Fernando Machado

Blog

Tag francês

Perfil do Consumidor: Eric Lahille

O focalizado deste domingo é o francês Eric Lahille, diretor geral da Aliança Francesa do Recife. Natural de Senlis, no norte de Paris, Eric é graduado em Musicologia pela Universidade Paris IV – Sorbonne; tem mestrado em Linguística pela Universidade Paris V – Sorbonne; e formação como gestor cultural de empresas pela Câmara de Comércio de Paris. Sua trajetória profissional inclui a direção das Alianças Francesas de Cuba, Colômbia e México – onde conheceu e se casou com Ana Glória Gonzalez.

eric-lahille-rafael-medeiros
O diretor geral da Aliança Francesa Eric Lahille (Foto: Rafael Medeiros)

A escolha pelo Brasil foi inspirada pela possibilidade de representar a rede das Alianças Francesas mais importantes do mundo. Já a decisão de assumir a Aliança Francesa do Recife – cidade que considera apaixonante por sua riqueza cultural – veio pela necessidade de consolidar o excelente desenvolvimento desta instituição no Nordeste do Brasil. A paixão pela música brasileira também foi um fator fundamental para impulsionar sua vinda ao Brasil. Na França, o porto seguro de Eric é a cidade de Ciotat – onde mantém residência –, área metropolitana de Marseille.

Um nome que a história guardou – Mohandas Karamchand Ghandi

Um nome que a história vai guardar – Neil Armstrong

Qual a maior invenção do homem – A roda

Qual a pior invenção do homem – O tráfego

Um livro de cabeceira – De l’amour et de la solitude, de Jiddu Krishnamurti

Um escritor – Romain Gary

Um poeta – Vinícius de Moraes

Quem gostaria que escrevesse sua biografia – Eu

Um restaurante preferido – Bistrot La Comédie

O que não pode faltar na sua geladeira – Luz

Comida que adora – Pato com Laranja

Comida que detesta – Fast food

Um filme inesquecível – Imensidão Azul, de Luc Besson

Um ator – Jean-Pierre Marielle

Uma atriz – Arletty

Um compositor – João Bosco

Uma música inesquecível – Corcovado

Um cantor – Henry Salvador

Uma cantora – Edith Piaf

Um destino do Recife que recomendaria ao turista – Mercado de São José

A palavra mais bonita na língua francesa – Amour

E a mais feia – Anticonstitutionnellement

Com quem gostaria de se esbarrar na Aliança Francesa – Bernard Lavilliers

Uma cidade que gostaria de voltar – Bahia Solano (Colômbia)

Flashes

O Max Vauhier, neto do engenheiro francês Louis Vauthier (1815-1877) deverá vir ao Recife no mês de outubro. Para quem não sabe foi Louis Vauthier quem construiu o Teatro de Santa Isabel, a Ponte Princesa Isabel e parece o Mercado de São José.

A missa das 19h30 da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, hoje, terá a participação do Coral do Carmo.

chimbinha-joelma
Chimbinha e Joelma aplaudem uma paciente cantando suas músicas (Foto: Cortesia)

O casal Calypso (Joelma e Chimbinha) esteve quinta-feira a AACD. A visita fez parte da campanha do Hipercard para arrecadação de verba para a Instituição. Os dois assistiram à vídeos institucionais e à apresentação da banda Voz e Percussão, composta por pacientes em tratamento.

O escritor Humberto França profere palestra, amanhã, às 16h, na Academia Pernambucana de Letras, sobre “Joaquim Nabuco, de Massangana a Washington”.

O jornalista Wilson Soares, que foi editor de Economia do Diário de Pernambuco, deve lançar muito em breve um livro sobre sua vivência no setor.

Palestra & Reunião

O escritor e psicanalista francês Nazir Hamad fará uma palestra, dia 14 de agosto, às 19h, no auditório da Fafire, sobre seu livro “A Criança Adotiva e Suas Famílias”. Já no dia 14 de agosto, a partir das 9h, também na Fafire, haverá um curso sobre a “Clínica Psicanalítica e a Saúde Pública” com Nazir e sua esposa Anne Hamad. A promoção é do curso de pós-graduação em Clínica Psicanalítica, sob a coordenação da professora Luiza Bradley.

nazir-hamad
O escritor e psicanalista francês Nazir Hamad (Divulgação)

No próximo dia 5 de agosto, às 20h, na Associação de Medicina de Pernambuco, no Derby, cuja presidente é Carolina Henriques, acontecerá o retorno das Reuniões Científicas para o segundo semestre, e tem como tema “A família, seus dilemas atuais e a produção de doenças”. Participaram do evento a professora Maria Consuêlo Passos e doutora Lúcia Menezes. A entrada é R$ 10,00 e R$ 5,00 (sócios e estudantes).

  • 1 5 6