Fernando Machado

Blog

Tag debutante

Parabéns, Catarina!

Catarina com os pais Felipe e Layla (Foto: Fernando Machado)

Famiglia Giuliano foi inaugurado em 30 de junho de 1989, como Il Castelo, em Boa Viagem. Em 1996, virou Famiglia Giuliano e em 2013 mudou o nome para Castelo Eventos e atualmente é Famiglia Giuliano. O primeiro Famiglia Giuliano foi projeto de Augusto Reynaldo e como o nome diz remetia a um castelo medieval. Pois bem foi nesse local Catarina, filha de Layla Wolfenson Nader e Felipe Maranhão Nader comemorou seus 15 anos.

Moisés e Magali Wolfenson (Foto: Fernando Machado)

A debutante estava linda, num modelo verde, criado pelo figurinista Quirino Albuquerque. Ao som da valsa Danúbio Azul, Strauss, Catarina abriu os trabalhos dançando com o pai, depois foi com avô, Moisés Wolfenson. Na sequencia o DJ Caverna colocou nas picapes New York, New York, para continuar no ritual ela dançou com os tios, e o primo. Depois tivemos o corte do bolo de cinco andares grifado por Suely Vieira. Aliás, o bolo estava muito gostoso.

Miguel, Isadora, Janaina e Ana Miranda (Foto: Fernando Machado)

O cardápio que estava de a gente comer de joelhos constou de como entrada tiras de focaccia com molho de tomate, mix de bruschetta, burrata com Parma, tomatinho cereja e rúcula, além de bobô de Camarão. Como pratos principais ravióli de búfula, massa caseira recheada com mussarela de búfula e tomate seco, ao molho pomodoro e manjericão fresco.

Jair e Gilda Kitner (Foto: Fernando Machado)

Os outros pratos filé trufado (filé mignon ao molho de vinho tinto e azeite trufado com linguine ao molho cremoso de parmesão) e ainda camarão crocante (camarões crocantes com risoto de queijo parmesão cremoso). As sobremesas foram de Benta Brigadeirinho. A propósito: Layla Wolfenson Nader usou um modelo criado pelo figurinista Quirino Albuquerque. Magali Wolfenson estava também muito bem com modelo made in Portugal.

A madrinha da debutante Magnólia Maranhão (Foto: Fernando Machado)

Fatos Diversos

Hoje à noite, no Famiglia Giuliano, Layla Wolfenson Nader e Felipe Maranhão Nader reúnem os amigos para festejar os 15 anos de sua filha Catarina. A decoração será grifada por Andrea Manzi. A debutante vai usar um modelo de Quirino Albuquerque. Catarina é neta de Magali e Moisés Wolfenson.

Felipe e Layla Nader com a deb Catarina (Foto: Instagram)

A banda carioca Fim da Farsa que surgiu em 2019, no encontro de músicos do Rio de Janeiro, fará um show neste sábado, às 20h, no Teatro Rival Refit, na Cinelandia. O grupo é formado por Rodrigo El-Hayck, Léo Manssur, Thomaz Guimarães e Rodrigo Arruda. A produção e direção são de Djalma Marques e a realização da Scorpion Show Prod.

A banda Fim de Farsa (Foto: Divulgação)

Hoje, Janaína Guerra e Luciano Lacerda, do Villa Garden, lançam o curso on-line Criando Raízes, que aborda a melhor forma de irrigar, podar, e detectar as doenças em plantas. Mas, além disso, o objetivo do curso é fortalecer a conexão entre o homem e a natureza, no dia a dia, fazendo desse hábito, um estilo de vida prazeroso e saudável.

Luciano Lacerda e Janaina Guerra do Villa Garden (Foto: Divulgação)

O Baile da Debutante Julia Gomes

A Arcádia de Apipucos foi invadida, sexta-feira, à noite, pela geração dourada. Mas os coroas também assinaram o ponto, pessoas bonitas que faz bem aos olhos. O motivo desse auê todo? Os 15 anos de Julia Gomes. Na época do glamour era chamado era batizado de Baile de Debutantes. Tudo aconteceu em ritmo de novos tempos, mas como contraponto a tradição.

