré Viera Duarte, que veio participar de um encontro de Turismo no Recife. Com ele estavam o Diretor Nacional de Turismo, Roque Baudean Maddalena e a diretora de Planejamento do Ministério de Turismo uruguaio, Paola Bianchi.

Roque Baudean, Rodrigo Carneiro Leão, Tabaré Vieira, Paola Bianchi e Tânia Carneiro Leão (Foto: Fernando Machado)

O palacete, rodeado de aroeira, mangueiras, oliveiras roxas, goiabeiras, pitangueiras, cajueiros e figueiras, foi projetado pelo engenheiro francês Louis Léger Vauthier (1815/1901). No seu interior outro esplendor. Nas paredes santos barrocos, cusquenhos, Lula Cardoso Ayres, Zé Claudio, Farnese de Andrade, gravuras de Franz Post e quadros da própria dona da casa que é uma excelente artista plástica.

Paola Bianchi, Tabaré Vieira, Rodrigo Carneiro Leão e Roque Baudean (Foto: Fernando Machado)

Um grupo ficou no caramanchão coberto de bouganvilles rosa choque, com os olhos se enchendo de bom gosto, os ouvidos atentos ao bom papo e a boca se fartando de gosto bom. Antes do almoço foram servidos rissoles e coxinhas de galinhas. Depois degustamos cardápio de salada de camarão, carne de sol com filhoses de macaxeira e farofa de jerimum, além de bacalhau na nata. Como sobremesas bolo de limão, sorvete de creme, doce de caju e pudim de leite.

Tânia Carneiro Leão e Mauricio Galvão (Foto: Fernando Machado)

A comida era de a gente comer rezando para São Bento. Tânia Carneiro Leão e sua cozinheira Maria foram muito elogiadas pelo menu. Tudo isso regado a sucos de pitangas e caju, além de vinhos uruguaios, claro. Não existe coisa melhor do que comida caseira. O papo foi legal, passando pelo futebol. O ministro torce pela Peñarol e diretor de turismo, pelo Nacional. Não esquecer o famoso balneário de Punta Del Este.

Parabéns, Rodrigo Carneiro Leão!

O cônsul geral do Japão, Hiroki Sano e a consulesa Yoshie Sano com o cônsul do Uruguai Rodrigo Carneiro Leão (Foto: Fernando Machado)

Rodrigo Carneiro Leão, ao lado do pai, André e da mãe Tânia movimentaram sábado, um almoço em petit comité, em torno dos 20 anos do Consulado Honorário do Uruguai. O local é um palacete estilo colonial datada de 1875, fincado em Olinda. O seu projeto é do engenheiro francês Louis Léger Vauthier, o mesmo que projetou o Teatro de Santa Isabel. O palacete é cercado por uma centenária aroeira, mangueiras, oliveiras roxas, goiabeiras e figueiras.

Demazinho Gomes e Tânia Carneiro Leão (Foto: Fernando Machado)

No seu interior outro esplendor. Nas paredes santos barrocos, cusquenhos, Lula Cardoso Ayres, Zé Claudio, Farnese de Andrade, gravuras de Franz Post e quadros da própria dona da casa que é uma excelente artista plástica. Na sala de visitas cadeiras Dom José, sofá Beranger. Já curtiram este cenário Maria José de Savoia (Rainha da Itália), Isabel de Orleans e Bragança (Condessa de Paris), Jorge Amado, Capiba, Zé Keti, Jorge Amado, Zelia Gattai, Gilberto Freyre, José Condé, Elis Regina, e um biombo coromanbel chinês incrstrado de marfim, lycra e pedras semi-preciosas.

Heloisa Steiger e Gilberto Fraga Rocha (Foto: Fernando Machado)

Um grupo ficou no caramanchão coberto de bouganvilles rosa choque, com os olhos se enchendo de bom gosto, os ouvidos atentos ao bom papo e a boca se fartando de gosto bom. Pudemos degustar coxinhas de galinhas e pasteis tudo regado a vinhos uruguaios, tinto e branco, da Vinícola Montes Toscanini. O almoço foi servido louças uruguaias e o cardápio de a gente comer rezando para Jesus Cristo Salvador do Mundo.

José Antonio Hawatt e Ana Paula (Foto: Fernando Machado)

Nossos olhos deslizavam sobre um bacalhau na nata, uma salada de camarão e lagosta, um rosbife (a carne é uruguaia) com filhoses de batata ao molho de gorgonzola. E como sobremesa torta de chocolate, doce de jambo do Pará, colhidos no quintal do palacete, torta de limão coberto de limoncello, sorvete e pudim de leite. Existe coisa mais chique do que comida caseira?

