Fernando Machado

Blog

Tag julgadora

Carol Morris: Miss Universo de 1956

Foto oficial das candidatas estrangeiras e dos Estados Unidos (Revista Manchete)

Há 65 anos, acontecia o Miss Universo de 1956 no Long Beach Municipal Auditorium, na Califórnia. Participaram do concurso 30 candidatas. O apresentador foi Bob Russell. A vencedora foi Carol Morris dos Estados Unidos. Anabella Granados da Costa Rica foi escolhida como a Miss Simpatia. Marina Orschel da Alemanha ficou como a Miss Fotogenia e Carol Morris dos Estados ficou como a Garota Popular. A Miss Brasil, Maria José Cardoso (1935/2019) ficou no Top 15.

O Top 15 (Foto: Divulgação)

A comissão julgadora foi formada por Vincent Trotta, Alberto Varga, Betty Jones, Tom Kelly (é dele a celebre foto do calendário de Marilyn Monroe), Max Factor, Claude Berr, Robert Palmer, Dorothy Kirsten, Earl Wilson e James Noguer. A classificação final ficou assim: 1º lugar Carol Morris dos Estados Unidos, que foi coroada pela sueca Hillevi Rombin, Miss Universo de 1955, no 2º lugar Marina Orschel da Alemanha, o 3º lugar Ingrid Goude da Suécia, o 4º lugar Iris Waller da Inglaterra e o 5º lugar Rossana Galli da Itália.

Carlene King Johnson coroando Carol Morris como Miss Estados Unidos (Foto: Divulgação)

No Top 15 ficaram Marina Orschel (Alemanha), Ileana Carré (Argentina), Lucienne Auquier (Bélgica), Maria José Cardoso (Brasil), Marcía Rodríguez (Cuba), Carol Morris (Estados Unidos), Anita Treyens (França), Rita Gouma (Grécia), Iris Waller (Inglaterra), Sara Tal (Israel), Rossana Galli (Itália), Erna Bauman (México), Lola Sabogal (Peru), Ingrid Goude (Suécia) e Blanquita Osío (Venezuela).

As misses praticando o exercício de Cabo de Guerra (Foto: Manchete)

As misses em trajes típicos (Foto: Manchete)

As concorrentes foram Barbara Maria Sellar (Alasca), Marina Orschel (Alemanha) Lucienne Auquier (Bélgica), Maria José Cardoso (Brasil), Elaine Bishenden (Canadá), Concepción Chacana (Chile), Anabella Granados (Costa Rica), Marcía Rodríguez (Cuba), Mercedes Espin (Equador), Carol Morris (Estados Unidos), Isabel Rodriguez (Filipinas), Anita Treyens (França), Rita Gouma (Grécia).

Carol Morris e Maria José Cardoso (Foto: O Cruzeiro)

Alem de Ileana Diaz (Guatemala), Rosalind Fung (Guiana Inglesa), Rita Schmidt (Holanda), Iris Waller (Inglaterra), Gudlaug Gudmundsdóttir (Islândia), Sara Tal (Israel), Rossana Galli (Itália), Yoshie Baba (Japão), Erna Bauman (México), Lola Sabogal (Peru), Paquita Vivo (Porto Rico), Olga Oliva (República Dominicana), Ingrid Goude (Suécia), Can Yusal (Turquia), Titina Aguirre (Uruguai) e Blanquita Osío (Venezuela).

As misses Maria José Cardoso, Rossana Galli, Anita Treyens, Sara Tal e Marcía Rodríguez (Foto: O Cruzeiro)

Alda Coutinho é a Miss Guanabara de 1961

Miss Guanabara, Alda Coutinho de Moraes, de maiô e longo (Fotos: O Cruzeiro)

Na noite de 10 de junho de 1961, com um Maracanãzinho animado, sem estar repleto, uma comissão julgadora formada por 10 pessoas escolheram Alda Coutinho de Moraes (1938/2005) do Clube Leblon, de 18 anos, 1m68 de altura, busto e quadris 96cm, como Miss Guanabara de 1961. Participaram do concurso 28 candidatas.