A debutante Julia Gomes (Foto: Fernando Machado)

O cenário estava um espetáculo. O decorador Eider Santos uniu o tradicional com a tecnologia. Como a tendência é o preto ele usou e abusou desta cor, começando pelo túnel, incluindo lâmpadas LEDs, que dava acesso aos salões. A Arcádia foi divida em dois ambientes. Num ficou a tribo da jeunesse dorée e no outro a tribo dos coroas e os nem tantos.

A avó materna Célia Batista (Foto: Fernando Machado)

No lado antigo caiam do teto, sobre as mesas com arranjos de flores lindos, placas brancas exibindo projeções. Também tinha um barzinho de drinques, além do enorme bufê e uma ilha de sushis, sashimi e makizushi. No lado dos teens tínhamos dois palcos, o dancing, e uma arquibancada onde repousavam almofadas. E claro um bufê de sanduíches, cachorro quente, o barman La Bamba.

A mãe da aniversariante Patrícia Batista Gomes (Foto: Fernando Machado)

Num palco ficou os DJs Korossy e KSH além da vocalista Avine Vinny. No outro palco ficou a mesa com o bolo de Lucinha Cascão, e atrás dela uma parede de docinhos grifados por Margot Araujo, Lucinha Cascão e Lana Bandeira. Sem duvida tudo perfeito. Meia noite começou o ritual da valsa, em ritmo de hi-tch.

A executiva Sheila Wanderley (Foto: Fernando Machado)

A deb Júlia Gomes estava esplendorosa. Usou três vestidos grifados pelo figurinista Guga Costa. Um corredor formado por 15 meninas e 15 meninos, serviu para Julia dançar com os homens da família e com o príncipe o it boy Luiz Gabriel Leite que veio do Peru, especialmente para o evento. Julia não segurou as lágrimas de tanta emoção e chorou discretamente.

As damas Beatriz Ruas, Malu Borges e Beatriz Melo (Foto: Fernando Machado)

Também teve os tradicionais parabéns para você no estilo jovem pós moderno, depois teve o corte do bolo de cinco andares e na seqüência a geração dourada se jogou no dancing, até o sol raiar. Já ia esquecendo também foi exibido um vídeo que somente essa tribo entende e entra em frisson. Foi uma noite repleta de colírios e gente elegante.

Clara Batista, Beatriz Locio, Cristiana Figueira e Luiza Amorim (Foto: Fernando Machado)

No coquetel canapés de camarão, lagosta, salmão, gorgonzola e tomate seco, lichia com creme cheese e caviar, tomatinhos cereja com queijo e molho pesto, camarão tailandês ao molho de coco e rum e teriyaki, corneto de parmesão e peito de peru defumado, flor de filo com mascarpone e cebola glaceada, crispy fish com limão siciliano, sorvetinho com recheio de lagosta, dadinho de tapioca com molho de cupuaçu, cestinha de Prima Donna com geleia de maçã, flor de filo com carne de sol desfiada e queijo coalho, rolinho de camarão com massa filo.

Vitoria Filizola, Fernanda Fernandes, Valentina Maranhão, Branca da Fonte e Camila Brito (Foto: Fernando Machado)

Na Ilha dos Frios repousavam salada de quinoa com lascas de parma e molho de romã, salada de arroz negro, grão de bico, lentilha, palmito e ervilhas frescas temperados no azeite e limão, salada de camarão com aipo, figo recheado com creme de damasco e endívias, medalhão de lagosta perfumado com azeite de salsa, bolinhas de burrata e mini mussarela de búfala com tomatinhos cereja, terrine de lagosta com medalhões em volta – enfeitada com lagosta inteira grande.

