Fernando Machado

Blog

Tag governo

Réquiem para Danuza Leão

Danuza Leão ficou famosa pelo bordão Ficamos combinadíssimo assim. Danuza Leão nasceu 26 de julho de 1934, no Espírito Santo e morreu no dia 22 de junho de 2022. Começou a escrever como cronista social do Jornal do Brasil em 20 de junho de 1993 e renunciou a função no dia 9 de outubro de 2001. Foi sem dúvida a melhor cronista social que o Brasil já teve. Para o cerimonialista Carlos Henrique Barbosa, Danuza, um acontecimento, sempre!

Danuza ainda jovem (Foto: Revista Claudia)

Hoje faço uma pequena homenagem para esse mito, que no dia 8 de agosto de 2000, recebeu a Chevallier dês Arts et dês Lettres, do governo francês, entregue pelo Embaixador Alain Rouquié. A relação de Danuza Leão com a França começou aos 16 anos quando a capixaba desembarcou pela primeira vez em Paris para uma festa no imponente Castelo de Cordeville. A condecoração foi entregue no apartamento de Paulo Coelho, em Copacabana.

Danuza em agosto de 2000 (Foto: JB/André Lobo)

Pincei algumas notas da sua famosa coluna do Jornal do Brasil. No dia 1º de julho de 2001 ela escreveu “Flora Gil e Guilherme Araujo almoçaram sexta-feira no Guimas e selaram a paz. Na próxima semana Guilherme recebe o cheque relativo aos direitos das obras de Gil não pagos no período do litigio, entre elas Aquele abraço, uma das que mais renderam na carreira do baiano. E ficou combinado: brigas nunca mais”.

A última coluna do Jornal do Brasil dia 8 de agosto de 2000

Essa outra noticia foi da coluna de 25 de julho de 2000: “Volta-se a falar em Brasília sobre o assédio sexual de um conhecido figurão a seu próprio dentista. Na época, todo mundo soube e todo mundo falou; agora quem não soube está sabendo, e todo mundo continua falando”. Essa foi da sua coluna de 9 de agosto de 2000: “Chicletes – Quem não se larga: José Serra e Marco Maciel. Não se sabe o que os dois tanto conversam, mas gru-de igual nunca se viu”.

Nos Bastidores da Política

O Governo Federal leia-se o presidente Jair Bolsonaro entregou as chaves da casa própria para mais de 1000 famílias de baixa renda de Alagoas  e do Rio de Janeiro. Na sexta-feira, foram entregues 559 casas na cidade de Quebrangulo (AL). Já nesta segunda-feira, foram entregues 500 apartamentos localizados em São Gonçalo (RJ). Isso significa que mais de quatro mil pessoas têm agora um teto digno, com toda infraestrutura básica e parcelas adequadas a sua capacidade de pagamento.

Os públicos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e Sarampo podem procurar os postos de vacinação de todo Brasil até o dia 24 de junho. A prorrogação da campanha, divulgada quinta-feira pelo Ministério da Saúde, tem o objetivo de aumentar as coberturas vacinais para as duas doenças. A partir do dia 25 de junho, estados e municípios poderão ampliar a campanha contra a gripe para toda a população a partir de 6 meses, enquanto durarem os estoques da vacina Influenza. O Ministério da Saúde já distribuiu quase 80 milhões de doses para todo país.

Nos bastidores da Política

O Governo Federal via o Ministério de Desenvolvimento Social, vai repassar mais R$ 20,7 milhões para a continuidade das obras da Adutora do Agreste Pernambucano. A estrutura é complementar ao Eixo Leste da transposição do Rio São Francisco e vai garantir água de qualidade para 1,3 milhão de pessoas.  A Adutora do Agreste Pernambucano vai beneficiar, nesta primeira etapa, Águas Belas, Arcoverde, Alagoinha, Belo Jardim, Bezerros, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Cachoeirinha, Caruaru, Gravatá, Iati, Itatiba, Lajedo, Pedra, Pesqueira, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una, São Caetano, Tacaimbó, Toritama, Tupanatinga e Venturosa. A primeira etapa, que conta com 74,3% de execução, terá 695 quilômetros de extensão.

Ministro Daniel Ferreira (Foto: Adalberto Marques)

O Ministério da Saúde apresentou, quinta-feira, o novo modelo de auditoria para o programa Farmácia Popular do Brasil. A nova portaria regulamenta o procedimento sobre fatos relacionados a indícios de irregularidades no âmbito do programa, sob coordenação do Departamento Nacional de Auditoria do SUS. O novo modelo cria o Procedimento de Análise Informatizada, que consiste na aplicação de um processo informatizado de análise de riscos para a auditorias realizadas no programa. Ao dar detalhes sobre a portaria, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse “É um dever de todos nós trabalharmos juntos para evitar a corrupção. Temos que utilizar o poder do Estado para identificar aqueles que se colocam na frente da concretude das políticas públicas. Assino feliz essa portaria”.

Nos Bastidores da Política

O Governo Federal zerou o imposto de importação de diversos produtos da cesta básica, como  carnes, milho e trigo. A medida visa  diminuir os valores repassados à população e frear as consequências da crise mundial causada pela pandemia da Covid-19. Além deles, também tiveram redução de alíquotas, alguns itens como o vergalhão de aço, o ácido sulfúrico – produto utilizado na produção de fertilizantes – e um tipo de fungicida. A decisão foi tomada pelo Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, que incluiu esses produtos a Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum do Mercosul.

As tarifas valem até 31 de dezembro de 2022. Os produtos com tarifa 0% são: carne de boi desossadas; carne de frango, pedaços e miudezas, congelados; trigo e farinha de trigo; milho em grão – que já estava na Letec, mas foi ampliado o prazo de inclusão; bolachas e biscoitos; e outros produtos de padaria, pastelaria e indústria de biscoitos. O Gecex também decidiu zerar a alíquota do ácido sulfúrico, o principal reagente para a manufatura do dióxido de titânio e é utilizado em diversos processos industriais.