Fernando Machado

Blog

Tag jeans

De Volta para o Passado

Há 145 anos, o empresário teuto-americano Levi Strauss (1829/1902), inventou em San Francisco, na Califórnia, as calças blue jeans, por sugestão do costureiro Jacob Davis.

Há 110 anos, nascia nos Estados Unidos, o ator James Stewart, que morreu no dia 2 de julho de 1997.

Há 80 anos, passava pelo porto do Recife, abordo do Highland, Miss Paris de 1937 Lily Monique Lamber, que depois virou Lily Marinho.

Há 80 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, um concerto do violinista Benjamin Wolkoff.

Há 51 anos, Vera Maria Silva, Miss Círculo Militar do Recife, era eleita nos salões do Clube Internacional, Miss Pernambuco de 1967.

Há 20 anos, morria em Pernambuco, de enfarte o jornalista Edmundo Moraes, que nasceu no dia 6 de março de 1932.

Passarela RioMar: Damyller

mo-damylla-damiani-laerte-tomasi2

Damilla Damiani e Laerte Tomasi leia-se Damyller (Foto: Fernando Machado)

Ao som de música eletronica a grife Damyller atravessou a Passarela RioMar, mostrando referências no Urban Culture e no Urban Chic para criar seu Inverno 2016, onde o jeanswear aparece com influências e modelagens exclusivas. Foram 10 looks masculinos e 20 femininos. A primeira inspiração traz peças que remetem aos anos 70, apostando no suede totalmente repaginado. O segundo tema passa pela década de 90, apresentando um jeans mais clean e atemporal.

mo-gonçalo-teixeira-isabeli-fontana-nicole-heiniger3

Os modelos Gonçalo Teixeira e Isabeli Fontana (Foto: Nicole Heiniger)

O denim, DNA da Damyller, surge contrapondo entre o destroyed e o efeito raw. O shape “gender bender”, roubado do armário masculino, surge como tendência e ganha espaço no closet das mulheres prometendo fazer a cabeça das mais descoladas. Na coleção feminina, as apostas são as calças com cortes boy flare, pantacourt, boyfriend e cropped. Saias e shorts provam que podem aparecer em qualquer estação, com diferentes lavagens, texturas e efeitos. As jaquetas surgem nos modelos tradicionais jeans e com aplicações em linha na cor ocre.

mo-gonçalo-teixeira-nicole-heininger

O modelo Gonçalo Teixeira (Foto: Nicole Heiniger)

Matérias primas como o veludo, o suede vintage e a malha estonada dividem espaço com o jeans e completam o inverno feminino da Damyller. Para os homens, o jeans skinny e jaquetas continuam como peças chave nas produções, a lavanderia aparece ora destroyed ora raw. Além do denim, tons terrosos acrescentam um pouco mais de cor aos looks. Clássicos para eles, camisas e t-shirts estampadas, traduzem a atmosfera urbana moderna da temporada.

mo-isabeli-fontana-nicole-heiniger

A modelo Isabeli Fontana (Foto: Nicole Heiniger)

Informação importante: Os leitores vão notar que as fotos que ilustram a matéria foram da Campanha Nacional, que traz Isabeli Fontana e Gonçalo Teixeira, que não desfilaram no Passarela RioMar. Tudo porque a Exclusiva Promo me proibiu de fotografar os modelos antes de subirem ao catwalk. E o mais grave, quinta-feira, era o Dia do Jornalista. Este bullying me fez  decidir que  matérias de moda nunca mais outra vez. E como diria o papa da coluna social brasileira Ibrahim Sued: “Ademã, que eu vou em frente.”

mo-samantha-urban

A competente Samantha Urban, curadora do Passarela RioMar (Foto: Fernando Machado)

Na Passarela RioMar a Coca-Cola Jeans

b-casting

O casting mais feliz do que pinto no lixo, depois do desfile da Coca-Cola Jeans (Foto: Fernando Machado)

A segunda noite do Passarela RioMar, tivemos o desfile da Coca-Cola Jeans Verão 2016. O jenas é o símbolo da cultura jovem e peça indispensável do vestuário, a viagem do jeans é a grande referência para a coleção primavera – verão 2016. Sua jornada foi iniciada na Índia, origem do corante, onde teve como ponto de partida a sua influência cultural e explosão de cores.

b-rodrigo-aleixo-victor-gondim-andre-gonçalves-gil-tatzu

Rodrigo Aleixo, Victor Gondim, André Gonçalves e Gil Tatzu (Foto: Fernando Machado)

Mais tarde, nos Estados Unidos, o jeans se transformou no ícone da década de 50, inspirada nas estrelas do cinema James Dean e Marlon Brando e, desde então, é o artigo mais democrático e popular da moda universal. Atravessou o século XX, virou ícone global de um lifestyle moderno, despretensioso, atual e continua se reinventando a cada temporada.