Maria Clara Batista e Roberto Vasconcelos (Foto: Fernando Machado)

Ainda terrine de salmão e creme cheese temperado, decorado com mini rosas de salmão, terrine de perdiz en croute com figo fresco, chutney de manga, chutney de abacaxi com pimenta rosa, purê de maçã, jamon Serrano, pernil defumado, foie Gràs recheado com trufa negra, queijos (Prima Donna, Emmental e Masdam), brie em massa filo e geléia de damasco, mini peras, chips de batata doce branca e roxa, bifum frito, frutas secas (tâmara, damasco, passas e castanha) e pães.

Tulio Pimentel, Camila Brito e Diogo Tinoco (Foto: Fernando Machado)

Para jantar foi servido camarão provençal em cama de cogumelo shimeji, salmão com aspargos frescos, lombo de bacalhau gadus morhua com azeitonas negras e batatas douradas, medalhões de filé mignon com folhado de maça e canela, batatas recheadas com gorgonzola e alho poró, cuscuz marroquino e molho de vinho do Porto, arroz (cordoniz e com amêndoas).

Renato Gomes e sua mãe Patricia, ao lado de Bruno e Claudia Guedes (Foto: Fernando Machado)

Para sobremesa bolo de rolo, bombocado, cremè brülée, mini pera com calda de chocolate quente, mousse de chocolate com raspas de chocolate belga, mousse de queijo com calda de goiaba, panacota com frutas vermelhas, pudim de leite decorado com kin kan, tortinhas (amora, limão e morango). Realmente era de se comer rezando para São Raimundo Nonato. A avó Celinha Batista e a mãe, Patricia eram somente emoção.

Retrospectiva de 2017

A partir de hoje vamos fazer uma retrospectiva das festas que marcaram Recife e Pernambuco. Começamos pelo mês de janeiro, quando destacamos o Réveillon do Sheraton Reserva do Paiva, o Baile de Debutantes de Carolina Galvão e o show de Cristina Amaral cantando Núbia Lafayette.

Guido e Ana Laura Stütz com os filhos Alois, Anton e Mely (Foto: Fernando Machado)

Cerca de 500 pessoas prestigiaram o réveillon do Sheraton Reserva do Paiva, que aconteceu no Salão Luiz Felipe Brennand e foi decorado por Romildo Alves. De parabéns o gerente geral Guido Stütz à côté Ana Paula e Arturo Pinto e Marcelo Rocha. A animação ficou por conta da cantora Vanessa Jackson, da banda Dizmaia e do DJ Alexandre Carvalho. O cardápio, de fazer inveja a Apicius, grifado pelo chef Fernando Fonseca.

No Sheraton: o cônsul geral dos Estados Unidos Richard Reiter e a consulesa Valéria (Foto: Fernando Machado)

A debutante Carolina entre Dinara, Roberto Galvão, Roberto Galvão Filho e Ana Christina (Foto: Fernando Machado)

O Baile de Debutantes da jovem Carolina, filha de Ana Christina e Roberto Galvão Filho, que aconteceu na Usina Dois Irmãos, foi uma noitada impecável. A decoração foi grifada por Fabiano Reis e Sílvio Medeiros. A atração foi Rafa Mesquita e E-Double, além do DJ Peterson Stangl. O bufê de a gente comer rezando foi da Porto Fino, leia-se Suassuna. O cerimonial foi coordenado pela Dreams by Lead, leia-se Denise e Jamine Tinoco.

No debut de Carolina Lúcia e João Fernando Wanderley com os filhos Fernando e Isabela (Foto: Fernando Machado)

No show de Núbia: Ulysses Andrade e Cleodon Coelho (Foto: Fernando Machado)

Encerrando a retrospectiva de hoje temos que frisar o show do projeto Janeiro dos Grandes Espetáculos, que aconteceu no Teatro de Santa Isabel, Para Núbia, com Amor, Cristina. Posso dizer, sem medo de errar, um dos melhores que assisti nos últimos anos, esse da cantora Cristina Amaral. Um espetáculo que me remeteu aos anos dourados da MPB. O magnífico show foi produzido por Cleodon Coelho.

Etine Barros, Jota Michiles, Nena Queiroga, Cristina Amaral, João Henrique Koerig e Hermila Guedes (Foto: Fernando Machado)

  • 1 2 4