Fernando Machado

Blog

Tag lago

Notícias da Paraíba

O Governo do Estado, por meio da Controladoria Geral do Estado, participou no dia 25 de maio do Workshop do Programa de Reestruturação e de Ajuste Fiscal, realizado na Escola de Administração Fazendária, em Brasília. O encontro foi promovido pela Secretaria do Tesouro Nacional e teve como objetivo apresentar aos representantes de todos os Estados da Federação que possuem Programa as recentes mudanças normativas do PAF e as inovações do PAF 2018, que foi reformulado recentemente com a edição da Lei Complementar n° 156.

Hoje, Dia de Corpus Christi, o Parque Zoobotânico Arruda Câmara abre normalmente das 8h às 16h, sendo permitida a permanência no local até as 17h. No Parque, os visitantes poderão contar com espaços para caminhadas, parquinho infantil, lanchonetes e áreas para piquenique, como também opções de passeios em pedalinhos e triciclos, que ficam na área do Lago das Cinco Fontes, e ainda conhecer animais exóticos e silvestres como onça pintada, elefante, jacarés, gaviões, raposas e araras, entre outros. Informa Jair Azevedo, diretor do Parque.

I Love New York

Quando pensei que conhecia o Central Park, que ocupa uma área de 4,3 kms², trocando em miúdos 341 hectares, ficando no coração de New York, cujo projeto é dos arquitetos Frederick Law Olmsted e Calvert Vaux. Embora o parque pareça natural, ele é, na verdade, ajardinado quase inteiramente e contém diversos lagos artificiais, duas pistas de patinação no gelo, sem dúvida um santuário vivo e campos diversos.

c-dakota

 Da torre de Belvedere vemos o skyline do Dakota Building onde morou John Lennon (Foto: Fernando Machado)

Foi inaugurado em 1857, e é considerado, por muitos nova-iorquinos, um oásis dentro da grande floresta de arranha-céus existente na região. É lá que as pessoas se jogam nos jardins para descansar, sentam nos bancos para lerem jornais, conversar com os amigos, jogar, andar de bicicleta, correrem ou brincar com as crianças. E, claro, onde a turma alegre fazem pegações.

c-jackie-reservatorio

O Reservatorio Jacqueline Kennedy (Foto: Fernando Machado)

Domingo conheci o Reservatório Jacqueline Kennedy (cuja vista da cidade é belíssima), um pequeno lago com as tartarugas (elas somente aparecem depois das 19 horas para alegria dos baixinhos), nos seus arredores existe uma área onde pessoas do leste europeu se reúnem para dançarem músicas de sua origem.

c-torre

Outra imagem da Torre Belvedere (Foto: Fernando Machado)

Um recanto lindo é o Belvedere Tower, construído por Daniel Draper, em 1869, cuja vista do parque é deslumbrante. E acho que tem mais coisa para descobrir naquele labirinto perdido na Big Apple. No próximo ano, se Deus quiser voltarei ao Central Park para descobrir mais coisas. Apesar das trilhas serem desertas não existe perigo de assalto. É ou não é um paraíso?

c-torre4

 Neste lago temos tartarugas e patos dividindo suas coreografias (Foto: Fernando Machado)

Lá vêm os noivos Mariana e Verysson

A Capela de Nossa Senhora da Conceição, foi construída sobre as ruínas onde existiu o sobrado, sede do Engenho São João, erguido na segunda metade do século XIX, provável moradia do Barão da Muribeca, situado na propriedade Santos Cosme e Damião, integrante do conjunto arquitetônico da Oficina Francisco Brennand, na Várzea, no Recife.

cc-verysson-mariana

Verysson e Mariana (Foto: Fernando Machado)

O projeto foi elaborado pelos arquitetos Paulo Mendes da Rocha e Eduardo Colonelli. A capela que foi inaugura no dia 8 de dezembro de 2006 tem 400 m² e capacidade para 100 pessoas, ainda mantém traços das paredes originais. A imagem de Nossa Senhora da Conceição e as 12 estações da Via Sacra que estão colocadas na parede onde está localizado o coro são grifadas pelo artista Francisco Brennand.

cc-mirella-daniella-isabella-santini

Mirella, Daniella e Isabella Santini (Foto: Fernando Machado)

