Fernando Machado

Blog

Tag literatura

Pausa Poética

“Do jeito que estar pior eu caio duro”. Almir da Paixão (1953/2015)

Pausa Poética

“O homem não é feito para a derrota. Um homem pode ser destruído, mas, não derrotado”. Ernest Hemingway (1899/1961)

Pausa Poética

“A meu ver, não é possível explicar por meios meramente científicos”. Acadêmico Ruy João Marques (1917/1993)

Pausa Poética

“Desdobro-me: recluso, dispersado, / encontro-me no esforço de refazer as passagens”. Nelson Saldanha (1933/2015)