Fernando Machado

Blog

Tag morria

De Volta para o Passado

Há 126 anos, Frei Henrique constrói uma capela de Nossa Senhora Rainha dos Anjos e a partir era fundada Petrolina. (Foto: Mauricio André Anjos)

Há 100 anos, nascia em Pernambuco, o chargista Carlos Estevão de Souza, que morreu no dia 14 de julho de 1972.

Há 95 anos, nascia no Rio de Janeiro, a atriz Eliana Macedo (Ely de Souza Machado), que morreu no dia 19 de julho de 1990.

Há 85 anos, morria em Pernambuco, o professor e medico Arthur Gonçalves dos Santos, era solteiro e tinha 50 anos.

Há 85 anos, nascia em Pernambuco, o radialista Emanuel Resende, que morreu no dia 10 de janeiro de 2006.

Há 75 anos, nascia em Pernambuco, o procurador Pedro Jorge de Melo e Silva, que morreu no dia 3 de março de 1982.

Há 40 anos, o pianista Miguel Proença, se apresentava no Teatro de Santa Isabel.

Há 15 anos, morria em Pernambuco, o cantor Marcilio Lisboa, que nasceu no dia 19 de março de 1961.

De Volta para o Passado

A atriz Lucilia Simões (Foto: Divulgação)

Há 120 anos, estreava no Teatro de Santa Isabel, a comédia Francellon de Dumas Filho, com a Companhia de Christiano Souza. No elenco a atriz Lucilia Simões (1879/1962).

Há 110 anos, nascia em Portugal, a senhora Celeste Farias, que morreu no dia 4 de maio de 2005.

Há 110 anos, nascia em Alagoas, o político Arnon Afonso de Farias Melo, que morreu no dia 29 de setembro de 1983.

Há 85 anos, nascia em Pernambuco, o comandante João Mauricio Tenório Wanderley, que morreu em 2019.

Há 80 anos, nascia no Rio de Janeiro, o executivo Humberto Saad, que morreu no dia 11 de julho de 2017.

Há 75 anos, o comandante da II Zona Aérea brigadeiro Dias Costa, inaugurava em Boa Viagem, o Clube da Aeronáutica, fechado pelo comandante do II Comar, brigadeiro José Hugo Volkmer, em 2016.

Há 40 anos, a TV Globo realizava, no Geraldão, a final do III Frevança. Na categoria Maracatu: o 1º lugar foi para José Antonio Madureira e Marcelo Varela com Maracatu Misterioso, o 2º lugar ficou com Dimas Sedícias com Banzo Maluco e o 3º lugar venceram Olga e Deruchete Coutinho, com África. Na categoria Frevo-canção o 1º lugar foi para Manoel Gilberto e José Menezes com Tá Bom Demais, no 2º lugar ficou Lúcia Helena Gondra com Vou de Reboque e no 3º lugar ficaram Osires Diniz e Nilson Luiz com Meu Tempero.

Há 35 anos, morria no Rio de Janeiro, a pianista Magdalena Tagliaferro, que nasceu no dia 19 de janeiro de 1893.

Há 25 anos, morria na França, a atriz Annabella, que nasceu no dia 14 de janeiro de 1910.

De Volta para o Passado

Há 125 anos, morria no Pará, o compositor Carlos Gomes, que nasceu no dia 11 de julho de 1836.

Há 100 anos, nascia no Rio de Janeiro, o sambista Zé Kety (José Flores de Jesus), que morreu no dia 14 de novembro de 1999.

Há 85 anos, morria no Rio, o engenheiro Alfredo Lisboa, que nasceu no dia 31 de março de 1847.

Há 80 anos, nascia em São Paulo, a atriz Yara Amaral, que morreu no dia 31 de dezembro de 1988.

Há 59 anos, se casavam no Palácio Episcopal de Petrolina, Mercês e José Eudes de Araujo Lima. A cerimônia foi conduzida pelo Padre José de Castro.

Há 43 anos, se casavam na Igreja de Nossa Senhora Porciúncula de Santana, em Niterói, Glaucia e Nilson Ananias.

De Volta ao Passado

Há 115 anos, morria na Bahia, a escritora Ignêz Sabino Pinho Maia, que nasceu no dia 31 de julho de 1853.

Há 90 anos, nascia em São Paulo, o jornalista Zé Italiano (Luiz Fernando Bindi), que morreu no dia 30 de setembro de 1986.

Há 90 anos, nascia em São Paulo, o jogador Walter Marciano (Walter Marciano de Queiroz), que morreu no dia 21 de junho de 1961.

Há 70 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, o violoncelista francês Pierre Fournier.

Há 70 anos, nascia em Minas Gerais, o ponta direita e vereador  Tarciso (José Tarciso de Souza) que morreu no dia 5 de dezembro de 2018.

Dalva de Oliveira e Fernando Castelão (Fotos: O Cruzeiro/Divulgação)

Há 65 anos, a cantora Dalva de Oliveira e a Orquestra Cassino de Sevilla, se apresentava no programa Variedades de Fernando Castelão, na Radio Tamandaré.

Há 30 anos, morria em São Paulo, o figurinista Ney Galvão, que nasceu no dia 11 de janeiro de 1952.

Há 15 anos, morria em São Paulo, o nadador Harry Forssell, que nasceu em 1 outubro de 1907.