Fernando Machado

Blog

Tag Hino

Viva o Bicentenário da Independência do Brasil!

Um mar de onda grandiosa verde, amarelo, azul e branco nos deixou emocionado. Como brasileiro de fé estava na Avenida Boa Viagem para mostrar quanto confio no Bicentenário da Independência. Era tanta gente, muitas crianças, jovens e idosos carregando a bandeira do Brasil. Ali não tinha milhares de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e sim patriotas. O Mito mexeu com Brasilia, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, não esquecer Nova York, Londres, Lisboa, etc.

A Avenida Boa Viagem estava assim (Foto: Face)

Impossível ficar neutro ao sentir a mudança do nosso Brasil, com o Presidente Jair Bolsonaro. O protesto começou às 14h, com a oração do Padre Nosso e a execução do hino brasileiro. Muita gente com o Terço nas mãos. Senti falta da execução do Hino da Independência, afinal era o dia da Independência. Quando sai de lá às 16 horas, ainda tinha gente chegando. Obrigado Deus pelos 200 anos da nossa independência.

Brigadeiro César: O Mais Novo Cidadão de Pernambuco

Das mais bonitas a solenidade de entrega do titulo de Cidadão de Pernambuco, para o brigadeiro Cesar Faria Guimarães, diretor de Infraestrutura da Aeronáutica, sediada em São Paulo. É bom lembrar que o brigadeiro Cesar foi comandante do II COMAR, localizado no Recife. A Reunião Solene foi presidida pelo deputado José Eriberto Medeiros de Oliveira, co-autor do projeto ao lado do deputado Aglaison Junior. Primeiro tivemos a execução do Hino Nacional Brasileiro, pela Banda de Música da Base Aérea do Recife, sob a regência do maestro Josué Francisco das Neves.

Brigadeiro César Faria Guimarães e o deputado Eriberto Medeiros (Foto: Cabo Alexandrino)

Na Mesa principal sentaram o Brigadeiro Cesar Faria Guimarães, Deputado Estadual José Eriberto Medeiros de Oliveira, o Comandante do II COMAR, Brigadeiro João Campos Ferreira Filho, do General Alessandro da Silva (que na próxima quarta-feira assume a chefia do Estado Maior do CMNE), o Secretário estadual de Justiça Cloves Benevides, e o Consultor Jurídico da União em Pernambuco, Luciano Cavalcanti Batista.

Sheila Wanderley, João Alberto, César Faria Guimarães e Taciana Moury (Foto: Divulgação)

O Deputado Eriberto Medeiros falou sobre a relação do Brigadeiro Cesar com Pernambuco, onde atuou por 17 anos. Depois foi a vez do mais novo Cidadão de Pernambuco, brigadeiro Cesar fazer seu speech. Lembrou que já recebeu a Medalha Joaquim Nabuco. “Hoje, me sinto ainda mais especial por ter o privilégio de ser reconhecido um pernambucano – de fato e de direito”, afirmou, em seu discurso.

Consultor Jurídico Luciano Batista, Brigadeiro João Campos Ferreira Filho, Deputado Eriberto Medeiros, Brigadeiro César Faria Guimarães e o General Alessandro Silva (Foto: Alepe)

A Banda de Música da Base Aérea de Recife deu um toque todo especial ao discurso do brigadeiro. Fazendo fundo musical quando entoou Voltei Recife, de Luiz Bandeira, o Frevo Nº 3, de Antônio Maria, o Hino do Galo, de Alceu Valença, o Taciana no Frevo, em homenagem a esposa do brigadeiro Cesar que é pernambucana, e o dobrado Major-Brigadeiro Cesar Faria Guimarães. Encerrando a cerimônia a Banda de Musica executou o Hino de Pernambuco.

Parabéns, Estados Unidos da América!

Frederico Mattos e Jessica Simon, Micheile Esperdy com Humberto Freire bindando o Independence Day (Foto: Thais Lima)

O 246º aniversário do Dia da Independência dos Estados Unidos da América, oficialmente celebrado no dia 4 de Julho, foi comemorado ontem pelo Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife com uma recepção na Usina Dois Irmãos. Cerca de 250 convidados foram recepcionados pela anfitriã, a cônsul geral dos EUA Jessica Simon, e pela vice-chefe da Missão dos EUA, Michelle Esperdy, que veio de Brasília para participar do evento.

As anfitriãs Micheile Esperdy e Jessica Simon (Foto: Thais Lima)

A cerimônia contou com discursos da cônsul geral Jessica Simon; da vice-chefe da Missão dos EUA, Michelle Esperdy; e do secretário de Defesa Social de Pernambuco Humberto Freire. Os convidados acompanharam os hinos do Brasil e dos EUA, que foram apresentados por integrantes da comunidade consular: a funcionária brasileira Marcela Bruce cantou o brasileiro, e Alexandra Bakopoulos, filha de diplomata norte-americana, cantou o dos EUA. Ambas foram acompanhadas pelo pianista Eugênio Gomes.

A mesa com o bolo e os cookies (Foto: Thais Lima)

Ao fim da cerimônia, no palco: Jessica Simon e seu esposo, Frederico Mattos; Michelle Esperdy; e Humberto Freire brindaram em comemoração ao 4 de Julho. O bufê foi assinado pelo chef Douglas Vanderley, que adicionou ao menu mini hambúrgueres e hot dogs, sempre presentes nas celebrações nos EUA. O bolo foi da confeiteira Jéssica Pires e a decoração, de Paulinho Melo.

A mesa de hot dogs (Foto: Thais Lima)

Abertura da Surdolimpíada

A abertura da Surdolimpíada em São José dos Campos promoveu uma inversão simbólica e conceitual da hierarquia linguística. Os cerca de 740 atletas presentes no ginásio Teatrão, na Vila Industrial da cidade paulista, vivenciaram um momento de protagonismo da língua de sinais em suas versões brasileira e internacional. Em vez da fórmula habitualmente imposta aos surdos, em que ouvintes falam em português e uma intérprete traduz na sequência para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), o evento foi conduzido em Libras e na língua de sinais internacional e, depois, adaptado ao português. A perspectiva trouxe para o primeiro plano os surdo atletas de 18 Unidades Federativas.

A primeira dama do Brasil, Michelle Bolsonaro é a madrinha do para desporto para surdos (Foto: PR)

Outros dois momentos deram evidência à língua de sinais: o Hino Nacional foi interpretado em Libras no palco, acompanhado nos gestos por dezenas de atletas na arquibancada. Houve ainda a apresentação de um grupo de 27 alunos, entre surdos e ouvintes, da Escola Municipal Maria Aparecida dos Santos Ronconi. A performance retratou a trajetória de luta e reconhecimento da língua de sinais. A escola é referência na área em São José dos Campos. As competições em 15 modalidades mobilizam 11 instalações esportivas do município paulista de sábado até hoje. O evento tem suporte de R$ 1,2 milhão do Governo Federal, com R$ 800 mil do orçamento da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania e o restante em emendas parlamentares.