Fernando Machado

Blog

Tag feminilidade

Premio Tacaruna Mulher 2016

Faltando sete dias para a entrega do Premio Tacaruna Mulher 2016, o blog apresenta hoje mais duas premiadas. E Troféu Feminilidade, by Margot Monteiro, hoje, vai para Marta de Souza Leão (Arquitetura, Decoração, Design e Paisagismo), e Gleide Ângelo (Atividades Jurídicas). A grande festa será na próxima terça-feira, às 19h, na Praça de Eventos do Shopping Tacaruna.

gleide-angelo

A delegada Gleide Ângelo (Foto: Renato Filho)

Gleide Angelo vai ganhar na categoria de Atividades Jurídicas. Quem primeiro o recebeu foi Margarida Cantarelli (2001), e na sequência vieram Ana Maria Schuller (2002), Maria de Lourdes C. de Melo (2003), Helena Caúla Reis (2004), Giselle Martorelli (2005), Alderita Ramos de Oliveira (2006), Eneida Melo (2007), Marta Freire (2008), Valéria Rúbia (2009), Nilcéa Maggi (2010), Mary Elba Queiroz (2011), Joana Carolina Lins Pereira (2012), Eleonora Luna (2013), Norma Sales (2014) e Dayse Maria Andrade (2015).

marta-de-souza-leão

Marta de Souza Leão (Foto: Renato Filho)

Marta de Souza Leão faturou o de Arquitetura, Decoração, Design e Paisagismo. A primeira mulher a recebê-lo foi Janete Costa (2001), na sequencia vieram Clementina Duarte (2002), Márcia Nejaim (2003), Janete Freire (2004), Bebeth Perman (2005), Luiza Nogueira (2006), Maria do Loreto (2007), Joana Lira (2008), Diomari Diniz (2009), Sandra Brandão (2010), Roberta Borsoi (2011), Bete Paes (2012), Analice Zirpoli (2013), Denise Gaudiot (2014) e Bel Andrade (2015).

Troféu Feminilidade 2015

a-jacy-marcelo-tavares-de-melo

Jacy e Marcelo Tavares de Melo (Foto: Fernando Machado)

a-iolanda-celeste-sandra-arruda

Iolanda Celeste e Sandra Arruda (Foto: Fernando Machado)

A entrega do Troféu Feminilidade das homenageadas do Prêmio Tacaruna Mulher 2015, encerrou com todas as noves felizardas, no palco, celebrando e ouvindo a musica Maria, Maria de Milton Nascimento. De quebra pétalas de rosas caiando do teto. Uma lindeza, sem dúvida. Quem roubou a cena foi a empresária Maria das Vitórias Carneiro Cavalcanti de Política, Economia e Negócios.

a-barbara-martins-mirella-andreotti-claudia-holanda

Bárbara Martins, Mirella Andreotti e Claudia Holanda (Foto: Fernando Machado)

Quando ela recebeu o troféu da Superintendente Sandra Arruda, quebrou o protocolo e fez uma saudação cheia de orgulho e felicidade. Os convidados adoraram sua performance. A decoração da festa foi de Márcia Longman, da Maria Fulô, simples mas vistosa. E como fundo musical o Café Trio, por sinal a vocalista era simplesmente espetacular.

a-bel-andrade-lima

Bel Andrade (Foto: Fernando Machado)

Com um pouco de atraso, a apresentadora Dani Monteiro começou  a cerimônia. A primeira a ser chamada foi Cristina Maranhão ganhadora na Categoria Ação Social. Coube a empresária Geralda Farias entregar o troféu para Cristina que há mais de 20 anos, atua como diretora voluntária do IMIP. É viúva, mãe de dois filhos e avó de sete netos. Em tempo, Cristina nunca se formou.

a-cristina-maranhão-gracinha-pereira-gomes-geralda-farias

Cristina Maranhão, Gracinha Pereira Gomes e Geralda Faris (Foto: Fernando Machado)

A segunda a ser convidada para receber seu troféu Comunicação da deputada Simone Santana foi a colunista social do Dia a Dia, do Jornal do Commercio, Mirella Martins. Quando criança Mirella brincava de entrevistar os parentes e amigos. Mirella que é filha da diva da dermatologia Sarita Martins, casada com o promotor de Justiça Leonardo Caribé e mãe de Rogerio e Theo, é dona de um sorriso invejável.

a-dani-monteiro

A apresentadora Dani Monteiro (Foto: Fernando Machado)

Na sequencia foi chamada a primeira mulher reitora da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Maria José Sena. Coube à diva da imprensa Jô Mazzarolo entregar o seu troféu o da categoria Educação. É formada em Medicina Veterinária, em licenciatura de Ciências Biológicas e em Ciências Agrícolas. Maria José é pouco vaidosa e com pouco tempo para a família, pois 16 horas do seu dia são dedicados ao trabalho.

a-eurico-loyo-bruno-castro-e-silva

Eurico Loyo e Bruno Castro e Silva (Foto: Fernando Machado)

A quarta a receber o Feminilidade, o da categoria Moda, entregue pela senhora Jaci Tavares de Melo foi a estilista Lúcia Spessatto. Lúcia Spessatto Ribeiro, foi Miss Clube Internacional e segunda colocada no Miss Pernambuco de 1970, figurou da minha lista das Jovens mais Elegantes do Recife, quando trabalhava no Jornal do Commercio, como assistente de Alex. É mãe de Pietra e Priscila. Como estilista Lucinha, que minha amiga de vários anos, é a papisa da região. Seus modelos recebem a influencia do estilista francês Christian Dior.

