Fernando Machado

Blog

Tag ministro

Anotações do Cotidiano

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, terça-feira que a proteção de vidas, a promoção de vacinas e a recuperação da economia por meio da agenda de reformas são prioridades do governo brasileiro. Durante a primeira reunião de 2021 dos Ministros de Finanças e Governadores de Bancos Centrais do BRICS (grupo que reúne África do Sul, Brasil, Rússia, Índia e China), ele apresentou informações atualizadas a respeito do programa nacional de vacinação contra a Covid-19 e reconheceu a importância de parcerias com os países do BRICS.

Reformar ambientes, adequá-los a necessidade do home office, como também dar cara nova aos  ambientes da casa, escritório, sala ou mesmo quarto, tem sido constante nesse tempo de pandemia. Pensando nisso, começou sábado, a Semana  Casa e Decor do RioMar com opções nas compras presenciais e pelo RioMar Online, que vão de cama mesa e banho, a louças, almofadas e móveis. Segundo dados da Ebit/Nielsen, empresa especializada em mensuração e análise do comércio eletrônico no Brasil, a busca pelo setor de cama, mesa, banho e décor subiu mais de 23% em 2020.

Nos bastidores da política

O ministro da Cidadania, João Roma, solicitou ao chefe da pasta da Saúde que os profissionais do Sistema Único de Assistência Social sejam incluídos no grupo prioritário do cronograma de vacinação contra o novo coronavírus. João Roma participou de Live quinta-feira do presidente Jair Bolsonaro e destacou que também pediu a inserção dos lotéricos na lista, já que os profissionais atuam na linha de frente do atendimento ao público com direito a receber o Auxílio Emergencial 2021.

Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde autorizou, mais 631 leitos de UTI adulto e 54 leitos de UTI pediátrica para atendimento exclusivo aos pacientes graves com Covid-19, em caráter excepcional e temporário. O valor do repasse mensal será de mais de R$ 32,8 milhões. As autorizações reforçarão a estrutura hospitalar em mais de 30 municípios nos estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo e Distrito Federal.

Nos Bastidores da Política

Ontem, o Ministro da Defesa, Walter Braga Netto, apresentou os novos Comandantes das Forças Armadas. São eles: Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, Comandante da Marinha do Brasil; General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, Comandante do Exército Brasileiro; e Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Júnior, Comandante da Força Aérea Brasileira. Conforme a Constituição Brasileira de 1988, a escolha dos Comandantes das Forças Armadas é feita mediante lista tríplice encaminhada ao Presidente da República pelo comando de cada Força.

Almirante Almir Garnier Santos, os generais Walter Braga Netto e Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira com o brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Junior (Foto: Alexandre Manfrim)

O Ministério da Saúde anunciou nesta segunda-feira que cerca de 2,9 mil profissionais de saúde que atuam pelo programa Mais Médicos, que teriam o contrato encerrado em abril, terão a permanência prorrogada excepcionalmente. Aqueles que aceitarem a prorrogação poderão dar continuidade às atividades no mesmo município em que já estejam alocados. Os médicos poderão permanecer à frente do atendimento à população, atuando no enfrentamento à Covid-19, além de reforçar os serviços da Atenção Primária em regiões que mais necessitam.

Bastidores da Política

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, proferiu palestra a alunos dos Cursos de Altos Estudos Militares da Escola de Comando-Maior do Exército (ECEME) sexta-feira. No auditório, Oficiais do primeiro e segundo ano dos Cursos de Comando e Estado-Maior do Exército, do Curso de Estado-Maior da área de saúde, de nações amigas, além de autoridades acompanharam a explanação sobre o Ministério da Defesa e os seus desafios. Para realização do evento, foram seguidas as medidas preventivas contra a pandemia de Covid-19. Parcela de alunos dos cursos acompanhou a conferência de forma virtual.

Em entrevista virtual transmitida sexta-feira pelos jornais espanhóis Expansión e El Mundo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reforçou que a consolidação fiscal, o avanço da agenda de reformas e a modernização dos marcos regulatórios já transformaram o Brasil, tornando o país a maior fronteira de investimentos do mundo em 2021. Na ocasião, citou que há inúmeras oportunidades de negócios para os agentes internacionais, em setores como navegação de cabotagem, ferrovias, saneamento, gás natural, energia elétrica e petróleo, entre outros. Guedes destacou que as mudanças na Reforma da Previdência avançaram e que, recentemente, foi aprovado o Novo Marco Fiscal, o projeto de autonomia do Banco Central e de privatização dos Correios e da Eletrobrás, e que a agenda de reformas segue avançando, com apoio do Congresso Nacional.