Anotações do Cotidiano

O historiador Henrique Inojosa sempre foi um admirador da escritora Clarice Lispector. Quando adulto, passou a ler com assiduidade seus textos. Por conta disso lançou o livro Clarice Lispector: No coração do Recife, pela Editora Mirada. O prefácio é do historiador Helder Remigio de Amorim. A revisão de Wilma Rigolon. A ilustração da capa é Jéssica Martins Design e a diagramação de Rebeca Gadelha e o Editorial de Taciana Oliveira. Para adquiri-lo pode ser feito pelo claricenocoracao.livro@gmail.com, instagram do autor @henriqueinojosacavalcanti, @miradajanela.

O historiador Henrique Inojosa (Foto: Divulgação)

Com cerca de 4 quilômetros quadrados de extensão, Procida é a menor das ilhas do Golfo de Nápoles, na Campania, ao lado das famosas Capri e Ischia. Não por isso é menos fascinante. Ao contrário: sua beleza pitoresca é fonte de inspiração ao longo dos tempos para escritores, poetas e cineastas. “Se Capri é a ilha que te faz enlouquecer, Procida é a ilha que te faz apaixonar”, escreveu Giuseppe Marotta em uma de suas muitas linhas dedicadas ao lugar. Seu livro de contos, “L’Oro di Napoli” (“O Ouro de Nápoles”),  foi a obra que levou o cineasta Vittorio de Sica à futura Capital da Cultura Italiana a filmar um longa homônimo do qual participaram Sophia Loren e Totó, ícones do cinema italiano.