a-gustavo-belarmino-ines-calado

Gustavo Belarmino e Inês Calado (Foto: Fernando Machado)

Depois a Superintendente do Tacaruna, Sandra Arruda, entregou o Troféu para Maria das Vitórias Carneiro Cavalcanti na categoria de Política, Economia e Negócios. Como já frisei no começo ela arrasou durante toda a cerimônia.

a-jo-mazarollo-jacy-marcelo-tavares-de-melo

Jô Mazarollo, Jacy e Marcelo Tavares de Melo (Foto: Fernando Machado)

A quinta a receber o Prêmio foi a artista plástica Mirella Andreotti, na Categoria Cultura. O troféu foi entregue pela senhora Glaucia Machado, representando o Diário de Pernambuco. Mirella e o marido Romano Andreotti (já falecido) fugiram da Itália para o Brasil, por conta da guerra. Primeiro São Paulo e depois o Recife, onde realizava festas inesquecíveis na sua bela casa do Curado.

a-leticia-andrade-lima

Letícia Andrade Lima (Foto: Fernando Machado)

Coube a diretora da Folha de Pernambuco, Mariana Costa, entregar o Prêmio Tacaruna Mulher para Bel Andrade na categoria Design, Arquitetura e Decoração. Há três anos cuida do visual do Carnaval do Recife, sob a supervisão do arquiteto Carlos Augusto Lira. Bel confessa que “antes, eu  dizia que também ilustrava. Hoje, me sinto mais ilustradora que designer”.

a-maria-das-vitorias-carneiro-cavalcanti

Maria das Vitórias Carneiro Cavalcanti (Foto: Fernando Machado)

A penúltima a receber o prêmio foi a médica Rosa Arcuri, na categoria Medicina e Saúde. O Troféu Feminilidade foi entregue pela notável primeira dama do Recife, Cristina Quirino de Mello. Rosa que também nasceu na Itália, tem um currículo irretocável. Esteve a frente, por muitos anos, da Fundação Hemope, até se aposentar. Não quis parar e fundou a Multihemo que depois foi vendida para uma multinacional.

a-mariana-costa-claudia-portela

Mariana Costa e Cláudia Portela (Foto: Fernando Machado)

E finalmente a última a receber o Troféu Feminilidade, foi a desembargadora pernambucana Daisy Andrade Pereira, em Atividades Jurídicas. Quem entregou o seu prêmio foi o empreendedor Marcelo Tavares de Melo. Atualmente é a única mulher desembargadora do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Daisy é casada com Silvan Rodrigues Pereira e mãe de Amanda e Karla.

a-pietra-lucia-spessatto-andre-marinho-maria-spessatto

Lucia Spessatto com as filhas Pietra e Priscila e os netos André e Maria (Foto: Fernando Machado)

Terminada a premiação coube a colunista Mirella Martins falar em nome das agraciadas. E tendo como fundo musical: “Maria, Maria, é um dom, uma certa magia / Uma força que nos alerta / Uma mulher que merece viver e amar / Como outra qualquer do planeta / Maria, Maria, é o som, é a cor, é o suor / É a dose mais forte e lenta / De uma gente que ri quando deve chorar / E não vive, apenas aguenta”.

a-raymondo-monica-julio-gil-freire

Mônica Freire e os filhos Raymundo e Julio Gil (Foto: Fernando Machado)

E assim o Dia Internacional da Mulher que é comemorado amanhã, foi festejado antecipadamente no Shopping Tacaruna, com a entrega do Prêmio Tacaruna Mulher 2015. A iluminação foi grifada por Mano Som, e o cerimonial coube a Tatiana Marques. Temos que estender o tapete vermelho para Sandra Arruda e Iolanda Celeste por este encontro anual, que desde 2001, traz muita felicidade para as mulheres pernambucanas.

a-sarita-mirella-martins-leonardo-caribé-rogerio-theo

Mirella Martins ao lado da mãe, Sarita, do marido Leonardo Caribé e dos filhos Rogério e Theo (Foto: Fernando Machado)

E todas elas de troféu em punho, no palco como Bellini, na Copa do Mundo de 1958, cantavam: “Mas é preciso ter força, é preciso ter raça / É preciso ter gana sempre / Quem traz no corpo a marca / Maria, Maria, mistura a dor e a alegria / Mas é preciso ter manha, é preciso ter graça / É preciso ter sonho sempre / Quem traz na pele essa marca / Possui a estranha mania de ter fé na vida.”

a-sheila-wanderley-glaucia-machado-cristina-melo

Sheila Wanderley, Gláucia Machado e Cristina de Mello (Foto: Fernando Machado)

Também tivemos um coquetel by Arcádia, que estava de se comer rezando. No cardápio: Canapés variados de salmão, lagosta, camarão, tomate seco e gorgonzola, camarão natural com molho golf, tortinha em flor recheada com mascarpone e cebolas glaceadas, damasco com mouse de gorgonzola, quadradinho de queijo gouda com flor de presunto, cubos de peru com ervilhas tortas.

b-daisy-andrade-pereira-alexandre-assunção

Daisy Andrade e Alexandre Assunção (Foto: Fernando Machado)

Quem pensa que acabou, enganou-se, podia se degustar ainda lichia com creme cheese e caviar, folhado de palmito, tortinha de frango ao curry, amarradinho de rosbife com brie e cebola dourada, mini tortinha de lagosta, pastel folhado de ricota com ervas, flor de filo com carne de sol desfiada e queijo coalho.

a-tania-jose-lopes

Tânia e José Lopes (Foto: Fernando Machado)

a-hugo-santos-daliana-martins

Hugo Santos e Daliana Martins (Foto: Fernando Machado)