Fernando Machado

Blog

Tag legislação

Fatos Diversos

Amanhã, às 17h, no salão nobre do Tribunal de Justiça de Pernambuco, teremos o lançamento da Cartilha Digital Provita TJPE, do desembargador Bartolomeu Bueno. Faz parte dos 10 anos da Legislação Estadual.

Hoje, às 14h, no Teatro Marco Camarotti, teremos a solenidade de entrega dos troféus Parlamentar Amigo do Comércio e Destaque Sindical 2017. O presidente da Fecomercio, Josias Albuquerque estará à frente do evento.

Na Sala da Justiça

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, leia-se o presidente Antônio Carlos Alves, em parceria com a Escola Judiciária Eleitoral de Pernambuco e a União Internacional de Magistrados, está promovendo até amanhã, o Seminário Internacional sobre a Corrupção e Estado de Direito. Hoje, a vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmem Lúcia, ministra uma palestra. O evento acontece na sede do Tribunal.

Para se adequar à legislação trabalhista, a Cerâmica Cabrobó firmou Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público do Trabalho em Pernambuco. Investigada pelo órgão desde abril do ano passado, a empresa teve constatada uma série de irregularidades, a maioria delas relacionada à segurança de máquinas e equipamentos e ao registro profissional dos empregados. O TAC foi assinado pela procuradora Vanessa Patriota da Fonseca.

Notícias da Bahia

O papa dos missologos Roberto Macedo marcou para o dia 6 de março, o lançamento da biografia Martha Vasconcellos, Miss Bahia, Brasil e Universo de 1968, promovido pela Assembleia Legislativo da Bahia, no Projeto Coleção Gente da Bahia. A noite de autógrafos será no Hotel Sheraton, antigo Hotel da Bahia, construído em 1949 para as comemorações do IV Centenário de Salvador. Ele foi palco do Miss Bahia de 1955 a 1961. Também hospedou as candidatas em muitos anos, inclusive as de 1968, ano de eleição de Martha. Até os políticos baianos reverenciam seus ídolos. Tão diferente dos pernambucanos.

“Esparro”. Assim o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) definiu a tentativa de o governo federal aprovar por debaixo do pano o substitutivo da MP 658, que alteraria a legislação sobre parcerias entre a administração pública e as organizações não governamentais (ONGs). Vigilante às malandragens do governo, o deputado democrata e a bancada oposicionista impediram que o ardil petista se transformasse em lei, quarta-feira. Na tribuna do Congresso, Aleluia citou o escabroso caso do Instituto Brasil na Bahia, que desviou milhões de reais para supostamente financiar campanhas petistas no estado.