Fernando Machado

Blog

Tag fundo

Nos Bastidores da Política

As linhas de financiamentos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) nesta temporada, já contam com 29 instituições financeiras, entre bancos e cooperativas de crédito, somando R$ 4,991 bilhões, cerca de 82% do valor global. As linhas de crédito disponíveis são destinadas para os financiamentos da produção e ainda para recuperação de cafezais danificados.

No total, os cafeicultores brasileiros poderão acessar os R$ 6,058 bilhões do Fundo nesta safra 2022/2023. As linhas de crédito disponíveis são destinadas para os financiamentos dos tratos culturais da lavoura, armazenagem, comercialização e aquisição do produto, capital de giro para indústrias e cooperativas de produção, e ainda para recuperação de cafezais danificados por chuvas de granizo, geadas, vendavais ou outros fenômenos climáticos.

Anotações do Cotidiano

No período de 22 a 28 de Maio, o (www.fernandomachado.blog.br) recebeu 2.150 usuários. O número dos novos usuários foi de 1.858. Foram visualizadas 4.156 paginas. Os homens chegaram ao número de 372 acessos, já as mulheres pontuaram 422. E o ranking ficou assim Recife, São Paulo, London, Rio de Janeiro, Brasilia, Salvador, Jaboatão dos Guararapes, Ashburn, Olinda, Belo Horizonte, Paulista, Maceió, Curitiba, João Pessoa, Forest City, Fortaleza, Natal, São Lourenço da Mata e Porto Alegre.

A atriz e apresentadora Floriza Rossi (Foto: Face)

No ano em que CESAR, centro de inovação que forma pessoas e impulsiona organizações, completa 26 anos de atividades, a organização anuncia o lançamento de um fundo educacional para incentivar cada vez mais que brasileiros em situação de vulnerabilidade possam estudar na CESAR School. O Chefe Executivo Eduardo Peixoto pedindo doações para ampliar a oferta de bolsas de estudo. Qualquer pessoa pode doar para o Fundo Educacional da CESAR School, bastando acessar o endereço.

Nos Bastidores da Política

Do alto da rampa do Palácio do Planalto, o Presidente Jair Bolsonaro acompanhou, ontem, a cerimônia de substituição da Guarda Presidencial. O evento é realizado a cada seis meses pelo Batalhão da Guarda Presidencial e pelos Dragões da Independência, que se alternam na função de fazer a segurança dos palácios e das residências oficiais. Pelos próximos meses, os Dragões da Independência passam a cumprir as funções que estavam com o Batalhão da Guarda Presidencial. A cerimônia, em sua maior parte, foi executada sem comando de voz demonstrando o elevado nível de preparo e a marcialidade que caracterizam essas unidades de elite do Exército Brasileiro. Unidade militar criada, em 1808, por D. João VI, os Dragões da Independência envergam o uniforme da Imperial Guarda de Honra de Dom Pedro I.

Bolsonaro ao lado das autoridades na cerimonia da substituição da Guarda Presidencial (Foto: Estevam Costa)

O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste vai financiar até R$ 26,6 bilhões para empreendedores urbanos e produtores rurais da região em 2022. O montante foi aprovado segunda-feira pelo Conselho Deliberativo da Sudene. O encontro, realizado de forma remota, presidido pelo secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira. O superintendente da Sudene, general Carlos César Araújo Lima, coordenou o encontro. Embora as operações de crédito sejam voltadas, prioritariamente, a atividades de pequeno e médio porte, também são asseguradas condições atrativas de financiamento a grandes investidores.

Notícias do Ceará

No Ceará, o Governo Federal, via o Ministério do Desenvolvimento Regional, anunciou o lançamento de edital para construção do Ramal Salgado, que vai beneficiar 4,7 milhões de pessoas em 54 cidades do estado. O investimento federal na obra será de R$ 600 milhões. Também foi assinada ordem de serviço para início da recuperação e adequação da Barragem Banabuiú, localizada na cidade de mesmo nome. As obras serão executadas pelo DNOCS, instituição vinculada ao Ministério, e receberão R$ 15,4 milhões em investimentos, levando água para consumo humano e aproveitamento em atividades agrícolas. Ao todo, cerca de 20 mil pessoas serão beneficiadas.

Em Fortaleza, o ministro Rogério Marinho também anunciou a criação do Fundo de Desenvolvimento Regional Sustentável, que será usado para alavancar investimentos em infraestrutura no País, com prioridade para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Os recursos serão usados na estruturação e desenvolvimento de projetos de concessões e parcerias público-privadas (PPPs) da União, dos estados e dos municípios em áreas consideradas prioritárias, como saneamento básico, mobilidade urbana, iluminação pública e gestão de resíduos sólidos. Inicialmente, R$ 750 milhões estarão disponíveis.