b-victor-gondim-flavio-leimig-vitto-farias-eric-mariz-rafael-miranda

Victor Gondim, Flávio Leimig, Vitto Farias, Eric Mariz e Rafael Miranda (Foto: Fernando Machado)

O Denim também está presente na malharia com lavagens, texturas e contornos que revelam o efeito do jeans, cuidadosamente produzido com um jacquard, que remete às mandalas indianas, assim como o estilo boho, extremamente em alta e presente nas peças com franjas aplicadas. As cores fortes, desempenham com excelência o Índia mood e captam a essência e todo universo étnico que o país representa.

b-dj-dux

O DJ Dux só nas batidas do rock house (Foto: Fernando Machado)

Na cartela de cores, o azul índigo é predominante e aparece em diversas peças além do denim. Para trazer luz, o laranja coral e o amarelo vibrante, completam a explosão de cores da nova coleção. Na modelagem, a saia desce no comprimento e vira mídi, enquanto as calças sobem com a pantacourt. O top cropped ganha ainda mais força nessa coleção. As peças masculinas são dominadas pelos efeitos de lavanderia, tecidos power e também o elastano.

b-jose-alves

José Alves dando show na catwalk (Foto: Fernando Machado)

As T-shirts com mensagens de positividade, marca registrada da Coca-Cola Jeans, completam uma coleção surpreendente e cheia de história para contar. Gostei muito da trilha sonora que teve à frente o DJ Dux, que não gosta muito de ser chamado DJ, e de apenasmente Dux, veio do sul somente para colocar nas picapes as batidas do house comercial.

b-anne-melo-rhoni-fekete-barbara-rodrigo-aleixo

 

Anne Melo, Rhoni Fekete, Bárbara e Rodrigo Aleixo (Foto: Fernando Machado)

Calvin Klein na Passarela RioMar

A marca Calvin Klein é a preferida dos jovens em todo canto. É ousada. É agressiva. E adora viajar pelos países baixos dos modelos. A grife foi a terceira a desfilar na primeira noite do Passarela RioMar na quinta-feira. Na passarela foram mostrados 20 looks, 10 masculino e 10 feminino, todos remetiam ao jeans. A cartela de cores viajava pelas mais quentes, claro que fazendo pit stop na coral, na verde e na branca.

d-rhoni-fekete-eric-mariz-rodrigo-aleixo-renato-melo-victor-gondim

Rhoni Fekete, Eric Mariz, Rodrigo Aleixo, Renato Melo e Victor Gondim (Foto: Fernando Machado)

A CK do RioMar iniciou sua nova campanha de multimídia global.com a explosão dos aplicativos e encontros virtuais, a ideia era mostrar diversas histórias de amor, luxuria e desejo sexual apresentadas em conversas reais compartilhadas entres as pessoas. A marca se baseou em uma pesquisa sociológica inovadora e a transformou em campanha.

d-rodrigo-yuan

O gerente da CK do RioMar Rodrigo Yuan (Foto: Fernando Machado)

As cenas da campanha, e não as do desfile, é bom frisar, apresentam uma narrativa editorial de como esta nova geração aborda exclusivamente a conexão sexual via o mundo digital. O estilista André Marcelle foi quem deu aquele toque de brasilidade à coleção. A Calvin Klein Jeans possui um longo histórico em combinar energia sexual com relevância cultural.

d-andre-albuquerque-jose-alves-felipe-mattos-rafael-miranda-gil-tatzu

André Albuquerque, José Alves, Felipe Mattos, Rafael Miranda e Gil Tatzu (Foto: Fernando Machado)

Quem não lembra da ousadia dos modelos exibindo seu corpo, principalmente acentuando as genitálias dos bofes. A mídia ficou escandalizada e chegou até processar a marca. CK é assim quanto mais ousadia mais sucesso. Na nossa passarela o casting não mostrou o que a CK  mais gosta de fazer, todos estavam muitos bem comportados.

d-andre-albuquerque

Os olhos verdes de André Albuquerque arrasaram na catwalk (Foto: Fernando Machado)

d-rodrigo-aleixo

A cueca de Rodrigo Aleixo foi um sucesso na passarela (Foto: Fernando Machado)

A coleção é composta de várias peças. Nas femininas, o macaquinho, o jeans de cintura alta, além de moletons e t-shirts cropped. No masculino, tínhamos camisetas, regatas e moletons todos com a logo Calvin Fusionado em cores contrastante. Ficou faltando na catwalk o maior símbolo da marca: as cuecas. Quando apareciam tinha gosto de acanhamento,  en passant sobre os jeans.

d-alamo-bandeira

Álamo Bandeira sempre no backstage (Foto: Fernando Machado)

Fiquei roxo de saudades de Mark Walberg, de David Beckham, de Djimon Hounson, de Antonio Sabato, do malavilhoso jogador Oscar. E não poderia esquecer as estrelas femininas que deram uma alavancada por conta de Brookie Shields e de Kate Moss. Senti falta de ousadia, pois não faz mal para ninguém.