Fernando Machado

Blog

Tag juiz

Anotações do Cotidiano

Em solenidade realizada quarta-feira, no Fórum de Abreu e Lima, o Salão do Tribunal do Júri da Comarca foi denominado Jurista Criminal Dr. Roque de Brito Alves. A ideia partiu do juiz titular da Vara Criminal de Abreu e Lima, Luiz Carlos Vieira de Figueirêdo. O pedido do magistrado foi aceito e encaminhado pelo diretor do Foro da Comarca, juiz Hugo Bezerra de Oliveira, para apreciação no TJPE. Representando a família, estava a defensora pública Marta Brito Alves Freire, sobrinha de Roque de Brito Alves (/2020).

Cleiton Silva, Fábio Barros e Leonardo Gomes (Foto: Divulgação)

A Neoenergia Pernambuco , leia-se o grente Operacional Fábio Barros), anunciou, quarta-feira, a operação montada pela distribuidora para o Carnaval 2023. Durante coletiva de imprensa realizada na sede da empresa, ao lado do Major Cleiton Silva, assessor de comunicação do Corpo de Bombeiros e de Leonardo Gomes Coordenador do Samu Recife, a concessionária apresentou o trabalho que vem desenvolvendo desde setembro, com a finalidade de garantir a qualidade e a continuidade do fornecimento de energia elétrica com segurança para todos os foliões.

Flashes

O Cônsul Geral da Alemanha, Johannes Bloos e Beatrice Wöhler nos convida para a Data Nacional do seu pais, no dia 10 de outubro, no Clube Alemão.

Hoje, às 20h, na Escola Municipal de Tempo Integral, na Mangabeira, temos a temporada especial de Mateus e Catirina, pelos 25 anos de Muganga.

O Aeroporto de Petrolina, leia-se CCR Aeroportos, inaugurou, sexta-feira, na sua rede de lojas de alimentação e, a loja do Rei do Mate.

A Associação dos Advogados de São Paulo lançou este mês, o seu novo portal que permite acesso a produtos e serviços tradicionais da entidade.

O juiz Luiz Gustavo Mendonça de Araújo foi eleito por antiguidade, na vaga do desembargador Jones Figueiredo, novo desembargador do TJPE.

André Pinheiro, coordenador do Building Information Modeling, fala hoje, seu case na MRV no Autodesk University, nos Estados Unidos.

Fatos Diversos

Com a aposentadoria do desembargador Jovaldo Nunes, semana passada, abriu uma vaga no Tribunal de Justiça de Pernambuco, por merecimento. Dois nomes estão no páreo o dos juízes Gabriel Cavalcanti (entra na disputa pela segunda vez) e Eduardo Guilliod (entra pela primeira vez). Caso não aconteça nenhum acidente de percurso, o juiz Gabriel Cavalcante deverá ser eleito como novo desembargador de Pernambuco, pois ele entra na lista tríplice pela terceira vez.

O ídolo Denilson no Ibis (Foto: Divulgação)

Depois de 12 anos fora da quadra, o ex-jogador Denilson, 44, está de volta ao futebol. Vai emprestar seu talento para o Ibis, que anunciou a contratação do meio-campista. “Agora eu posso falar! É oficial! O convite apareceu e refletindo com minha família… O pai aqui decidiu voltar ao futebol! Agora vou vestir a camisa do Íbis, anunciou Denilson nas redes sociais. O Íbis disputa atualmente o quadrangular de rebaixamento do Campeonato Pernambucano.

Anotações do Cotidiano

Em tempos de pandemia, o mercado de arte nunca esteve tão expressivo no sentido de renovação e readaptação aos novos tempos. Com esse propósito, o marchand Sérgio Oliveira, fundador da Arte Maior Galeria, há  quatro décadas no mercado, criou o projeto Arte Imortal de Pernambuco e seus artistas plásticos. A iniciativa terá sua primeira exposição no dia 8 de março, às 15h, por meio híbrido, sendo possível aos amantes das artes ver as obras na galeria, onde estarão expostas, ou se preferirem podem vê-las acessando o site www.artemaior.com.br e fazer, inclusive, suas aquisições on-line. Nessa primeira exposição do projeto os artistas imortais escolhidos foram Bajado, Wellington Virgulino e Lula Cardoso Ayres.

O marchand Sérgio Oliveira (Foto: Divulgação)

A 1ª Vara Cível de Araripina e a Vara Única de Ipubi extinguiram 3.488 ações judiciais de um único advogado para coibir a “advocacia predatória”. A prática consiste no ajuizamento de processos em massa, via petições padronizadas, artificiais e recheadas de teses genéricas. Em Ipubi, houve extinção de 1.917 ações, que correspondiam a 50% do acervo da comarca. Na de Araripina, foram extintos 1.571 processos, que representavam aproximadamente 30% do acervo. A extinção dos processos foi motivada pelos fortes indícios de captação ilegal de clientes, irregularidades nas procurações, apropriação indébita dos valores recebidos e uso de teses jurídicas fabricadas. Explica o juiz de Direito Leonardo Costa de Brito, responsável pelas duas unidades judiciárias.