Fernando Machado

Blog

Tag muro

Nos bastidores da política

O governador Eduardo Campos e a primeira dama Renata, e o vice João Lyra Neto, nos convida para a Ceia Junina que acontece hoje, às 19h30, no Sítio Macambira, em Caruaru. O prefeito Geraldo Julio de Melo Filho à côté a primeira dama Cristina estarão lá também, ao lado daquela fauna que não perde nada. A noitada promete.

E para piorar ainda mais nosso trânsito chegou essa desgraça chamada Copa das Confederações. Os atletas nem saíram do hotel e patrulheiros, dando mais pinta do gays nos carnavais, paralisam as artérias de Boa Viagem. Tudo isso para os deuses quando quiserem passar está com o trânsito livro. É muita incompetência, meu Deus.  Coisas de cidade de muro baixo.

O secretário Alberto Feitosa e o prefeito Luciano Bonfim inauguraram quinta-feira o polo gastronômico de Triunfo. O espaço, localizado nos arredores do lago João Barbosa, conta com cinco quiosques, palco para apresentações culturais, área de lazer com mesas de jogos e banheiros. A Setur-PE investiu R$ 273.167,79 para a construção do polo que levou 18 meses para ser concluída. Feitosa como disse o presidente Barack Obama, é o cara.

Notícias da Alemanha

No dia 12 junho de 1987, o então presidente norte-americano, Ronald Reagan, fez seu famoso discurso diante do Portão de Brandemburgo. Nele, pediu ao líder soviético Mikhail Gorbachev que desse passos para tornar o Leste Europeu mais livre e acabasse com o símbolo mais visível da Cortina de Ferro. A intervenção culminou nas quatro palavras mais famosas de seu mandato presidencial: “Tear down this wall!” (Derrube este muro).

Quem imaginaria que, passados quase 26 anos, milhares de berlinenses estariam se reunindo para tentar fazer justamente o contrário. No dia 4 de março, cerca de 100 manifestantes conseguiram impedir que operários removessem 23 metros da chamada East Side Gallery, o trecho mais longo remanescente do Muro de Berlim, e um dos pontos turísticos prediletos da cidade. Na véspera, uma passeata ainda maior reunira cerca de 6 mil pessoas, com o mesmo fim.

De volta para o passado

Há 189 anos, era criado no Palácio do Governo, o Tribunal de Justiça de Pernambuco, que a partir de 1930 se muda para a Praça da República.

Há 145 anos, nascia na Itália, o empreendedor Giovanni Agnelli, que morreu no dia 16 de dezembro de 1945.

Há 100 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Cláudio Tavares que morreu no dia 16 de novembro de 1982.

Há 100 anos, nascia na Itália, a Condessa de Paris, Isabelle de Orleans e Bragança, que morreu no dia 5 de julho de 2003.

george-hubert-wilkins
Há 76 anos, passava pelo Recife, via Panair, o explorador do Polo Sul, George Hubert Wilkins.

gervasio-fioravanti1
Há 75 anos, morria em Pernambuco, o acadêmico Gervásio Fioravanti, que nasceu no dia 13 de fevereiro de 1870.

jean-paul-sartre-james-amado-mauritonio-meira-sartre-ariano-suassuna-r-a-correa1
Sartre conversa com James Amado, Mauritonio Meira, Ariano Suassuna e R. A. Correa (Foto: O Cruzero)

Há 51 anos, o filosofo Jean-Paul Sartre ministrava palestra no I Congresso Brasileiro de Critica e História Literária, que acontecia na Fafire.

Há 50 anos, era levantado na Alemanha, pelos russos, o Muro de Berlim.

Há 71 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, a pianista Magdalena Tagliaferro.

mae-menininha-dogantois
Há 25 anos, morria na Bahia, Mãe Menininha do Gantois, que nasceu no dia 10 de fevereiro de 1894.

Notícias da Alemanha

A Alemanha registrou, pela primeira vez desde o início de 2008, crescimento em sua economia. O fim da recessão, após o inesperado saldo positivo de 0,3% registrado em relação ao bimestre anterior, é visto como sinal claro de recuperação da economia e os prognósticos até o fim do ano são menos pessimistas. Ao todo a economia alemã deve encolher 3,5% em 2009, menos que os 3,8% previstos anteriormente.

No dia 13 de agosto de 1961 a então República Democrática Alemã iniciava a construção do Muro de Berlim, que ficou conhecido como maior símbolo da divisão da Alemanha e da Guerra Fria. Na Capela de Berlim foi feita uma homenagem às vítimas que perderam suas vidas ao tentar atravessar o muro do Leste para o Oeste. Pelos últimos registros encontrados, ao menos 136 pessoas foram mortas entre 1961 e 1989 durante o regime de fronteira da RDA. Quem nos informa é Martin Mahn, do Consulado Geral da Alemanha.