Nos seus arredores temos o Lago das Sombras apresentando o Monumento Árvore da Vida: um tronco que germina cabeças de pessoas e bichos, simbolizando a criação. Não esquecer o Relógio do Sol, idealizado pelo arquiteto Fernando Almeida. Pois bem foi nessa cenário deslumbrante que subiram ao seu altar os noivos Mariana e Verysson.

cc-verysson-vera-lucia-ferreira

Verysson e a mãe, Vara Lúcia (Foto: Fernando Machado)

Todas as noivas são lindas, mas Mariana, filha de Márcia Correa Santini e Augusto Barbalho Santini, estava especial num modelo de tule e renda Racine, adquiridas pela avó materna, a diva Isis Santini, numa das suas viagens por Paris. O modelo clássico moderno foi criado pelo estilista Marcio Costa.

cc-mateus-longman-natasha-coutinho

Mateus Longman e Natasha Coutinho (Foto: Fernando Machado)

O noivo, Verysson, filho de Vera Lucia de Lima Ferreira e José Luciano Ferreira, foi a presença masculina mais elegante da noite. O terno era de Ermenegildo Zegna e a camisa by Ricardo Almeida. E os sapatos foram de Loubountin. E ao som de GranNume de Verdi ele ao lado de Vera by Lourdinha Noyama, ingressou na nave central até o altar.

cc-tereza-fred-uchoa

Tereza e Frederico Uchoa (Foto: Fernando Machado)

A decoração de Fabiano Reis e Silvio Medeiros nas cores verdes e brancas, estava capotante. Toda nave central estava ladeada de jardineiras espelhadas e dentro delas as rosas. O altar estava coberto de rosas brancas e folhagens verdes. Repousava no altar três cilindros de tubos gigantes com lisiantos brancos. 

cc-keila-william-benicio

Keila e William Benício (Foto: Fernando Machado)

E com muita pomba e circunstância foi dado o inicio da cerimônia religiosa, presidida pelo padre Adriano Chagas, acompanhada pela notável Orquestra Bravo de Alexandre Lemos, regida pelo maestro Dierson Torres composta de oito instrumentos: primeiro violino, segundo violino, viola, violoncello, flauta, trompete, teclado, conjunto de tímpanos e prato e mais um coro com seis vozes.

cc-leonardo-pedrosa-da-fonseca-daniella-santini-pedrosa-da-fonseca

Daniella Santini com os filhos Leonardo e Felipe Pedrosa da Fonseca (Foto: Fernando Machado)

Os avôs e os padrinhos, apenas 16 casais, entraram pela nave central ao som de Va Pensiero (Nabuco) de Verdi. A mãe da noiva, Marcia Correa Santini muito bem num modelo de Mabel Magalhães e o pai do noivo José Luciano Ferreira entraram capela tendo como trilha sonora o Coro das Freiras de Strauss. A noiva, Mariana, surgiu na Capela ao som de Amém de Beethoven, ao lado do pai, Augusto Santini by Ricardo Almeida.

cc-marcela-jungmann

Marcela Jungmann na nave central da capela (Foto: Fernando Machado)

Quando Mariana chegou ao altar tivemos a execução da Ave Maria de Schubert. Na aclamação ao Evangelho ouvimos Tibi Omines de L. A. Pinto; na benção das alianças The Lord Bless You and Keep You de Rutter; na comunhão Kyrie de Rustichelli, na benção final Nessum Dorma de Puccini e para as fotografias a Orquestra atacou de The Music of The Night de Webber. Os noivos deixaram a igreja com uma chuva de pétalas de rosas acompanhados por Die Fledermauss, ou a Valsa do Morcego de Strauss.

cc-veryssson-mariana3

Verysson e Mariana diante do altar (Foto: Fernando Machado)

 Alias quem chegou cedo e não abandonou a Capela antes dos noivos saírem assistiu a um verdadeiro concerto quando destacamos as peças Romance de Beethoven, Rosamunde de Schubert, La GaitéParisienne de Offenbach, Sarabanda de Handel, Valsa Lenta  de Offenbach e Mazurka de Offenbach. No final os músicos da Bravo recebiam os cumprimentos da família e de alguns convidados. O cerimonial foi da Unique, leia-se Felipe Felix.