Fernando Machado

Blog

Tag livre

Fatos Diversos

Famosos por desfilarem imponentes nas ladeiras do Sítio Histórico de Olinda e nas ruas do Recife Antigo, durante o carnaval, os bonecos gigantes são uma verdadeira tradição da folia pernambucana. Alguns deles que compõem o acervo da Embaixada de Pernambuco – Bonecos Gigantes de Olinda, no Recife Antigo, estão expostas no Tacaruna até o próximo dia 17.

Chacrinha no Tacaruna (Foto: Divulgação)

Larissa Vereza (Foto: Divulgação)

A atriz Larissa Vereza, lança Como tirar seu visto O1 e se mudar para Hollywood – Um passo-a-passo para tornar seu sonho realidade. Para Larissa, que atua em produções nos Estados Unidos, a decisão de escrever o livro veio com a possibilidade de ajudar jovens artistas que desejam investir na carreira internacional nos EUA, como ela fez há quase dez anos. Curta no www.larissavereza.com.

Não Podemos Esquecê-los (VI)

Em Memória dos que foram assassinados pelo Brasil Livre do Comunismo lembramos, hoje, aqueles de 1972: Da Policia Militar o sargento Tomaz Paulino de Almeida e Rozendo, os cabos Sylas Bispo Feche, Luzimar Machado de Oliveira e Benedito Monteiro da Silva; do Exercito o coronel Aníbal Figueiredo de Albuquerque, o sargento Mário Abraim da Silva e o cabo Odilio Cruz Rosa.

O cabo Odilio Cruz Rosa (Foto: Divulgação)

Também o marinheiro inglês David A. Cuthberg, o estudante Eizo Ito; o segurança Manoel dos Santos; o mateiro João Pereira, o detetive de Polícia Civil Mário Domingos Panzarielo; o bancário Sílvio Nunes Alves; os civis Luiz Honório Correia, Severino Fernandes da Silva, José Inocêncio Barreto, Iris do Amaral e Napoleão Felipe Bertolane Biscaldi.

Não Podemos esquecê-los (V)

Em Memória dos que foram assassinados pelo Brasil Livre do Comunismo lembramos, hoje, aqueles de 1971: os soldados PM Américo Cassiolato, Djalma Peluci Batista, Manoel da Silva Neto e Eduardo Timóteo Filho; o major do Exército José Julio Toja Martinez; o tenente da Aeronáutica Mateus Levino dos Santos; o suboficial da reserva da Marinha José do Amaral; os cabos PM João Campos e Nelson Martinez Ponce.

O major do Exército José Julio Toja Martinez (Foto: Divulgação)

Ainda o artesão Adilson Sampaio, a empregada domestica Maria Alice Matos, os civis Antônio Lisboa Ceres de Oliveira, Alberto da Silva Machado e Jaime Pereira da Silva; o comerciário Fernando Pereira; os seguranças Jayme Cardenio Dolce, Silvâno Amâncio dos Santos, Demerval Ferreira dos Santos, José Amaral Vilela e Hélio Ferreira de Moura; o taxista Gentil Procópio de Melo e o adolescente de 14 anos Marcelo Costa Tavares.

Não Podemos esquecê-los

Em Memória dos que foram assassinados pelo Brasil Livre do Comunismo lembramos, hoje, aqueles de 1970: o tenente da PM Alberto Mendes Junior, o sargento da Aeronáutica Walder Xavier de Lima, os sargentos PM José Geraldo Alves Cursino e Antônio Aparecido Posso Nogueró, os soldados PM Newton de Oliveira Nascimento, Célio Tonelly, Garibaldo de Queiroz e José Aleixo Nunes.

O tenente da PMSP Alberto Mendes Junior foi assassinado pelo grupo terrorista de Carlos Lamarca (Foto: Divulgação)

Além dos seguranças Joaquim Melo e João Batista de Souza, os agentes da PF Irlando de Moura Régis e Hélio de Carvalho Araújo, os seguranças Isidoro Zamboldi, Vagner Lúcio Vitorino da Silva e Bertolino Ferreira da Silva, o comerciante José Armando Rodrigues e o civil José Marques do Nascimento.

  • 1 2