Fernando Machado

Blog

Tag jardins

Maria Lecticia & Amigos

c-sergio-maria-lecticia-cavalcanti

Sérgio ao lado da mãe, Maria Lecticia (Foto: Fernando Machado)

Terminada a parte oficial aconteceram os cumprimentos nos jardins da Casa Carneiro Vilela. O local estava mais bonito graças a decoração impecável infiltrada entre cajueiros, mangueiras, cajazeiras. Murilo Santiago e Maria Helena Mendonça estão de parabéns. Os arranjos de antúrios, orquídeas e phaleanopsis eram de a gente babar. Então aquele repousando na mesa do bufê onde além das flores tínhamos pera, cristal e alstroemérias estava deslumbrante.

c-alexandra-ana-maria-monteiro-luciana

Ana Maria Monteiro com as filhas Alexandra e Luciana  (Foto: Fernando Machado)

Enquanto Maria Lecticia e José Paulo Cavalcanti, diante a monumental sede da Academia Pernambucana de Letras, recebiam os cumprimentos dos amigos, à côté acontecia uma retreta, como nos velhos tempos dos anos dourados do Recife. A Orquestra Bravo, regida pelo maestro Dierson Torres, apresentava um repertório maravilhoso. O diretor musical Alexandre Lemos sempre reserva peças de arrepiar para o publico. Um concerto e tanto. Bravo!

c-ana-maria-mendonça

Ana Maria Paes Mendonça (Foto: Fernando Machado)

E então ouvimos Ária na 4ª Corda e a entrada da Rainha de Sabá de Bach, Canon de Pachebel, Outono de Vivaldi, Alla Hornpipe de Handel, a Sinfonia The Clock de Haydn, as aberturas dos concertos Nº 9, 23  e 25 para piano e orquestra de Mozart, as Sinfonias 25 e 40 de Mozart, a Abertura do concerto Nº 1 para piano e orquestra de Beethoven, a Sinfonia Nº 7 de Beethoven, Sinfonia Italiana de Mendelsohn.

c-heliana-coutinho-maria-do-carmo-monteiro

Heliana Coutinho e Maria do Carmo Monteiro (Foto: Fernando Machado)

Querem mais músicas tivemos ainda a Marcha Militar e a Valsa 15 de Chopin, Valsa das Flores de Tchaikovsky, Valsa do Imperador de Strauss, Valsa do Balé de Don Quixote de Minkus, a Valsa de Fausto de Gounod, Rapsody in Blue e I Get Rythm de Gershwin. Os convidados não paravam de elogiar aquele momento mágico de boa música. Maria Lecticia é igualzinha àquela planta Comigo Ninguém Pode, nos arredores da APL chovia torrencialmente e lá nada.

c-geralda-farias-vera-dourado

Geralda Farias e Vera Dourado (Foto: Fernando Machado)

E como a anfitriã é uma expertise em gastronomia, o bufê da Arcádia era de se comer rezando para Nossa Senhora de Fátima e Santa Terezinha. Então vamos para o cardápio: salada de bacalhau com grão de bico temperado com azeite e salsinha, flor de salmão com sua propria mousse, quiche de gorgonzola com peras, quiche Lorraine, carpaccio de Parma com cubos de melão à parte, pernil defumado na peça, terrine de peixe e lagosta ao molho de conhaque, terrine de canard com purê de tâmaras, queijos (Gruyere, Gouda, Emmetal e Parmesão).

murilo-santiago-maria-helena-mendonça

Murilo Santiago e Maria Helena Mendonça (Foto: Fernando Machado)

Ainda tínhamos Brie folhado com geleia de damasco, peru à Califórnia com puré de mação, compotas, fios de ovos, farofa rica e molho de peru. E agora as sobremesas filhoses ao mel, bolo de rolo, fatias douradas, merengue de morango, mousse de amoras, e a cocada preparada pela própria Maria Lecticia. E assim se passou a noite, com os ouvidos escutando boa música, os olhos se enchendo de bom gosto e a boca se fartando de gosto bom.

c-socorro-rodrigues-taciana-mendonça-socorro-albuquerque

Socorro Vilaça Rodrigues, Taciana Vilaça Mendonça e Socorro Albuquerque (Foto: Fernando Machado)

O sim de Maria Eduarda e Sérgio

a-maria-eduarda-sergio-oliveira

Maria Eduarda e o tio Sérgio Oliveira (Foto: Fernando Machado)

Dos mais bonitos o casamento de Maria Eduarda e Sérgio, filhos de Tereza Cristina Cruz de Oliveira, Betania Wanderley Farias e Severino Ferreira da Silva Neto, realizado ontem à noite na Villa Ponte d’Uchoa, nas Graças. Nos jardins foi erguido um toldo onde foi realizado a cerimônia religiosa presidida pelo pastor Rafael, da Igreja Carismática da Santíssima Trindade.

a-sergio-maria-eduarda2

Sérgio Oliveira e Maria Eduarda seguindo para o altar (Foto: Fernando Machado)

Sérgio by Ricardo Almeida, entrou pela nave central, com sua mãe, Betania, ao som de Jesus Alegria dos Homens de Bach. Maria Eduarda, entrou com o tio Sergio Cruz de Oliveira, tendo como fundo musical a Marcha Nupcial de Félix Mendelssohn. Maria Eduarda estava deslumbrante num modelo clássico de renda francesa e com uma imensa calda by Paulo Carvalho. Na cabeça uma tiara e nas mãos um buquê de mini orquídeas (phalaenopsis e denfal) criada por Tereza Rios.

