Fernando Machado

Blog

Tag eleição

Carmen Towar: a hostess das misses pernambucanas

Carmen Towar diante da câmara (Foto: Acervo de Carmen)

Os concursos de misses foram grandes sucessos em Pernambuco e no Brasil até a década de 70. O país parava para ver as misses passarem na televisão, nas passarelas nas Mecas dos concursos de beleza: Maracanãzinho ou Geraldão. Era um ritual as torcidas organizadas aplaudir ou vaiar as jovens no Miss Pernambuco. O blog vai fazer, hoje, uma homenagem à apresentadora que marcou época no evento.

Carmen Towar e Paulo Max (Foto: Acervo de Carmen)

Estamos nos referindo a Carmen Towar. Ela está para o Miss Pernambuco, assim como Marly Bueno (1933/2012) está para o Miss Brasil. Marly começou como hostess do Miss Brasil em 1965, e Carmen um ano depois, no Miss Pernambuco. Graças ao diretor da TV Rádio Clube de Pernambuco, Antiógenes Tavares, que ao vê-la transmitindo o Bal Masqué decidiu chama-la para tal missão, devido à sua elegância e empatia com os entrevistados.

Carmen Towar, Angela Agra e Zilene Sá Torres (Foto: Acervo de Carmen)

Seu primeiro concurso aconteceu nos salões do Sport Clube do Recife, com a eleição de Raiolanda Castelo Branco. O seu par foi o radialista Cícero de Moraes. Carmen ficou no batente até a escolha de Anne Elizabeth Brasileiro Silva Miss Pernambuco de 1979, realizado no Geraldão, tendo host Paulo Max. Aliás, o último realizado pelos Diários Associados. Carmen apareceu mais vezes, nos palcos dos concursos, ao lado do radialista Albuquerque Pereira.

Carmen Towar e Albuquerque Pereira (Foto: Acervo de Carmen)

Durante todo seu período de apresentadora no Miss Pernambuco, a coordenação foi de Severino Barbosa. A hostess das misses testemunhou um cabeleireiro colocar uma barata na peruca de uma candidata. Roubos de sapatos e calcinhas, vestidos de outras misses serem escondidos e não esquecer as vaias. São segredos que Carmen Towar vai levar para o túmulo.

Stella Maria da Silva, Dilene Roberto, Carmen Towar e Rosângela Monteiro de Carvalho (Foto: Acervo de Carmen)

Não esquecer que Carmen Towar é jornalista, executiva de moda,  brilhou como radioatriz, teleatriz e apresentadora na TV Radio Clube. O seu programa Misses na Passarela, entre 1967 a 1979, marcou época na televisão pernambucana. Seu brilho continuará nesta sua viagem, porque como nunca houve uma mulher no cinema como Rita Hayworth, nunca houve uma mulher nos concursos de Miss Pernambuco, como Carmem Towar.

Marly Bueno enfaixando Vera Lúcia Couto como Miss Guanabara de 1964 (Foto: O Cruzeiro)

Anotações do Cotidiano

No dia 3 de junho vai acontecer a eleição do CREA, da Mútua e do Confea. Estão concorrendo Waldir Costa (30) para Presidente do Crea-PE; Roberta Meneses (60) para Diretora Geral da Mútua-PE, André Lopes (70) para Diretor Administrativo da Mútua-PE e Joel Krüger (22) para Presidente do Confea. Na coordenação está Tarcisio Calado Filho.

André Lopes, Waldir Costa e Roberta Meneses (Foto: Reprodução)

Gostei muito do que informou o presidente do Conselho Federal de Medicina, Mauro Ribeiro, sobre a falta de respeito dos governadores nordestinos com os profissionais formados por escolas brasileiras. Eles querem aproveitar sem revalidação 15 mil médicos formados por faculdades da América Latina. Na última prova passaram apenas 3%.

Fernando Cerqueira & Jantar

O desembargador Fernando Cerqueira com a esposa Zulene Norberto o neto Henrique (Foto: Fernando Machado)

O desembargador Eurico Barros Correia e Edina, Ismênia Pires e o ministro Leopoldo Raposo (Foto: Fernando Machado)

O Pleno do Tribunal de Justiça de Pernambuco, composto pelos 52 desembargadores da Corte Estadual, se reuniu, quarta-feira, na Escola Judicial, sob a presidência do desembargador Adalberto de Oliveira Melo, para a eleição na nova Mesa Diretora da instituição para o biênio 2020/2020. Conforme esta coluna antecipou o vencedor para presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, foi o desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, atual corregedor geral da Justiça.

Os desembargadores Jones Figueiredo, Adalberto de Oliveira Melo e Evandro Magalhães Melo (Foto: Fernando Machado)

O desembargador Cândido Saraiva e Nara (Foto: Fernando Machado)

O desembargador Luiz Carlos de Barros Figueiredo e Maria Tereza (Foto: Fernando Machado)

Também foram eleitos para o 1º vice-presidente o desembargador Eduardo Paurá Filho, para o 2º vice-presidente o desembargador Candido Saraiva e para Corregedor-Geral o desembargador Luiz Carlos de Barros Figueiredo. Os magistrados deverão assumir os cargos em fevereiro de 2020. Depois da cerimônia de eleição aconteceu um jantar de adesão em torno do futuro presidente do TJPE, Fernando Cerqueira, na churrascaria Spettus de Boa Viagem.

O jornalista Joezil Barros e Neide (Foto: Fernando Machado)

As advogadas Maly Vita e Renata Guimarães (Foto: Fernando Machado)

Fatos Diversos

Quinta-feira foi realizada a eleição para o cargo de procurador-chefe no Ministério Público do Trabalho em Pernambuco, para o biênio 2019/2020. A eleita foi a procuradora Ana Carolina Ribemboim, que substituirá a atual a atual procuradora-chefe, Adriana Gondim. Também concorreu ao cargo à também procuradora Melícia Carvalho Mesel.

A Cia Trapiá de Dança em evolução (Foto: Divulgação)

Pelo projeto pedagógico A brincadeira vai começar, salve a cultura, temos amanhã, às 19h, no Teatro Apolo, a apresentação da Cia Trapiá de Dança. Ela vai encenar o espetáculo O Homem de Sambaqui. A Cia. Trapiá de Dança foi fundada em 1989 pelos coreógrafos e bailarinos Otacílio Júnior e Valdi Nunes.