Fernando Machado

Blog

Tag Exército

EUA comemora o Orgulho LGBT+

O Orgulho LGBT+ é tem como conceito, segundo essa tribo, é uma ação para que todos terem orgulho de ser catalogado como membro desse exército, que já foi minoria. O moderno movimento de orgulho gay começou após a Rebelião de Stonewall em 1969, quando homossexuais em bares locais enfrentaram a polícia de Nova York durante uma rusga inconstitucional. Apesar de ter sido uma situação violenta, deu à comunidade até então underground o primeiro sentido de orgulho comum num incidente que virou manchete.

Brittaney Orange, Jessica Simon e Jeffrey Lodermeier (Foto: Fernando Machado)

O movimento do Orgulho LGBT tem três premissas principais: que as pessoas devem ter orgulho da sua orientação sexual e identidade de género; que a diversidade é uma dádiva; e que a orientação sexual e a identidade de género são inerentes ao indivíduo e não podem ser intencionalmente alteradas. Os símbolos do orgulho LGBT+ incluem a bandeira arco-íris, transgénero, bissexual, a letra grega lambda e o triângulo rosa, assim como, entre outros, os triângulos pretos, reclamados do seu antigo uso.

Atente para a beleza da máscara de cônsul geral Jessica Simon (Foto: Fernando Machado)

E para comemorar a data, ontem, pela manhã, o Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife, leia-se a cônsul geral é Jessica Simon, realizou um evento muito bonito e enxuto, com o hasteamento da Bandeira LGBTQIA+, no Dia Internacional do Orgulho LGBT. A reunião aconteceu nos jardins do palacete do Consulado. São Pedro mostrou que também em respeito ao Movimento presenteou com um dia de muito sol e de muito calor.

Robeyoncé Lima, Jessica Simon, Maria do Céu Vasconcelos e Jeffrey Lordemeier (Foto: Fernando Machado)

A diplomata norte-americana, Jéssica Simon, que não conhecia pessoalmente, é muito simpática, fez um discurso irrepreensível. Falou do objetivo do presidente Joe Biden em relação ao Movimento. Na sequencia tivemos a cerimônia de hasteamento da Bandeira LGBTQIA+. Ela recebia os poucos convidados ao lado do Cônsul de Diplomacia Pública, Jeffrey Lodermeier e pela vice-cônsul Brittany Orange. A assessora de imprensa, Joanna Ferreira, outro destaque na manhã colorida.

Manoela Alves, Irene Freire, Gi Carvalho, Robeyoncé Lima, Acioli Neto, Poliny Aguiar, Maria do Céu Vasconcelos e Jessica Simon (Foto: Fernando Machado)

Participaram do encontro Manoela Alves (Presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB), Acioli Neto (Coordenador do Instituto Boa Vista), Robeyoncé Lima (Primeira deputada transgênero de Pernambuco), Gi Carvalho (fundadora da ONG Mães pela Diversidade), Juan Guiã (Diretor de Artes do Instituto Transviver), Maria do Céu Vasconcelos (Coordenadora da Aliança Nacional LGBT de Pernambuco), Irene Freire (Coordenadora do Centro Municipal de Cidadania LGBT) e Poliny Aguiar (Coordenadora da Política LGBT de Pernambuco).

Nos Bastidores da Política

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informa tratar-se de golpe as recentes ligações para que aposentados façam a prova de vida on-line, por causa da pandemia da Covid-19. Na ligação, os golpistas citam todos os dados pessoais do aposentado e enviam uma mensagem, por WhatsApp, pedindo-lhe que envie uma foto de um documento para finalizar o processo. O INSS alerta a quem receber esse tipo de chamada que simplesmente desligue o telefone e não forneça qualquer tipo de informação, pois o Instituto não faz contato telefônico para procedimento de prova de vida.

O secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do Ministério do Turismo, William França, entregou sexta-feira 500 exemplares do Guia para Bem Atender o Turista com Deficiência ao Exército Brasileiro. A medida tem o objetivo de orientar toda a equipe que atua nos hotéis de trânsito e áreas de lazer da instituição no atendimento aos turistas com deficiência e vem ao encontro do pedido do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, na priorização da acessibilidade no setor. Ao todo, são 160 unidades hoteleiras espalhadas pelo país, que chegaram a receber cerca de 110 mil pessoas em 2020, de acordo com o Exército.

Noticias da Bahia

Em continuidade à mitigação dos efeitos da Covid-19, o Comando Conjunto Bahia, formado pela Marinha, Exército e Aeronáutica, entregou, quinta-feira, entre outras doações, 630 quilos de leite em pó ao Hospital Martagão Gesteira, em Salvador. Além do alimento, foram entregues 300 máscaras do tipo Face Shield, produzidas e doadas pelo SENAI CIMATEC, além de 300 máscaras de tecido laváveis e reutilizáveis, produzidas pelos Fuzileiros Navais.

Pacientes com diagnóstico de Covid-19, após o período de isolamento, que apresentem algum sinal ou sintoma persistente, podem ser atendidos no Ambulatório Magalhães Neto, no setor de pneumologia do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos da Universidade Federal da Bahia e vinculado à Rede Ebserh (Hupes-UFBA/Ebserh).

Noticias da Paraíba

O 16º Regimento de Cavalaria Mecanizado (16° RC Mec) do Exército, localizado em Bayeux, apoiou o processo de interiorização de 33 imigrantes venezuelanos, entre homens, mulheres e crianças, que embarcaram em Boa Vista (RR), em voo da Força Aérea Brasileira, com destino ao Aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa.

A ação foi em cumprimento as diretrizes da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, situada em Natal. A viagem foi realizada na última semana de julho e teve uma parada em Fortaleza, antes de chegar ao Aeroporto Castro Pinto, na capital paraibana. No desembarque, os imigrantes passaram por triagem médica, na qual foram verificados temperatura, sinais e sintomas característicos da Covid-19.