Fernando Machado

Blog

Tag Marinha

Anotações do Cotidiano

A Marinha do Brasil informa que o relatório da investigação sobre o derramamento de óleo que assolou o litoral brasileiro, entregue à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal, no final de agosto de 2020, teve o seu grau de sigilo alterado, sendo desclassificado para uso no Inquérito Criminal da PF. Esse evento, inédito e sem precedentes na nossa história, traz ensinamentos, como a necessidade de se investir no aprimoramento do monitoramento dos navios que transitam nas águas jurisdicionais brasileiras e nas suas proximidades, destacando o Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul.

A jornalista Manu Siqueira (Foto: Nathalia Sacchelli)

A jornalista Manu Siqueira lançou a História de Amor sem Ponto Final. Trata-se de uma revista, na qual o casal que a encomenda terá sua história transformada em conto e, além disso, também possui páginas em branco para que o casal escreva mensagens e recados entre si. O novo produto é entregue em uma caixa com a proposta de ser uma experiência sensorial. A visão, o paladar, olfato, audição e tato estão presentes na revista em forma de sabonetes, cremes para massagem e bombons, que vêm junto ao presente. Uma ótima opção de presente, surpreendente e criativa, para o Dia dos Namorados que se aproxima.

Fatos Diversos

A Marinha do Brasil abre 750 vagas para o Jovem Aprendiz. As inscrições acontecerão entre 24 de maio e 13 de junho. O Curso tem direção de um ano, e nesse período os aprovados receberão uma bolsa no valor de R$ 1.303,90. Com direito a alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa. Depois da promoção o militar passa a receber R$ 2.294,50 bruto.

As Severinas (Foto Géssica Amorim)

Os fãs de As Severinas já podem assistir ao documentário As Severinas – 10 anos, disponível no canal do youtube da banda. Sob a direção de Eduardo CrispimIsabelly Moreira (triângulo, vocais e declamações), Monique D’Angelo (vocal e sanfona) e Marília Correia (zabumba) detalham como a espontaneidade e a amizade foram a base para surgimento da Banda há 10 anos e para o seu amadurecimento ao longo desse tempo.

Garnier é o novo comandante da Marinha

Às margens do Lago Paranoá e sob o céu azul, Fuzileiros Navais trajando a bela farda branca de gala e portando seus fuzis aguardavam enfileirados o início da cerimônia. À esquerda do púlpito de autoridades, ficou posicionada a Banda Grupamento de Fuzileiros Navais. Foi nesse cenário, no pátio do Grupamento de Fuzileiros Navais, em Brasília, que o Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos assumiu o Comando da Marinha do Brasil, na manhã de ontem. O Ministro da Defesa, Walter Braga Netto, acompanhou o Presidente da República, Jair Bolsonaro, na solenidade.

Almir Garnier Santos, Jair Bolsonaro, Walter Braga Netto e Ilques Barbosa Júnior (Foto: Igor Soares)

Na ocasião o Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Júnior passou o cargo ao novo Comandante, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos. Emocionado, o substituto recordou sua trajetória na Marinha, desde o seu ingresso na Força. De origem humilde, ele relatou um pouco da sua trajetória. “Quando garoto, via aqueles homens em uniformes brancos manobrando grandes belonaves com grandes canhões e imaginava serem muito diferente de mim. Não eram. Eram apenas brasileiros, que, como eu, tinham a Pátria por devoção”, contou.

Almirante Garnier diante da Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais (Foto: Igor Soares)

Aliás, o blog estende o tapete vermelho para o Almirante Garnier que abriu seu notável discurso, assim: “Excelentíssimo Senhor Presidente Jair Messias Bolsonaro, legal e democraticamente entronizado pelo provo brasileiro como comandante supremo das Forças Armadas”. Após o momento da passagem de comando entre os Almirantes, houve salva de 19 tiros de canhão. Ao término, a tropa de Fuzileiros Navais desfilou, em continência ao Comandante da Marinha, ao som da Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais.

Anotações do Cotidiano

O Corpo de Fuzileiros Navais estará comemorando seus 213 aniversário. E para comemorar a data teremos sexta-feira, às 19h, pelo Canal do YouTube da Marinha do Brasil, do palco da Fortaleza de São José, construída em 1736, na Ilha das Cobras, no Rio de Janeiro, um concerto com a Banda Marcial e a Banda Sinfônica do CFN. Por meio de narrativas, atrações musicais, culturais, exibição de vídeos e projeções mapeadas, o público poderá conhecer um pouco da história do Corpo de Fuzileiros Navais. Assista ao vivo no https://www.youtube.com/marinhaoficial.

Conhecido como um dos maiores centros de saúde do País, o Recife agora conta um espaço de excelência no diagnóstico e tratamento de doenças da visão: o Centro de Diagnóstico de Retina e Vítreo do Hospital de Olhos Santa Luzia, que reúne equipamentos de última geração, especialistas altamente qualificados e atendimento humanizado. Pelo seu grau de excelência, com profissionais com formação nacional e internacional, o Centro é capacitado pela Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo para formação de especialistas em doenças da retina. Informa a oftalmologista Fabiana da Fonte, uma das especialistas responsáveis pelo Centro.