Fernando Machado

Blog

Tag filhas

Noticias do Ceará

A medalhista olímpica Fernanda Venturini e as filhas Júlia e Vitória passaram alguns dias de descanso no Suites Beach Park Resort. A ex-levantadora da Seleção Brasileira incluiu conhecer os talentos locais. Fernanda participou de um jogo amistoso sábado, na praia do Beach Park, com atletas do Centro de Formação Olímpica, também ex-alunas do projeto Escola de Vôlei de Praia, da Federação de Voleibol do Ceará.

Fernanda Venturini no amistoso (Foto: Divulgação)

Prticiparam do amistoso as atletas do CFO Larissa Vasconcelos (17 anos, campeã brasileira/nordeste de vôlei de praia sub-19 – Seleção Brasileira), Vitória Lima (18 anos, campeã brasileira/nordeste de vôlei de praia sub-19), Andryele Sousa (17 anos, vice-campeã brasileira escolar) e Bianca Marques (16 anos, vice-campeã brasileira escolar).

Réquiem para Silvia Martins

É com tristeza que comunicamos o falecimento, ontem, da guatemalteca e Silvia Echeverria Martins, viúva do arquiteto Jorge Maia Martins. Silvia era uma figura elegante muito reservada, foi cônsul honorária da Guatemala, no Recife por muito tempo.  Silvia que era formada em História da Arte e Secretariado Executivo, conheceu Jorge na Espanha e quando se casaram, em 1959, vieram morar no Recife. Este ano Silvia esteve no seu país para visitar a família.

A  elegante Silvia Echeverria Martins (Foto: Fernando Machado)

Silvia e Jorge deixaram cinco filhas Monica, Andrea, Daniela, Débora e Renata e seis netos. Eu era muito amigo da sogra de Silvia, Dona Lindalva Maia Martins (1901/1993), que marcou época em nossa sociedade, promovendo encontros filantrópicos. Seu esposo Jorge Martins (1901/1979), o engenheiro assumiu a prefeitura do Recife em 1952, porque o prefeito Antônio Pereira renunciou a função, assinou várias obras no Recife, como as antigas sedes do Clube Português do Recife e Iate Clube do Recife.

Réquiem para Alba Richburg

Alba Souza Leão Carneiro de maiô e no desfile de Miss Brasil de 1955 (Fotos: O Cruzeiro)

Hoje o blog está de luto. Faleceu no dia 11 de dezembro de 2018, em San Antônio, no Texas, Estados Unidos, minha amiga Alba de Souza Leão Carneiro Richburg. Somente ontem soube da noticia, com atraso, antes tarde do que nunca, pelo viúvo Harry Richburg. Alba foi à primeira Miss Pernambuco na época de ouro dos concursos, isso em 1955. Estive com Alba em setembro de 2015, quando esteve no Recife, visitando a família.

As candidatas ao Miss Brasil de 1955 chegando ao Rio de Janeiro Alba é a primeira da direita para esquerda (Foto: Acervo de Alba)

Alba renunciou o titulo antes de terminar seu mandado para casar com o então tenente da Marinha dos Estados Unidos, Harry Richburg. A cerimônia aconteceu na capela da Estação Radio Pina, em 16 de julho de 1955. Harry me confessou ontem: “Foram 63 anos de casados e foi o grande amor de minha vida”. Deixou três filhas Eval, Guiomar e Catherine, netos e bisnetos. Tem uma neta Samantha que foi modelo.

Harry Richburg e Alba no Texas (Foto: Acervo de Alba)

Um pouco do Miss Pernambuco de 1955, promovido pelo Diário de Pernambuco. O concurso aconteceu no dia 21 de maio, nos Salões do Clube Náutico Capibaribe. Participaram do concurso Edília de Guimarães Paiva (América), Alba Souza Leão Carneiro (Aéro Clube) e Almerinda Pessoa Azevedo (Atlântico Olindense). A vencedora foi Alba que tinha 21 anos, e recebeu a faixa do comandante da II Zona Aérea, Brigadeiro Netto Reys.


Alba entre as filhas Guiomar, Eva e o sobrinho Sergio Souza Leão no Recife (Foto: Fernando Machado)

Fatos Diversos

A designer Clementina Duarte seguindo até Washington para passar o Dia de Ação de Graça, com as filhas Mariana e Isabel, genros Kelley e Ernesto e as netas Juliana e Isabela. Também aproveita para fazer o lançamento do livro bilingue, Clementina Duarte 50 anos de Arte e Design, por lá.

Hoje, às 19h, no Caixa Cultural Recife, no Marco Zero, terá o vernissage da exposição Amados – Jorge e Zélia, de Paloma Amado. A artista é filha de Jorge Amado e Zélia Gattai. A mostra ficará aberta ao publico até o dia 19 de janeiro de 2020. Quem nos informa é a também artista plástica Tânia Carneiro Leão.