Fernando Machado

Blog

Tag elegante

Parabéns, Lucia Sobral Mendonça!

Lucia, José Américo, Marcone, Fabio, Luciana e os netos (Foto: Jeimeson Luna)

Lúcia com a filha Luciana e os netos Pedro e Ana Carolina (Foto: Fernando Machado)

A elegante senhora Lúcia Sobral Mendonça, que estava em grande tarde num modelo verde e branco, reuniu as amigas, amigos e a família, ontem, para um almoço a fim de festejar seu aniversário no Spettus de Boa Viagem. Pense num encontro maravilhoso e descontraído. Também não podia ser diferente, Lucia é uma figura feminina linda por dentro e por fora. Ao seu lado, o marido José Américo, os filhos Marcone, Fábio e Luciana, além dos sete netos.

Ana Elisa Oliveira (Foto: Fernando Machado)

Anete Cunha e Iara Dubeux (Foto: Fernando Machado)

Um coral de 50 vozes cantou os tradicionais parabéns para você, puxado por Susana Maia e cortou o bolo, by Mana Asfora que é de a gente comer rezando para Nossa Senhora Aparecida. A decoração do ambiente era com bolas brancas, transparentes, e douradas. A animação ficou por conta do DJ Alexandre Carvalho (com um setlist irrepreensível) e a da cantora Susana Maia, nos levou a uma viagem ao tempo onde a MPB era respeitada.

O Ministro Lúcio Mário Goes ao lado de Verônica e da aniversariante Lucia (Foto: Fernando Machado)

Lúcia Sobral Mendonça e Elisa Castro (Foto: Fernando Machado)

As convidadas não perderam tempo e dançaram até não poderem mais. Tivemos as falas de Lucia Queiroz, do filho Marcone Mendonça e do marido José Américo Mendonça. O Ministro do Supremo Tribunal Militar, general Lucio Mário Góes à cotéVeronica vieram de Brasília prestigiar Lucia. É bom lembrar que o general Lúcio foi comandante do Comando Militar do Nordeste. A gente saiu do Spettus com aquele gostinho de quero mais.

Suely Miranda e sua mãe, Joseilde Mendonça (Foto: Fernando Machado)

Lúcia Queiroz e Lúcia Sobral Mendonça (Foto: Fernando Machado)

Parabéns, Marta Perez Dubeux!

Marta Dubeux entre os filhos Fernando, Sérgio e André (Foto: Fernando Machado)

A elegante cerimonialista Marta Perez Dubeux usando um modelo de renda e cetim goiaba, que sua mãe, Maria Del Pilar usou seus 80 anos, reuniu um grupo de amigos para festejar seus 80 anos no seu bonito apartamento na Jaqueira, recheado de peças antigas, como um par de dunquerque e os dois espelhos folheados a ouro, franceses, do século XIX. A pinacoteca é outro motivo de se admirar, quando destacamos uma tela de Mário Nunes. Ajudando a receber estava a irmã Norma.

Dulcinha Gueiros, Anna Queiroz, Dodora Moraes e Magnólia Maranhão (Foto:Fernando Machado)

Antes de ser servido o jantar de se comer rezando para Santa Juliana, degustamos empada de camarão, coxinha de frango, pasteis de festa, sanduiche misto e outro itens. No cardápio destacamos estrogonofe de frango, rotolone de queijo, salada polinésia, bacalhau à nata. Informação importante: tudo feito em casa. Existe coisa mais chique do que isso?

As irmãs Norma Dubeux Mattos e Marta Perez Dubeux (Foto: Fernando Machado)

Para sobremesa bolo Aliado segredo culinário do clã Perez e bolo de frutas das irmãs Eliane e Jane Asfora. Como não poderia faltar tivemos os tradicionais parabéns para você cantado por um coral de 30 vozes, e claro o corte do bolo Aliado. Marta estava ao lado dos filhos Fernando, Sérgio e André.

