Fernando Machado

Blog

Tag fome

Anotações do Cotidiano

Na próxima sexta-feira, mais de 2 mil famílias que vivem em estado de miserabilidade em Sertânia, serão atendidas pelo projeto Sertânia sem Fome. Vão receber donativos arrecadados pela Faculdade de Olinda (Focca) e Unisãomiguel. Na ocasião, serão entregues alimentos não perecíveis e itens de higiene pessoal e limpeza que foram arrecadados pelas instituições durante as atividades curriculares do semestre vigente. Além da distribuição dos produtos, as famílias participam do lanche natalino que será servido na área externa do Lar Vovó Cavendish, seguindo todas as recomendações de segurança à saúde. Nos infroma o analista de Marketing da Focca, Fernando Gomes.

O poeta, escritor, dramaturgo, curador, artista plástico, professor universitário, pan-africanista e parlamentar, Abdias Nascimento (1914-2011), teve uma longa trajetória trilhada na luta contra o racismo. Em 2021, ano que marca os dez anos da sua perda o Inhotim e o Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros, fundada por ele e que zela pelo seu legado, o homenageiam com uma ação de longa duração, entre domingo até dezembro de 2023. De forma inédita, o Inhotim sedia outro museu dentro de seu espaço e, em parceria com Instituto, traz ao público o Museu de Arte Negra, projeto idealizado pelo Teatro Experimental do Negro sob a liderança de Abdias Nascimento no início dos anos 1950.

Anotações do Cotidiano

A campanha A Fome não pode esperar, do Padre Arlindo, pároco de Tamandaré, está de volta e doará 500 cestas básicas às crianças carentes amanhã. Elas terão ainda distribuição de escovas de dente e orientações sobre higiene bucal em ação social do plano odontológico, Clin Digital. As crianças e responsáveis já ganharam a pulseirinha e vão no dia, em horário combinado, para evitar aglomeração. Padre Arlindo fará o projeto social, das 9h às 12h, na própria Paróquia de São Pedro, no centro de Tamandaré. A Campanha foi lançada em 2019 e, durante a pandemia foi fundamental para amenizar a dor e o sofrimento de quem ficou privado de prover o próprio sustento com o isolamento social, decorrente da pandemia.

Padre Arlindo e a Fome não pode esperar (Foto: Divulgação)

Passar pelo processo de envelhecimento para muitos é algo até mesmo divertido, já que com a aposentadoria, é possível aproveitar os filhos, netos e, principalmente, descansar depois de uma longa jornada de vida. Acontece que infelizmente essa não é a realidade de muitos idosos. Segundo um ranking da organização não governamental HelpAge International, o Brasil é um dos piores países da América Latina para se envelhecer, e entre os motivos apontados está o fato de que supervalorizamos a juventude e a vida profissional. Pensando nessa realidade, a empresa de cuidadores de idosos Said Rio, há cinco anos realiza doações para o Lar Mãe Ritinha, no Rio de Janeiro. É bom lembrar que o Lar não cobra mensalidades dos pacientes, vive de doações.

Anotações do Cotidiano

Hoje, o Ministério Público do Trabalho participa da entrega de colmeias para 50 famílias de apicultores de Arcoverde e Ibimirim, beneficiadas pelo projeto Colmeias da Misericórdia, da Organização Não Governamental Terras da Misericórdia. A solenidade marca a abertura de uma fábrica de mel, que não está em operação atualmente, e passa a operar com destinação de cerca de R$ 120 mil, realizada pelo MPT em Pernambuco. A fábrica tem capacidade para atender até 200 famílias.

No Brasil enquanto muitas famílias vivem vidas confortáveis, outras lutam para conseguir ter pelo menos uma refeição ao dia. Segundo o Centro Brasileiro de Macroeconomia das Desigualdades da Universidade de São Paulo, 19 milhões de brasileiros passam fome. Tendo essa realidade em vista, Daniela Jones, fundadora da empresa de cuidadores de idosos, Said Rio, se comoveu em uma viagem para o Maranhão e resolveu fazer parte do grupo de pessoas que busca por um país mais igualitário.

Com o objetivo de intensificar as iniciativas de combate à violência contra a mulher, a Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Pernambuco e a Companhia Brasileira de Trens Urbanos darão continuidade durante o todo mês de agosto a campanha que informa sobre os meios disponíveis para denúncia nas estações do metrô do Recife e da Região Metropolitana. A iniciativa, que começou no dia 17 de junho, integra o Projeto Dialogando sobre a Lei Maria da Penha nos Espaços Públicos, com a exibição de cartazes e áudios informativos nas estações. A legislação completou 15 anos sábado.

Acontecencias

Os futuros atletas no Antonella Maison (Foto: Telma Terra)

Na tarde da última quarta, 23, o Antonella Maison, charmoso restaurante localizado no Jardins, em Sampa, e gerenciado pelo Grupo PHD Entretenimento, foi palco de uma surpresa para 18 jovens da oficina de basquete do instituto Gerando Falcões, fundado por Edu Lira. Um almoço com ninguém menos que a maior jogadora da história da modalidade no Brasil, Hortência Marcari. Além do almoço no local, os convidados também levaram para casa um gostinho da experiência, com pratos do delivery do restaurante Aragon e pipoca do Cinerama Gourmet. Ambos também pertencem ao Grupo PHD e fizeram questão de participar do momento de alguma forma. Informa Antônio Oliva, sócio do Antonella Maison e um dos idealizadores da ação.

Hortência Marcari e Antonio Oliva no AM (Foto: Telma Terra)

“Eu sou um convencido de que o brasileiro, ao contrário do que pensam, é um solidário”. É desta forma, destacando frases de impacto do sociólogo Herbert de Souza, que a Ação da Cidadania dá mais um passo no aquecimento para a campanha Natal Sem Fome, que será lançada em outubro. As falas de Betinho foram reunidas em um belo vídeo, (clique aqui e assista) que será lançado hoje, e irão inspirar a todos a praticarem a solidariedade. As frases que compõem o vídeo foram retiradas de uma entrevista concedida por Betinho ao programa da TV Cultura Roda Viva, em 23 de dezembro de 1996, que pode ser assistido na íntegra no site http://www.quemfoibetinho.org.br.