O Top 8: Vera Maria, Maria Cecilia, Maria Helena, Alda Coutinho de Morais, Leticia Surdi, Iara Santos, Melanie Rocha e Maria José Vieira.

No 2º lugar ficou Maria Helena Soares de Souza (Riachuelo Tênis Clube), em 3º lugar Leticia Viterbo Surdi (América Futebol Clube), em 4º lugar Maria Maria Cecilia Huon Froes (Grajau Tenis Clube), em 5º lugar Iara Vieira dos Santos (Renascença Clube), em 6º lugar Vera Maria Avanci (Olaria Atlético Clube), e em 7º lugar Melanie da Rocha Lima (Fluminense Futebol Clube).

Um grupo formado por 26 candidatas (Foto: O Cruzeiro)

Disputaram o titulo Sonia Maria da Silva Pinto (Grajaú Country Clube), Marlene Gomes Ormerod (Clube Municipal), Sarah Salles (São Cristóvão Futebol e Regatas), Maria José Brasil (Cassino Bangu), Letícia Viterbo Surdi (America Futebol Clube), Dulcemá Gouveia (Sampaio Atlético Clube), Ana Maria Espírito Santo (Bonsucesso Futebol Clube), Zulmira Garcia (Botafogo Futebol e Regatas), Sheila Ramos de Carvalho (Satélite Clube).

Marlene, Sonja, Ana Maria, Vera Maria, Maria Helena, Célia Azevedo, Ester, Teresinha, Zaira e Melany (Foto: O Cruzeiro)

Ainda Sandra Magda Mirabeau Fonseca (Esporte Clube Maxwell), Melanie da Rocha Lima (Fluminense Futebol Clube), Esther Nogueira Cobra (Clube de Regatas Flamengo), Maria Helena Soares de Souza (Riachuelo Tênis Clube), Sonja Margarida (Centro de Comercio e Indústria Pilares), Luzia Manzoli (Casa do Estudante), Rita Maria Loureiro Neri (Riviera Counry Club), Ruth Lima (Associação Atlética Vila Isabel), Maria Cecilia Huon Froes (Grajau Tenis Clube).

Neyla, Luzia, Dulcimar, Maria Auxiliadora, Ruth Lima, Ana Maria, Leticia, Sandra e Rita Nery (Foto: O Cruzeiro)

E finalmente Celia Azevedo (Associação Atlética Jacaré), Teresinha Ribeiro (Esporte Clube Jardim Guanabara), Alda Coutinho de Moraes (Clube Leblon), Zaira Pimentel (Associação Atlética Banco o Brasil), Ana Maria Amorim (Clube Sul-America), Maria Isabel Braga (Esporte Clube Mackenzie), Vera Maria Avanci (Olaria Atlético Clube), Maria Auxiliadora Fabbri Valente (Grêmio Recreativo de Ramos), Amir Augusto Setúbal (Bangu Atlético Clube), e Iara Vieira dos Santos (Renascença Clube).

Esse quarteto está formado por Leticia, Vera, Luiza e Rita (Foto: O Cruzeiro)

Maria Lucia é a Miss Pernambuco de 1961

Maria Lucia em traje de maiô e traje de gala (Foto:  Reprodução do Diário de Pernambuco)

Hoje faz 60 anos, que a Miss Clube Internacional do Recife, Maria Lúcia Santa Cruz, do alto dos seus 1m70 de altura, 98cm de busto e quadris, 58cm de coxa e cintura, era eleita nos salões do seu Clube, Miss Pernambuco de 1961. Ela foi coroada pela Miss Pernambuco de 1960, Maria Edilene Torreão. Participaram do quatro candidatas. O festival da beleza feminina pernambucana foi apresentado pela atriz Heloisa Helena (1917/1999).

