Fernando Machado

Blog

Tag náutico

De Volta para o Passado

Há 115 anos, aparecia no Recife, o primeiro jupe-collote (saia Calça), numa sessão no Cine Hélvetica, do Recife. Noutras cidade aconteceram vaias e conflitos, no Recife passou sem problemas.

Há 110 anos, nascia nos Estados Unidos, o cartunista Joseph Barbera, que morreu no dia 18 de dezembro de 2006.

Medicina jogou com Hilário, Arino (Renato), Fred, Caetano, Rosaldo e Oldano.

Há 85 anos, o Centro Atlético da Faculdade Medicina vencia o Náutico por 10 a 9, no campo da Brigada, no Derby, no basquete. Medicina jogou com Hilário, Arino (Renato), Fred, Caetano, Rosaldo e Oldano. O Náutico com Pedro, Jacques, Roberto, Fernando (Bandeira), Pelosi e Baby.

O Náutico jogou com Pedro, Jacques, Roberto, Fernando (Bandeira), Pelosi e Baby.

Há 85 anos, a Sociedade Acadêmica de Medicina inaugurava seu curso de conferencia, na Faculdade de Medicina de Pernambuco, com tendo como conferencistas o Professor Barros Lima e o doutorando João Rufino. A reunião foi presidida pelo acadêmico Pope Gyrão.

O doutorando João Rufino (Foto: Diário da Manhã)

Maria Edilene brilha agora no céu

Maria Edilene no Top 8 do Miss Brasil (Foto: O Cruzeiro)

Ela deixou de desfilar pelas ruas de São José do Egito, pelas do Recife, pelas do Rio de Janeiro e finalizou nas de Londres. Achou pouco veio arrasar na passarela do Miss Pernambuco, depois na do Miss Brasil e finalmente nas do Miss Mundo. Do alto dos seus 1m71 de altura, 56kg de peso, busto e quadris 92cm, coxa e cintura 58cm, era uma figura feminina deslumbrante. Sem dúvida tinha um corpo escultural. Estamos nos referindo a Maria Edilene Vidal Torreão que desde domingo foi brilhar no céu.

Maria Edilne de traje de noite by Victor Moreira e maiô by Catalina (Foto: Revista O Cruzeiro)

Somente os missologos, e nem todos, sabem o que esta mulher de sorriso tímido representou para nós. Quando Maria Edilene passava era um murmúrio geral. Nascida no dia 21 de abril de 1944, em 1959 foi Miss Clube Náutico Capibaribe, no ano seguinte Miss Santa Futebol Clube e Miss Pernambuco. No dia 11 de junho, num Maracanãzinho lotado, mais de 28 mil pessoas, dividiu a passarela ao lado de 22 jovens. No final faturou o 3º lugar e foi representar o Brasil, em Londres.

As concorrentes no Lyceum Ballroom Theatre (Foto: Alamy)

A Miss Brasil foi Gina Macpherson, da Guanabara. No dia 8 de dezembro lá estava ela no Lyceum Ballroom Theatre, em Londres disputando o Miss Mundo de 1960, ao lado de 38 candidatas. Retornou ao Brasil como uma das 10 mulheres mais bonitas do Mundo. A vencedora foi a Miss Argentina Norma Gladys Cappagli. Pois bem essa sertaneja faleceu domingo por ter contraído COVID 19 num Hospital de Boa Viagem.

Maria Edilene Torreão (Foto: Revista Manchete)

Quando essa noticia chegou me encobriu de tristeza, pois Edilene ajudou a escrever os momentos mais marcantes dos concursos de misses. Não posso dizer quem era mais bela, se Maria Edilene miss, ou Maria Edilene gente. Maria Edilene teve dois filhos Roberto Phaelante da Camara Filho (que mora em Salt Lake City) e Vicente de Paula Phaelane da Câmara Neto. E deixou oito netos e e três bisnetos. Assistam parte do concurso de Miss Mundo no link: https://www.youtube.com/watch?v=zvsC9q2FY2Y.

Maria Edilene Torreão antes de partir até Londres (Foto: Revista Mundo Ilustrado)

Vera Bezerra vence o Miss Pernambuco de 1963

Terezinha Frazão e Vera Lúcia Bezerra (Foto: O Cruzeiro)

Há 57 anos, a jovem Vera Lúcia Bezerra, do Náutico, era eleita no Ginásio dos Sesc, em Santo Amaro, Miss Pernambuco de 1963. Em segundo lugar ficou Carmen Lucia Veloso e em terceiro lugar Maria Lúcia FariasVera Lucia concorreu em 1962, representando também o alvirrubro e ficou no terceiro lugar. O show com os cantores Wilson Miranda, Demétrius, Elza Laranjeiras, Rosa Toledo e Alda Perdigão.

Rosa Bastos, Vera Lúcia Bezerra e Maria Lucia Farias (Reprodução do DP)

Os apresentadores foram Albuquerque Pereira, Heloisa Helena e Marly Bueno. Vera Lúcia foi enfaixada pela Miss Pernambuco de 1961, Terezinha Frazão. A comissão julgadora foi composta pela consulesa da Inglaterra, brigadeiro Silva Gomes, almirante Luiz Clovis de Azevedo, o compositor Capiba, o medico Ricardo Cunha Cavalcanti, o advogado Antenor Cavalcanti e a senhora Rebeca Zaverucha.

Zilma Alencar, Diva Margareth e Eneida Costa (Reprodução do DP)

Concorreram ao título Carmen Lúcia Veloso (Atlético Clube de Amadores), Eneida Costa (América), Glenda Paiva (Internacional), Maria Lúcia de Farias (Umuarama Tenis Clube), Diva Margareth Rodaske (Clube de Sargento Wolff), Vera Lúcia Bezerra (Náutico) e Zilmar Alencar (Arca). Carmen Lúcia Veloso disputou o Miss Pernambuco de 1964 e ficou no terceiro lugar. Vera Lúcia Bezerra que usou um modelo de Victor Moreira confeccionado por Inês Peixe, tinha 1m69 de altura e 19 anos.

Carmen Lucia, Glenda Paiva e Maria Lucia Farias (Reprodução do DP)

O Hexa é Luxo

Há 50 anos, o estádio dos Aflitos, com um publico de 30 mil (23.920 pagantes), torcedores, acontecia uma partida que marcaria a imagem do Clube Náutico Capibaribe, pois ao vencer o Sport por 1×0, gol de Ramos, era hexacampeão de futebol de Pernambuco. O jogo foi apitado pelo juiz Erílson Gouveia e depois substituído por Armando Tavares.

O time que levou os torcedores à loucura (Foto: Náutico)

O Nautico jogou com Walter, Gena, Matias, Limeira e Toinho; Jardel (Ede) e Ivan; Miruca (Rato), Ramos, Nino e Lala. O tecnico foi Duque. O Sport jogou com Miltão, Valdeci, Bibiu, Gilson e Altair (Zequinha); Valter e Soares; Acelino, Zezinho e Garcia (Cesar). O técnico Zezé Moreira.