Fernando Machado

Blog

Tag fotografia

Exposição de Cafi

O Instituto Cultural do Banco Real, no Bairro do Recife, apresenta até o dia 24 de maio uma das mais belas exposições de fotografias sobre as nações dos maracatus de Pernambuco, de autoria do artista plástico recifense Cafi (Carlos Assunção Filho), sob a coordenação geral de Maria Clara Rodrigues.

z-cafi-silvio-rolim-magnolia-cavalcanti
Cafi, Sílvio Rolim e Magnólia Cavalcanti (Fotos: Zilton Antunes)

As fotos de Cafi conseguem captar toda a exuberância plástica, rítmica e cênica dos maracatus de baque solto da zona da mata de Pernambuco, revelando, além da riqueza e nobreza das indumentárias, a forte identificação dos participantes com os personagens que compõem a nação dos maracatus, como os caboclos de lança, as baianas, as calungas, o arreia-mar, o rei e a rainha, entre outros.

O espaço expositivo recebeu uma concepção especial da designer Carla Juaçaba e de Gil Silva, ao criarem um céu de pés de cana, para melhor contextualizar as imagens dessa importante manifestação cultural pernambucana. As pessoas que tiverem interesse em agendar visitas podem ligar 3224.1110. Quem nos informa é Zilton Antunes.

z-roberto-ploeg-os-filhos-susana-e-jonas-e-a-nora-camila
Roberto Ploeg ao lado dos filhos Susana e Jonas e da nora Camila

Impressões Visuais

f-caroline-chung-christopher-del-corso
Um casal elegante: Caroline Chung e Christopher Del Corso (Fotos: Fernando Machado)

A exposição sobre os 50 anos da Comissão Fulbright no Brasil, no Centro Cultural do Banco Real, foi encerrada, quinta-feira, em grande estilo. O cônsul dos Estados Unidos, Christopher Del Corso, à côté a consulesa Caroline Chung, e a diretora cultural Kathy Bentley promoveram um coquetel dos mais alinhados, by La Cuisine, para um pequeno grupo de convidados.

f-luiz-antonio-bezerra-kathy-bentley-christian-pedrosa
Luiz Antônio Bezerra, Kathy Bentley e Christian Pedrosa

O cônsul Christopher falou sobre o objetivo da mostra Impressões Visuais com fotos que marcaram a caminhada da Fulbright em nosso país. O catálogo muito bonito é assinado pelo embaixador dos Estados Unidos, Clifford Sobel e pelo curador João Kulcsár.

f-eliane-luna-renata-brennand-vera-brandao
Eliane Luna, Renata Brennand e Vera Brandão

Pelas paredes do centro estavam fotos de Marilyn Monroe, o beijo de despedida do marinheiro em uma enfermeira na Times Square, em Nova Iorque, a coroação Vera Fischer como Miss Brasil de 1969, o momento que Lyndon Johnson assumia, no avião, a presidência dos EUA ao lado da viúva Jacqueline Kennedy, o comício da Central do Brasil de Jango Goulart tendo ao lado Maria Teresa, para citar apenas estas imagens.

f-lucia-pontes-americo-pereira
Lúcia Pontes e Américo Pereira

Depois Kathy Bentley falou do próximo projeto do Departamento de Estado norte-americano, ou seja, a exposição fotográfica “Legado Sagrado: Edward S. Curtis e o índio norte-americano”. A mostra deverá chegar à nossa cidade em novembro.

f-toshio-watanabe-kathy-bentley-enza-bosetti
Toshio Watanabe, Kathy Bentley e Enza Bosetti

No mundo da moda

A festa de inauguração da loja do estilista Manoel Ozi, na Carneiro Vilela, foi arrasador. Ele era só alegria. As roupas bonitas, tanto as masculinas como as femininas. Presentes o abecedário do mundo fashion. O que tinha de gato e gata bonitos não estava no gibi. Não tivemos desfiles, apenas enormes fotos dos modelos Ohana, Mariana Wanderley, Gabriela Martins, Marcelo, Abner e Pedro Henrique, by João Arraes, nas vitrines.

m-chico-domingues-manoel-ozi-joaoarraes-tiago-moreira
Chico Domingues, Manoel Ozi, João Arraes e Tiago Moreira (Foto: Rafaela Moreira)

Os modelos fugiam do bufê, como o diabo foge da cruz. Afinal de contas reza que eles tem que ser à Olivia Palito. O cardápio assinado pela Baby Crêpes, leia-se Fábio Mota, teve como pièce de ressistence creppes. O barman Marcelo Torchia Correa preparava drinques deslumbrantes. O DJ e stylist Ander fez a trilha sonora.

m-elba-luciano-mello-mota-alexandre-ramos
Elba e Luciano Mello Motta com Alexandre Ramos (Foto: Fernando Machado)

Pela loja foi assinada pela arquiteta Viviane Mazin passou mundaréu de gente. Até eu sair de lá o fotógrafo João Arraes e o stylist da grife Tiago Moreira não tinham chegado, mas eram esperados, afinal de contas a noite pertencia a eles também.

m-elizabeth-pontes-arthur-sales
Elizabeth Pontes e Arthur Sales

Entre tantos nomes destacamos o engenheiro e senhora Luciano Mello Mota, a psicóloga Auxiliadora Celso, Miguel Braga, Marcos Salles, Gardênia Cavalcanti, Aline Leite, Manoel Borba, Elizabeth Pontes e muitos modelos.

50 anos de Fulbright no Brasil

A Embaixada dos Estados Unidos da América está comemorando os 50 anos da Comissão Fulbright no Brasil, com a exposição fotográfica Impressões Visuais, que retrata fatos e pessoas que marcaram o cotidiano dos Estados Unidos e do Brasil, nas últimas décadas, a qual já percorreu várias capitais brasileiras.

O curador João Kulcsár e o adido David Hodge (Fotos: Zilton Antunes)

Ao todo são 126 imagens, organizadas pelo curador João Kulcsár, em exposição na Galeria Marcantonio Vilaça, no Bairro do Recife. A mostra começou terça-feira, revelando com força e intensidade algumas diferenças e semelhanças entre as duas nações e ficará aberta ao público até o próximo dia 23. A montagem da mostra coube a Gil Silva, abrange seis segmentos: herança, política, cultura, cidadania, esportes e meio-ambiente.

Paulo Brito, Kátia Mesel, Nelson Cunha e Edson Menezes

Entre os presentes ao vernissage, registramos o adido cultural da Embaixada dos EUA, David Hodge, o curador João Kulcsár, Welington Nunes, Ana Maria e José Marcus Menezes, Beth Araruna e Lailson Cavalcanti, Magnólia Cavalcanti, Kátia Mesel, Ana Longman, Eva Caroline Mascarenhas, Vera Brandão, Tânia Cruz, Suelly Santos, Sofia Lins, Jean Victor Martin, Carlos Trevi, Edson Menezes, Paulo Brito, Elísio Moura, Murilo Santiago, Nelson Cunha, Zilton Antunes, Fernando Reis, Sérgio Vasconcelos e Thomas Baccaro.