Fernando Machado

Blog

Tag locomotiva

Anotações do Cotidiano

Pernambuco tem dois projetos classificados no Prêmio CNA Jovem. Em sua 4ª edição, o programa é reconhecido como um importante instrumento de incentivo a formação de lideranças para a agropecuária brasileira. Jonathan da Silva (22), do Recife, e Elisângela de Freitas (29), de Parnamirim, representam o estado na competição, sediada em Brasília. Ambos desenvolveram um plano de ação – intitulado Desafio, com o intuito de solucionar gargalos com que se defronta o setor. Ao todo, 80 jovens, com idades entre 22 a 30 anos, participam da competição em todo o país. Eles estão divididos em equipes ligadas a cinco áreas: institucional, sindical, política, empresarial e educacional. O superintendente Adriano Moraes e a supervisora pedagógica Marli Silva, ambos do Senar/PE estão felizes com o resultado.

Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva aponta que faltaram alimentos para 76% dos moradores de favelas nesse período. Diante desse cenário, o Instituto Camargo Corrêa, leia-se a diretora executiva Bárbara Bueno, em parceria com a ONG Gerando Falcões, promove a campanha #CoronaNoParedão para doação de cestas básicas digitais contando com o apoio dos profissionais da Camargo Corrêa Infra e das empresas investidas do grupo. E as doações auxiliam não apenas na questão alimentar, mas é um instrumento de combate à pandemia. De acordo com dados da Gerando Falcões, 82% das famílias mantiveram o distanciamento social depois de receberem o cartão do projeto. Mais informações http://gerandofalcoes.com/coronanoparedao.

Morre a Diva Lourdes Catão

O high society brasileiro está de luto. Faleceu ontem aos 93 anos, a locomotiva, como chamava o cronista social Ibrahim Sued, Lourdes Catão. Sua beleza e sua elegância farão muita falta. A Diva era presença cativa em todas listas das 10 mais elegantes.

A Diva Lourdes Catão mexeu com a sociedade carioca (Fotos: O Cruzeiro)

Pra quem não sabe Lourdes Prazeres Catão foi editora da bíblia da sociedade do Rio de Janeiro, Sociedade Brasileira, antes a responsabilidade era da irmã Helena Gondim (1929/2018). Com ela se foram muitas histórias e estórias da vida mundana.