a-sergio-maria-eduarda

Sérgio e Maria Eduarda no altar (Foto: Fernando Machado)

No capítulo ministério musical temos que parabenizar a Orquestra Bravo, regida pelo maestro Dierson Torres e com direção musical Alexandre Lemos. Foram 40 minutos de boa música. Um desavisado pensaria que era o concerto e foi. O blog estende o tapete vermelho para os 16 músicos, incluindo o tenor Jadiel e a soprano Anita Ramalho.

a-maria-da-luz-alexandre-lemos

A avó da noiva, Maria da Luz Oliveira e o diretor musical Alexandre Lemos (Foto: Fernando Machado)

Das 16 obras apresentadas pela Bravo, lembramos Beate Omnos de G. Rossi, Primavera (Quatro Estações) com coral de Vivaldi, Over the Rainbow, O Mágico de Oz, de E. Y. Harburg e La Traviata de Verdi. E não podemos esquecer a última música I Gotta Feelings de David Guetta, aquela que fez o fundo musical da saída dos noivos do local. Agora digo eu: Bravo! De parabéns também o cerimonial de Ana Helena.

a-dierson-torres

O maestro Dierson Torres (Foto: Fernando Machado)

O Galo via o Camarote Globeleza II

gg-danilo-sacramento-fernanda-wagner-gustavo-spilgelberg-joana-werner
Danilo Sacramento com Fernanda Wagner, Gustavo Spilbelberg e Joana Werner (Fotos: Fernando Machado)

Vamos ver se poderei descrever o que cerca de mil e quinhentas pessoas curtiram nos três mil metros quadrados do Globeleza. No térreo foi erguida uma boate, com ar condicionado, onde se apresentaram a Banda Santa Clara e o cantor Zé Marcelo. A jeunesse dorée se jogou na pista de dança e os coroas também. Nem lembraram que lá fora caia um pé d’água arretado. No mesmo espaço um estúdio de beleza de Carla Holanda, um SPA e outro estúdio para fotografias.

gg-luiza-simone-ronnan-drummond
Ronnan e Simone Drummon com a filha-linda Maria Luiza

No primeiro estava o grande salão onde se podia ouvir os DJs Ana Clara Marinho e Sardinha que colocaram nas picapes do frevo às marchinhas cariocas. Até “tomara que chova três dias sem parar” eu ouvi. Para minha alegria também ouvi Vassourinhas. Não é a toa que a Globo é chamada de Venus Platinada. Acho que Celso Coli e Iuri Maia Leite hoje vão dormir o sonho dos vitoriosos.

gg-karla-martins-jose-barbosa-wilma-gomes-rafael-dias
Karla Martins e José Barbosa, Wilma Gomes e Raael Dias

Nos jardins nos arredores de um espelho de água estava localizada a Praça de Alimentação. Podiamos degustar pratos dos restaurantes Boteco, McDonald’s, Pizzaria Atlantico, Anjo Solto, Temaki, Pin-Up Burgueria, DOC Gastropub, Delta Café, Zeca’s Classic, La Cuisine, Bargaço, e Oficina do Sabor, além de Bar de Caipiroska. Tudo regado a uísque Grand Macnish, vodka Skyy, cerveja Skol e Devassa, água, refrigerante, sucos, energéticos Night Power, espumante Blisse da Rio Sol e água de coco.

gg-luana-telles-pedro-giovana-mazzarolo
Luana Telles, Pedro e Giovana Mazzarolo

No curralzinho, no primeiro andar, pintaram por os artistas Susana Pires, Mayana Neiva, Danilo (simpatia) Sacramento, Marcelo Brou, Joana (outra simpaia) Lerner, Thaisa Carvalho e Hermila Guedes, além daqueles famigerados BBBs. E sai da oitava maravilha do mundo cantando Maximiniano Campos e Arthur Lima Cavalcanti: “Esse amor, de Carnaval / Durou uma canção / Foi uma serpentina partida / Que Você jogou no salão.”

gg-vanessa-milane-eduarda-jungmann-maria-paula-moreira
As It’s Girls Vanessa Milane, Eduarda Jungmann e Maria Paula Moreira

Parabéns, APL!

O presidente da Academia Pernambucana de Letras, Waldenio Porto, estará à frente, amanhã, às 20h, da solenidade comemorativa dos 108 anos de sua fundação. Vão receber a Medalha Carneiro Vilela e diplomas de Honra ao Mérito o governador Eduardo Campos, o secretário Danilo Cabral, o presidente da Chesf Dilton da Conti, o deputado Roberto Magalhães, o artista plástico Francisco Brennand, o empresário Marcos Magalhães, o Diretor das Tintas Iquine Gilvan da Silva Oliveira e a jornalista Jô Mazzarolo.

Em seguida, serão entregues os Prêmios Literários do ano 2008: o Amaro Quintas para Geraldo Ferraz de Sá Torres Filho, o Vânia Souto Carvalho para Cici Araújo e Flávio Alencar, o Antônio de Brito Alves para Juarez Cesar Maltar Sobreira, Jorge José de Santana e Rivaldo Paiva, o Elita Ferreira para Antônio Nunes Barbosa Filho, o Dulce Chacon para Geovania Freitas, o Leonor Corrêa de Oliveira para Letícia Garcia, e o Edmir Domingues para Marcos Cordeiro e Lúcio Ferreira. E por fim será inaugurado o novo jardim da entidade, que tem o projeto paisagístico da arquiteta Keila Porto.

  • 1 4 5