Hercília Castro, Edith Farjalla e Ana Maria Castro (Foto: Fernando Machado)

Por lá anotamos, entre outros, Anna Queiroz, Dodora Moraes, Vera Dourado, Ana Maria de Castro e a filha Hercilia de Castro, Edith Farjala, Dulcinha Queiroz Gueiros, Magnolia Maranhão, Eddie Boschart, Julieta e José Ranulfo Queiroz. E assim se passou a tarde e entrou pela noite, com os olhos se enchendo de bom gosto e a boca se fartando de gosto bom.

Sydia Maranhão e Vera Dourado (Foto: Fernando Machado)

De Volta para o Passado

Há 140 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Luiz Mendes, que morreu no dia 24 de agosto de 1935.

Há 100 anos, nascia no Paraná, a elegante senhora Eugelinda Paiva Campello, que morreu no dia 5 de setembro de 2012.

Há 100 anos, nascia na Alemanha, a senhora Lily Carvalho Marinho, que morreu no dia 5 de janeiro de 2011.

Há 75 anos, morria no Rio de Janeiro, o compositor Catulo da Paixão Cearense, que nasceu no dia 8 de outubro de 1863.

Há um ano, morria em Pernambuco, o atacante Walter Barrão (Walter Rocha Carvalho), que nasceu no dia 3 de setembro de 1938.

Há um ano, morria no Rio de Janeiro, a socialite Lourdes Catão, que nasceu no dia 12 de março de 1927.

As Bodas de Ametista de Suely e Ricardo

Há 48 anos, Sueli Pittigliani , filha de Augusta Belletti Pittigliani e Alberto Pittigiliani, e Ricardo Stambowsky, filho de Nieta e Mauricio Stambowsky, se casavam na Igreja de Nossa Senhora da Glória do Outeiro, por sinal uma das preciosidades da arquitetura barroca do Rio de Janeiro. A noiva surgiu deslumbrante, na nave central da igreja, num modelo de Guilherme Guimarães. Detalhe: Sueli não quis véu e nem buquê. Os brincos e a pulseira de coral peau d’ange com brilhantes, foram criados pelo joalheiro Armando Garcia. A cerimônia foi conduzida pelo frei dominicano Pierre Secondi.

Frei Pierre Secondi e na outra foto Ricardo e Sueli (Fotos: Jacques Aavadis)

Ricardo estava muito elegante by Savile Row, from Londres, usou uma gravata borboleta de veludo bem Carnaby Street. A recepção aconteceu na casa dos pais do noivo, no Cosme Velho. A decoração da igreja como a da recepção foi grifada por Lucia Sabóia. Entre os padrinhos estavam o irmão do noivo Alexandre Stambowsky, Therezinha Morango Pittigliani (segunda esposa de Alberto), e a prima do noivo Suzanna de Sousa Leão. Este ano devido à pandemia, Sueli e Ricardo vão comemorar a data com um jantar petit comité, para oito pessoas.

Sueli e o pai Alberto Pittigliani e na outra foto Sueli e Ricardo (Fotos: Jacques Avadis)

Informação importante: Nieta Stambowsky é pernambucaníssima. Sua família é da aristocracia canavieira, tataraneta do Viscondes de Utinga, do Engenho Matapiruma, e bisneta de Antônia e Ambrósio Machado da Cunha Cavalcanti do Engenho Gaipió. Nieta por parte de pai, Urbano Pires Gonçalves da Silva, é descende Gervásio Pires, um dos lideres da Revolução Pernambucana de 1817. Os bisavôs maternos de dona Nieta são João Augusto de Sousa Leão do Rego Barros, sobrinho dos Barões de Vila Bela, de Cairá, do Conde da Boa Vista e do Barão de Ipojuca.

Therezinha Morango Pittigliani, Alexandre Stambowsky e Suzanna de Souza Leão (Foto: Jacques Avadis)