Fernando Machado

Blog

Tag natação

Pausa Poética

“Para mim, perder não significa ficar em segundo lugar. Está saindo da água sabendo que você poderia ter feito melhor. Para mim, todas as competições em que participei eu venci”. O campeão olímpico Ian Thorpe 

Gabriel Bandeira é ouro nas Olimpíadas de Tóquio

O primeiro dia da natação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio terminou com quatro brasileiros subindo ao pódio e com direito a bandeira hasteada e Hino Nacional tocado no Centro Aquático de Tóquio. O primeiro pódio do país no Japão veio com o mineiro Gabriel Geraldo, de 19 anos. Atleta da classe S2, ele disputou a prova dos 100m costas no Centro Aquático de Tóquio e faturou a prata. O ouro ficou com Alberto Abarza, do Chile, enquanto Vladimir Danilenko, do Comitê Paralímpico Russo, ganhou o bronze.

O nadador Gabriel Bandeira foi ouro (Foto: Helano Stuckert)

O paulista Gabriel Bandeira se tornou o primeiro campeão do Brasil nas Paraolimpíadas no Japão ao vencer a prova dos 100m borboleta da classe S4, para atletas com deficiência intelectual, ao levar a medalha de ouro. Reece Dunn, da Grã-Bretanha, ficou com a prata, e o australiano Benjamin Hance com o bronze. O maior atleta paraolímpico do Brasil, o nadador Daniel Dias conquistou a medalha de bronze nos 200 metros livre na classe S5. O ouro foi para o italiano Francesco Bocciardo e a prata para o espanhol Antoni Ponce Bertran. O pernambucano Phelipe Rodrigues também conquistou a medalha de bronze nos 50m livre da S10.

Parabéns

Hoje, 17, Dia de São Pascoal Bailão, Internacional de Combate a Homofobia e Mundial das Telecomunicações, aniversariam técnico de natação Nikita, a jornalista Flávia de Gusmão, executiva Dilma Queiroz Ramos, promotora Dalva Porto Cabral, arquiteto Zezinho Santos,

A socialite Lúcia Sobral Mendonça (Foto: Fernando Machado)

De volta para o passado

Há 125 anos, morria na França, o pai da altura costura Charles Frederick Worth, que nasceu no dia 13 de outubro de 1825.

Há 95 anos, acontecia concerto do saxofonista Ladário Teixeira (1895/1964), no Teatro de Santa Isabel.

Há 95 anos, nascia em Pernambuco, o musico Tavares da Gaita, que morreu no dia 8 de abril de 2009.

Oscar Borel chegando em primeiro lugar e Bianco vencedor nos 100 metros livres(Fotos: Diário da Manhã)

Há 85 anos, acontecia na Rua da Aurora, trecho Pontes da Boa Vista e Princesa Isabel, campeonato de natação, em homenagem ao IV Centenário da Colonização Portuguesa em Pernambuco. Nos 100 metros costa venceu Oscar Borel. Nos 200 metros livre venceu Cipriano Borel. Nos 100 metros livres Bianco (Oswaldo Botelho de Oliveira) e nos 800 metros livres venceu Oscar Borel.

Murillo Abrantes Pinheiro e a delegação universitária pernambucana (Foto: Diário da Manhã)

Há 85 anos, a delegação pernambucana de universitários, liderada pelo acadêmico de Medicina Murilo Abrantes Pinheiro, vencia por 62 x 40 os gaúchos na competição de atletismo, em Porto Alegre. Os destaques foram para os atletas Fausto Pontual, José Falcão, Anisio Barreto, Hilario Gurgel, Oldano, João Reis, Octavio Rosa Borges e Jorge Vieira da Cunha.

Há 40 anos, morria na Paraíba, o romancista José Américo de Almeida, que nasceu no dia 10 de janeiro de 1887.

Há cinco anos, morria em Pernambuco, o violinista Jessé de Paula, que nasceu no dia 16 de junho de 1984.