Fernando Machado

Blog

Tag expulsão

Notícias da Bahia

Com o objetivo de transformar a maior data cívica da Bahia em um produto turístico, o Governo do Estado, por meio da Bahiatursa e do Centro de Culturas Populares e Identitárias, da Secretaria da Cultura, vai realizar uma intensa programação durante esta semana, com entrada gratuita para o público. Música, exposições e uma ópera a céu aberto fazem parte das comemorações, que se concentrarão no Centro Histórico de Salvador.

Além do cortejo cívico, no dia 2 de julho, data em que é comemorado o aniversário de 190 anos da expulsão dos portugueses, haverá, no Terreiro de Jesus,  às 18h30, a apresentação do espetáculo Dois de julho – A Ópera da Independência, dirigida por Paulo Dourado. A apresentação será repetida nos dias 5 e 6 no mesmo horário e local. Não esquecer a participação do Cortejo Afro, na manhã da terça-feira.

Campeão + campeão + campeão = tricampeão

Desde a hora do Angelus que está acontecendo festa na terra e no céu. Dom Helder Câmara e Frei Damião Bozzano, Capiba, Nelson Ferreira, Luiz Bandeira, Irmãos Valença, Edgard Moraes, João Cabral de Melo Neto, Aristófanes de Andrade, José do Rego Maciel, James Thorpe, Antônio Camelo, Adonias Moura, Lacraia, Sebastião Virada, ficaram de mãos dadas para cantar: “Eu sou Santa Cruz de Corpo e Alma e serei sempre de coração…”.

s-dom-helder-camara-cruzeiro

Dom Hélder continua aplaudindo os guerreiros tricolores (Foto: O Cruzeiro)

Apesar do juiz ter roubado, ao expulsar Caça Rato e então mais foi lindo ainda ver a massa tricolor, na Ilha do Retiro, de bandeiras e faixas gritando: Tricampeão, tricampeão, tricampeão. O Recife anoiteceu nas cores encarnado, preto e branco. “Santa Cruz, Santa Cruz junta mais essa vitória.” E para encerrar vou cantar outro verso da musica composta por  Capiba em 1957: “És o querido do povo, terror do nordeste no gramado. / Clube querido da multidão, tu és o tricampeão.”

 

Nos bastidores da política

Ri muito ao ler uma manchete de um jornal local informando que os petistas, claro o senador Humberto Costa e o deptuado federal João Paulo, articulam a expulsão do prefeito João Paulo do PT. Não seria melhor a direção de o partido expulsar o depredador do Recife, João Paulo, que conseguiu destruir o seu partido no Recife, ao armar a cassação do prefeito João da Costa?


João Arraes candidato à reeleição recebeu, ontem no seu comitê a dentista Sandra Moraes, Nilvanda Arraes e Roberta Marques (Foto: Cortesia)

Os casos de violência em comícios levaram três deputados à tribuna da Assembléia Legislativa de Pernambuco, segunda-feira. Adalto Santos e Diogo Moraes (PSB), e Maviael Cavalcanti, (DEM) lembraram que o deputado Rildo Braz (PRP), teve sua residência, em Catende, alvejada por tiros. Em São Joaquim do Monte a violência terminou com um assassinato e em Altinho foram desferidos oito tiros num candidato.