Carmen Aurélia Rodrigues, Guaracy Gouveia, Gicelda Nascimento e Maria Lúcia Santa Cruz (Reprodução do Diário de Pernambuco)

A comissão julgadora foi presidida por Almeida Castro e composta pelo médico Álvaro Ferraz, pelo advogado Joel Pereira, pelas socialites Lais Cabral da Costa e Hughete Leimig. Participaram do concurso apenas quatro candidatas: Guaracy Gouveia (Clube Português), Carmen Rodrigues (Clube Náutico Capibaribe), Maria Lúcia Santa Cruz (Clube Internacional do Recife) e Gicelda Nascimento (Clube Líbano Brasileiro).

Maria Edilene Torreão passando a faixa para Maria Lucia (Reprodução do Diário de Pernambuco)

O resultado final ficou assim: em quarto lugar Gicelda Nascimento, em terceiro lugar Guaracy Gouveia, em segundo Carmen Rodrigues e a vencedora foi Maria Lúcia Santa Cruz que usou um modelo deslumbrante desenhado por Victor Moreira, e costurado por Inês Peixe. Informação importante: Carmen Rodrigues representou o Rio Grande do Norte no Miss Brasil, porque a eleita Ronnie Pacheco, renunciou para casar com Carlos Regnier.

Hemê Pessoa, a coiffeur Aparecida, o figurinista Victor Moreira, Maria Lúcia Santa Cruz e o coiffeur Fausto (Foto: Acervo de Hemê)

Pierinna Flores é a Top Model do Mundo

Pierinna Flores sendo enfaixada por Nicole Menayo (Foto: Kai Spaete)

Sexta-feira, no Meraki Resort de Hurghada, no Egito, tivemos a escolha da Top Model do Mundo. No concurso que participaram 30 candidatas teve como host Lulzim Shebu. A vencedora foi a peruana Pierinna Patiño Flores de 22 anos de idade e 1m75 de altura, que foi coroada pela Top Model do Mundo de 2019, Nicole Menayo. A brasileira Karina Silva de Azevedo faturou o Melhor Corpo e ficou no Top 15.

Anja Radic, Giselle Ann Davis, Priscila Valverde, Pierinna Patiño Flores e Andreea Mateescu (Foto: Kai Spaete)

Também foram escolhidas: Miss Fotogenia Pierinna Patiño Flores do Peru, Miss Popularidade Liliia Gilmiiarova da Rússia, o Melhor Corpo foi o de Karina Silva de Azevedo do Brasil, a Top Model Meraki Natalia Gonzaléz Solorzano da Costa Rica, Miss Globe Asia Ciaffarafa Pérez da Republica Dominicana e a Rainha da Europa Anja Radic da Servia.

Todas concorrentes ao titulo Top Model do Mundo (Foto: Kai Spaete)

A comissão julgadora apresentou o seguinte resultado 1º lugar Pierinna Patiño Flores (Peru), no 2º lugar ficou Priscila Valverde (México), no 3º lugar Giselle Ann Archobold Davis (Colômbia), no 4º lugar ficou Andreea Bianca Mateescu (Romênia) e no 5º lugar Anja Radic (Servia).

Precioso Ng’Oma, Priscila Valverde, Pierinna Flores, Giselle Ann Davis e Anja Radic (Foto: Kai Spaete)

Nas 15 semifinalistas ficaram Zabelo Hlabisa (África), Karina Silva Azevedo (Brasil), Olga Bykadorva (Canadá), Giselle Ann Archbold Davis (Colômbia), Natalia Gonzalez Solorzano (Costa Rica), Melinda Frankó (Hungria), Priscila Valverde (México), Pierinna Patiño Flores (Peru), Asia Ciaffarafa (Republica Dominicana), Andreea Bianca Mateescu (Romênia), Anja Radic (Servia), Sayuri Jayaratnne (Sri Lanka), Mirzeava Qiuzi (Uzbekistan), Zaren Perdomo (Venezuela), Precious Ng´oma (Zâmbia).

O Mais belo Corpo foi o Karina Silva Azevedo (Foto: Kai Spaete)

  • 1 2 7