Fernando Machado

Blog

Tag independencia

Anotações do Cotidiano

Leandro Rossi é um jogador com carreira consolidada no futebol polonês. O atacante, nascido em Andradina, São Paulo, passou por times de menor expressão no Brasil até chegar ao país europeu há dez anos. Desde então, sua carreira futebolística decolou. Mas não foi nada simples: Leandro começou lá de baixo, na quarta divisão do futebol polonês. E ele venceu. Hoje, o jogador é considerado um dos maiores ídolos da história do Radomiak Radom e ocupa posição respeitável na primeira divisão do futebol do país, brigando por uma vaga na Liga Europa da próxima temporada.

O jogador Leandro Rossi (Foto: Divulgação)

O mais novo lançamento da Editora Ática, o Almanaque do Brasil nos tempos da Independência, escrito pelo doutor em História e Professor da UFRGS Jurandir Malerba, já está disponível para venda. Tendo em vista a comemoração do bicentenário da Independência do Brasil em 2022, o autor sentiu a necessidade de reunir em um só lugar todos os aspectos e personagens que participaram do evento histórico a partir da chegada da família real portuguesa, em 1808, trazendo para a narrativa grupos historicamente marginalizados, além de outras perspectivas sobre a história contada.

Pernambuco banhou-se de Verde e Amarelo

Veja como ficou a Avenida Boa Viagem ontem (Foto: Face)

“Liberdade, liberdade! / Abra as asas sobre nós / E que a voz da igualdade / Seja sempre a nossa voz”. Com esse refrão abro, enredo da Imperatriz Leopoldinense e 1989, abro a postagem da monumental festa da Independência do Brasil de 2021, que respinga no maior presidente que o Brasil já teve: Jair Bolsonaro. O dia de ontem foi sem dúvida o mais importante da história do Brasil, que se vestiu de verde amarelo do norte ao sul.

Layla Wolfenson foi mais além usou frases em várias línguas (Foto: Face)

O povo fez sua parte, agora cabe ao Presidente da Republica fazer a sua. O que nós queremos mudança: no STF e cassação para os políticos corruptos. Não será fácil, pois o mal sempre consegue disputar com o bem, mas como disse o Papa Bento XVI, “O bem vencerá o mundo, mesmo que o mal faça mais barulho”. Agora até os inimigos tem que se curvar pois o Mito é dono de uma considerável rebanho eleitoral.

Virginia Helena Gomes frisou A robô e o transformer (Foto: Face)

Anotações do Cotidiano

Hoje, Dia da Independência do Brasil. É o foco da exposição que está acontecendo no Museu Republicano de Itu, em São Paulo. Maria Aparecida de Menezes Borrego, supervisora do Museu Republicano, explica que, por meio de uma carta régia assinada por D. Pedro I no dia 17 de março de 1823, Itu recebeu o título de Fidelíssima por seu apoio ao governo do príncipe regente nos meses anteriores à separação de Portugal e ao próprio movimento de independência. Os Painéis de Azulejo, assim como as exposições do Museu Republicano de Itu que estão em cartaz, podem ser vistos de forma online, no https://vila360.com.br/tour/mrciusp.html.

Estudo da AirHelp, a maior empresa mundial especializada em direitos de passageiros aéreos, mostra que 334.600 passageiros sofreram com atrasos e cancelamentos no período. O número é três vezes maior que os 108.000 verificado no ano anterior. Em meio ao período de férias, 1 em cada 12 passageiros sofreram com atrasos e cancelamentos de voos. Os cancelamentos afetaram 34.600 passageiros. Os atrasos afetaram 300.000 e os atrasos superiores há 4 horas causaram transtornos a 4.900 consumidores das companhias aéreas com operações no país. De acordo com o estudo da AirHelp, 34.900 os passageiros são elegíveis a pedir indenização as cias áreas pelos imprevistos nos embarques no período analisado.

De Volta para o Passado

Há 200 anos, San Martin proclamava a independência do Peru.

Há 280 anos, nascia na Alemanha, o compositor Antônio Vivaldi, que nasceu no dia 4 de março de 1678.

Há 170 anos, era fundada a Bolsa de Valores de Pernambuco.

Há 100 anos, acontecia no Internacional o concerto com o tenor Corbiniano Villaça. (Foto: Diário da Manhã)

Há 80 anos, nascia em Pernambuco, o advogado Edson Wanderley Neves, que morreu no dia 31 de julho de 2010. (Foto: Acervo de Leonardo Dantas)

Há 65 anos, acontecia no Internacional, o concurso Mais Belo Sorriso. Desfilaram Lieselotte Cornils, Elisa Silveira, Telma Dela Santa, Helcia Loureiro, Rosa Maria Mineiro Dias, Tereza Mineiro Dias, Janice Lins, Carmita Monteiro, Gracinha Cantarelli e Rosita Vilachan. Na coordenação Sonia Vasconcelos e promoção de Edrisio Pinto.

  • 1 2 8