Fernando Machado

Blog

Tag gravou

Elizete Cardoso: A Divina

Mesmo já tendo passado 25 anos, de sua morte, hoje, a coluna ainda chora, porque ela foi sem dúvida alguma, uma das maiores cantoras da música popular brasileira. Estamos nos referindo a Elizeth Cardoso. Com seu falecimento encerrou-se uma das mais ricas páginas da história da nossa música. Esse mito ajudou muitos brasileiros admirar sua voz e seu talento.

elizeth

Quanta saudade de ti, Elizeth (Foto: Divulgação)

Elizeth Cardoso nasceu no Rio de Janeiro no dia 16 de julho de 1920. Era de uma familia muito humilde, mas muito rica nos sonhos, pois queria ser cantora. E foi e que cantora. Sua vida começou a mudar aos 16 anos, quando ela teve sua primeira festa de aniversário. Nela conheceu Pixinguinha, Dilermando Reis e Jacob do Bandolim. Jacob, ficou impressionado com a voz da adolescente e decidu ajuda-la. Viveu com o jogador Leônidas da Silva, com Ari Valdez e Cyro Monteiro.

elizeth-cardoso1

Um bis para você, Elizeth (Fotos: Divulgação)

A divina adotou uma filha deu a luz de um menino, no relacionamento com Ari Valdez. Por conta de brigas com Cyro Monteiro a notável se atritou com outra notável Elis Regina. Elizeth Cardoso lançou mais de 40 LPs no Brasil e gravou vários outros em Portugal, Venezuela, Uruguai, Argentina e México. Eu adora ouvi-la interpretanto Eu Bebo Sim, Baracão, Até Amanhã, Naquela Mesa, Chão de Estrela e Seresta do Adeus.

elizeth-salafunarte-radames-gnattali-elizeth-cardoso-2

Dois monstros sagrados: Radamés Gnattali e Elizeth Cardoso (Foto: Divulgação)

E encerro esta pequena homenagem à Elizeth Cardoso com os olhos marejados via essa musica que embalou muitos corações pelo Brasil afora: Quem parte / Leva saudades / De alguém / Que fica chorando de dor / Por isso eu não quero lembrar / Quando partiu / Meu grande amor / ai ai ai ai / Está chegando a hora / O dia já vem raiando meu bem / E eu tenho que ir embora”.

Memórias por Frei França

Com o selo do recifense Stúdio Zel Master e a competência do maestro e arranjador musical Manah Oliveira, Frei Luiz de França Fernandes, gravou o CD Memórias. Este trabalho é um precioso registro histórico de algumas  canções e hinos que ele confessa ser verdadeiras pérolas da Basílica da Penha

Nas faixas 10, 11, 12 e 13 as jaculatórias, hinos e ladainha de Nossa Senhora da Penha. São verdadeiras peças musicais centenárias que agora estão salvaguardadas para a posteridade mediante esta gravação. O CD está à venda exclusivamente na Basílica da Penha e na Igreja de Santa Rita de Cássia no Recife.

Notícias da Paraíba

Repleta de riquezas naturais, detentora de um rico acervo histórico e de uma população acolhedora, a Paraíba se apresenta como um ótimo destino para quem deseja fugir do agito do Carnaval. Do Litoral ao Sertão, existem opções que se encaixam ao perfil do turista. Principal porta de entrada de visitantes no Estado, João Pessoa, oferece uma excelente infraestrutura hoteleira, variada gastronomia e praias urbanas tranqüilas.

pb-tony
Tony Dumond grava o sétimo cd (Foto: Cortesia)

O cantor e produtor Tony Dumond gravou o seu sétimo CD. O texto de apresentação foi assinado pelo professor Flávio Romero, produção musical de Moisés Freire, fotos de César de Cesário, direção de voz de Tina Dias. O site do cantor já está no ar.

Flashes

O Blog está preparando a lista dos religiosos católicos que são verdadeiros colirios entre as fiéis.

Misa Lilioso Lucena estará seguindo no dia 6 de julho de férias pelo Canadá.

O cantor José Fernandes gravou para o seu novo CD, a música Tem Dias Assim, cuja letra é do Frei Domingos Sávio.

Foi Frei Francisco Barreto quem presidiu a missa de ação de graças pelos 90 anos, da matriarca Maria de Lourdes de Souza, ontem, em Pesqueira.

Virginia Campos e Israel Ferreira estão retornando hoje de uma temporada de férias pela Argentina.

Kennedy Barreto está ensinando Processo e Direito Penal no Jus Decisvm, da Faculdade Boa viagem. O curso é preparatório exclusivamente para concursos de nível superior.