Fernando Machado

Blog

Tag doses

Nos Bastidores da Política

Está prevista para o dia 21 de maio a chegada, a Belo Horizonte, de voo fretado pelo governo dos Estados Unidos, com 106 cidadãos brasileiros deportados daquele país. A realização do voo tem como objetivo primário reduzir, para esses cidadãos, o tempo de permanência em centros de detenção nos Estados Unidos, em particular no atual contexto da pandemia da COVID-19.

O Governo Federal começou terça-feira, a distribuição de mais 6,4 milhões de doses: 4,7 milhões da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz; 1,08 milhão da Coronavac/Butantan; e 647 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech. As doses do Butantan são destinadas à aplicação da segunda dose, de acordo com as solicitações apresentadas por 12 estados. Outras 15 Unidades Federativas que não possuíam mais pendências para conclusão do esquema vacinal da Coronavac foram atendidas com doses da AstraZeneca/Fiocruz.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu R$ 425,72 milhões para escolas públicas de todo o país, referentes à primeira parcela do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Básico) de 2021, acrescido do valor pertinente ao PDDE Emergencial. Disponíveis desde março, os valores podem ser utilizados para enfrentamento da pandemia no retorno às aulas presenciais.

Nos Bastidores da Política

Segunda-feira a Companhia Nacional de Abastecimento iniciou a primeira etapa de distribuição de alimentos para comunidades quilombolas em Pernambuco. Serão 10.516 cestas de alimentos, totalizando 220,8 toneladas de produtos. As comunidades beneficiadas localizam-se nos municípios de Alagoinha, Betânia, Bom Conselho, Cabo de Santo Agostinho, Caetés, Capoeiras, Custódia, Floresta, Garanhuns, Iati, Inajá, itacuruba, Pesqueira, Saloá e São Bento do Una. Cada cesta possui 21 kg de alimentos (arroz, feijão, açúcar, macarrão, flocos de milho, farinha de mandioca e leite em pó).

Com o anúncio de mais quatro milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19, o Governo Federal passa a marca de 53 milhões de doses de imunizantes distribuídos para todo o Brasil. Atualmente, o País ocupa a 5º posição de país que mais vacina e o 9º lugar no ranking global por 100 mil habitantes, segundo a plataforma Our World in Data, ligada à Universidade de Oxford. “O Governo Federal tem se empenhado muito. Estamos avançando, mas precisamos da união de todos” disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O embaixador chinês, Yang Wanming, reforçou o compromisso de seu país em fornecer insumos das vacinas Coronavac e AstraZeneca/Oxford ao Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. Em reunião com o ministro Marcelo Queiroga segunda-feira, Wanming ressaltou que a China tem se empenhado em oferecer o Ingrediente Farmacêutico Ativo para a fabricação de imunizantes pelo Instituto Butantan e pela Fundação Oswaldo Cruz. A parceria tem permitido a produção nacional de vacinas enquanto o Brasil não garante a autossuficiência na fabricação do IFA.

  • 1 2