Fernando Machado

Blog

Tag futebol

De Volta para o Passado

Há 115 anos, chegava o Recife, a bordo do vapor Alagoas, a Companhia Ângela Pinto. E estreava no Teatro de Santa Isabel com a peça Severa de Julio Dantas. Ela ficou hospedada na Pensão Francesas, em Estância.

Há 115 anos, chegava ao Recife, o Ministro das Relações Exteriores dos Estados Unidos, Elihu Root. O governador Sigismundo Gonçalves, ofereceu um almoço no Palácio do Campo das Princesas para ele, que adorou o doce de caju.

Há 100 anos, chegava ao Recife o novo cônsul britânico, Albert Edward Browne, que substituiu E. Dickie transferido para Madri.

Há 95 anos, nascia em São Paulo, o artista plástico José Lanzellotti, que morreu no dia 12 de junho de 1992.

Há 80 anos, no Teatro de Santa Isabel, acontecia concerto da cantora Marion Matthaeus. Foi acompanhada pelo marido, maestro Werner Singer, regente da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, ao piano.

Há 50 anos, o Santa Cruz ao vencer o Sport, na Ilha do Retiro, por 1×0, gol de Cuíca, tornava-se tricampeão de futebol de Pernambuco. O SC jogou com Detinho, Gena, Rivaldo, Antonino, Cabral, Valter, Luciano, Cuíca, Fernando Santana, Givanildo, e Ramon. Técnico Duque. O Sport jogou com Perez, Baixa, Bibiu, Gilson, Altair, Nenê, Milton, Copeu, César, Duda e Gijo.

Pausa Poética

”El Tigre nasceu para jogar futebol e não para viver dele”. Arthur Friedenreich (1892/1969)

 

Esquinas do Mundo

Você já conheceu Cap D’ Adge? É uma cidade francesa onde é proibido o uso de roupas. Todo o verão, a cidade recebe mais de 50 mil turistas de todos os cantos do mundo, sendo os mais comuns os franceses, belgas, alemães, italianos, estadunidenses, holandeses e canadenses. Pensou-se que os brasileiros também estavam em maioria na estatística, pelo menos ainda não. Mas o casal brasileiro Arthur O Urso e Luana Kazaki, escolheu Cap D’Agde como um destino perfeito para a sua Lua de Mel. Arthur e Luana estão produzindo um documentário inédito sobre as cidades mais liberais do mundo.

Luana e Arthur fazendo compras (Foto: Divulgação)

Os jogadores ingleses e Carol Tozaki (Fotos: Divulgação)

A modelo e influencer, Carol Tozaki, compartilhou com seus seguidores que está chocada ao ver como os jogadores de futebol negros do time Inglês que jogaram a final da Eurocopa estão sendo atacados após a derrota na final. “É golpe baixo”, afirma a modelo que está atualmente morando e trabalhando em Londres. “Eu entendo ficar decepcionado por seu time ter perdido, mas nenhum racista estava deixando as asinhas de fora enquanto o time estava ganhando”, completa.

Pausa Poética

“Obrigado Deus… obrigado por me fazer sentir essa sensação, obrigado por me fazer realizar esse sonho de vestir essa camisa, obrigado por tudo! Eu te amo Deus, eu te amo Brasil”. Neymar Jr.