Dodora Moraes, Roberto Figueiredo, André Carneiro Leão e Lucia Figueiredo (Foto: Fernando Machado)

Presentes o cônsul geral do Japão Hiroki Sano e a consulesa Yoshie, o medico Gilberto Fraga Rocha com Heloisa Steiger, o arquiteto José Antônio Hawatt com Ana Paula, Ana Luiza e Bento Figueiredo, Lucia Figueiredo e Edvaldo Neves Baptista, Márcia e Mauricio Galvão, Dodora Moraes, Suzana Arruda, Roberta Bivar Campos, Roberto Figueiredo, Demazinho Gomes, Sergio Carneiro Leão.

Suzana Arruda, Márcia Galvão e Roberta Bivar Campos (Foto: Fernando Machado)

Informação importante: O imóvel foi Jóquei Clube, pertenceu ao escritor Silva Jardim, que em 1928 caiu na cratera do Vesúvio, em Nápoles, na Itália e foi adquirido pelo pai de TâniaEufrásio Barbosa, que depois foi prefeito da Cidade. As recepções na casa de Tânia e André deixa a gente com aquele gostinho de quero mais.

Demazinho Gomes, Dodora Moraes, André Carneiro Leão e Lúcia Figueiredo (Foto: Fernando Machado)

Embaixador inaugura consulado da Côte d’Ivoir em Pernambuco 

Quem esteve em Pernambuco, quinta-feira, foi o embaixador da Côte d’Ivoir, ou Costa do Marfim, Lamine Kanté. O objetivo da visita foi inaugurar o consulado do seu país em nosso Estado, leia-se a cônsul é Giovanna Pessoa. Tânia e André Carneiro Leão com o filho, o cônsul do Uruguai, Rodrigo Carneiro Leão, movimentaram um lanche, somente sucos e bolo de rolo, no seu notável palacete de Olinda, para o diplomata e para a primeira secretária da Embaixada Diane Bletro. Também comeu empadas recheadas com creme de pimenta, presenteadas por Bento Figueiredo.

Lamine Kanté, Tânia Carneiro Leão, Diane Bletro e André Carneiro Leão em Olinda (Foto: Instagram)

Diane Bletro, Tânia Carneiro Leão, Bento Figueiredo, Lamine Kanté, Giovanna Pessoa, Rodrigo Carneiro Leão e Maurício Galvão na Ponte d’Uchoa (Foto: Instagram)

Como ele adora pimenta, Rodrigo o presenteou com um vidro de pimentas colhidas no quintal do palacete dos Carneiro Leão. Aproveitou para conhecer o acervo de Tânia e André, quando destacamos as gravuras de Rugentas, Debret e Franz Post, etc. Em tempo, o diplomata não gosta de bebidas alcoólicas. E depois seguiram até a Vila Ponte d’Uchoa, de Sérgio Carneiro Leão, onde aconteceu a cerimônia de inauguração do consulado. Sérgio aproveitou e levou o diplomata para conhecer o famoso baobá, que fica atrás da casa. Lamine Kanté confessou que as folhas de baobá fazem chás milagrosos e temperos. Tânia vai mandar para Lamine o livro de Antônio Campos e Marcus Prado sobre os Baobás Pernambucanos.

Nos Bastidores da Política

O palacete de José Pessoa de Queiroz em dois ângulos (Foto: Recife de Antigamente)

Hoje, faz 90 anos, que acontecia uma bastilha no Recife. Os adeptos de Getúlio Vargas e João Pessoa incendiaram os palacetes dos aliados de Washington Luis. Entre eles o de Tereza e José Pessoa de Queiroz, pais da diva Helena Pessoa de Queiroz Gomes, num quarteirão das Ruas Gonçalves Maia, Manoel Borba e Dom Bosco. José Pessoa de Queiroz a construiu em 1922, era uma cópia da casa do tenor Enrico Caruso, na Itália.

A sala de jantar do palacete (Foto: Recife de Antigamente)

Comitê de combate à tortura analisa situação de unidades penitenciárias e socioeducativas na pandemia Integrantes do Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura voltaram a se reunir quarta-feira. O encontro ocorreu por videoconferência. Na oportunidade, os participantes analisaram os dados de contaminação do novo coronavírus (Covid-19) nos complexos penitenciários, discutiram sobre a adoção de medidas sanitárias nos presídios, nas unidades socioeducativas e Instituições de Longa Permanência para Idosos.

O dormitório do Palacete (Foto: Recife de Antigamente)

Governo Federal e o Conselho Federal de Medicina assinaram acordo para viabilizar denúncias de médicos pelo Disque 100 e Ligue 180 Médicos no canal exclusivo dentro do Disque 100 (Disque Direitos Humanos) e Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher) para denunciar violações de direitos humanos, além de notificar casos suspeitos ou confirmados de violência autoprovocada. O novo canal permitirá o encaminhamento de denúncias de notificação compulsória realizadas pelos profissionais da área de saúde, de forma anônima.

A sala de visitas do palacete dos Pessoa de Queiroz (Foto: Recife de Antigamente)

  • 1 2 8