Fernando Machado

Blog

Tag coroa

Manhunt Internacional é Amanhã

Amanhã, o Manhunt International de 2021 Paul Luzineau, passará a coroa ao seu substituto, em Okada, em Manila, nas Filipinas. A primeira competição foi realizada em 1987, mas naquela época era apenas uma competição nacional para homens de Cingapura. Alex Liu, presidente da Metromedia Singapore, foi quem deu à luz a ideia do primeiro concurso de beleza masculino. Ele fundou e construiu a primeira competição Manhunt em Cingapura.

Os candidatos ao titulo de terno (Foto: Concurso)

Em 1993 , Manhunt tornou-se oficialmente um concurso de beleza internacional, com o nome de Manhunt International . A primeira competição Manhunt International foi realizada na Gold Coast, na Austrália, com a vitória de Thomas Sasse, um competidor da Alemanha. A Suécia e a China venceram duas vezes o concurso. O Brasil nunca venceu. Devido ao falecimento de Alex em 2018, o comando do certame passou ao empresário Rosko Dickinson.

Christian Vazquez de Porto Rico (Foto: Concurso)

Os participantes são: Marcus Max Karsten (África do Sul), Ertug Muslu (Alemanha), Lochie Carey (Austrália), Hendson Baltazar (Brasil), Viktor Rusinov (Bulgária), Samuel Albert (Canadá), Bakit Tolegenov (Cazaquistão), Junhyeok Chang (Coreia), Gerardo Ojeda (El Salvador), Alexander Calco (Espanha), Elijah van Zanten (Estados Unidos), Jefferson Andrade (Fernando de Noronha), Joshua de Sequeira (Filipinas), Cedric Cabane (França), Zacharias Ktistakes (Grécia), Cas Hagman (Holanda), Rakesh Mongmaithem (India).

Viktor Rusinov da Bulgária (Foto: Concurso)

Ainda Deo Nikolas (Indonésia), Kiichiro Sakamoto (Japão), Edward Kong (Malásia), Thart Htet Aung (Mianmar), Bikalp Shrestha (Nepal), Lam Chris Chidubem (Nigéria), Jaime Garcia (Panamá), Raheel Muhammad Saleem (Paquistão), Daniel Jares (Peru), Marcin Niedzielski (Polônia), Darren Kessler (Singapura), Supun Maduranga (Sri Lanka), Toto Pakorn Rodkhumpiyaset (Tailandia), José Luis Trujillo (Venezuela) e Trân Manh Kiêm (Vietnã).

De Volta para o Passado

Há 75 anos, no Teatro de Santa Isabel, acontecia um concerto da soprano Nilsa Drummond. (Reprodução do jornal O Dia)

Há 70 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, a soprano Maria Sá Earp.

Gabriela Brum perdeu a coroa para Kimberlia Santos (Fotos: Divulgação)

Há 40 anos, Gabriela Brum, 18 anos, da Alemanha, era eleita, em Londres, Miss Mundo de 1980. No dia seguinte teve que renunciar, pois o seu amante um militar, que vivia em Los Angeles, mandou Gabriela renunciar ao titulo. A segunda colocada, Kimberlia Santos, de Guam, 19 anos, é reconduzida como Miss Mundo de 1980.

Rejane Vieira Costa: Miss Brasil de 1972

Hoje, faz 46 anos, que acontecia no Maracanãzinho, o concurso de Miss Brasil de 1972. Participaram do festival da beleza 26 candidatas. A vencedora foi Rejane Vieira Costa, Miss Rio Grande Sul, que foi coroada pela Miss Brasil de 1971, Eliane Parreira Guimarães. Em 2º lugar ficou Ângela Maria Favi (SP) que representou o Brasil no Miss Mundo, e em 3º Jane Vieira Macambira (GB), que representou o Brasil no Miss Internacional, também foi eleita Miss Simpatia. O show foi com Elza Soares, Beth Carvalho, Osmar Milito e o Quarteto Forma.

As candidatas desfilando na passarela (Foto: O Cruzeiro)

A comissão julgadora do Miss Brasil de 1972 (Foto: Manchete)

Rejane Vieira Costa nasceu no dia 15 de novembro de 1954 e faleceu no dia 26 de dezembro de 2013. Era vendedora de uma loja de sapatos quando foi convidada para ser Miss Pelotas. Ficou em segundo lugar no Miss Universo de 1972. Foi atriz da TV Globo nas novelas Ti, Ti, Ti, Felicidade, A Viagem, e Era Uma vez e cinema, quando atuou ao lado de Grande Otelo, no filme O Negrinho do Pastoreio. Casou com Rubens Goulart e Italo Granato. Deixou dois filhos Rodrigo e Julia.

Dois momentos da coroação: Eliane passando a faixa e a coroa para Rejane (Fotos: Manchete)

O júri foi presidido pelo Secretario de Turismo do GB, Rui Pereira da Silva e integrado pelos costureiros Marcilio Campos e Flávio Delgado, da modista Nicole de La Riviere, dos jornalistas Jorge Audi Justino Martins, da Miss Brasil de 1958 Adalgisa Colombo, das senhoras Maria Cecília Mendonça Mello e Maria Helena Brito, Felinto Rodrigues Netto, José Eduardo de Mello, Jorge Ferreira, deputado gaucho Victor Facioni, e o ator Jece Valadão.

Rejane de traje típico e com as misses Ângela Favi e Jane Macambira (Fotos: Manchete)

Depois dos desfiles de traje típicos, vestidos e maiôs Catalina, o júri escolheu o Top 8: Maria Bayma Souza Keth (CE), Maria Gariglio (ES), Jane Vieira Macambira (GB), Hilma Nascimento (MG),  Maria Madalena Jácome (PE), Rejane Vieira Costa (RS), Marlene Machado (SC) e Ângela Maria Favi (SP). Em 5º lugar ficou Maria Garigilio, em 4º Maria Madalena Jácome, em 3º Jane Vieira Macambira, em 2º Ângela Maria Favi e em 1º Jane Vieira Costa.

Jane Macambira, Hilma Nascimento, Madalena Jácome e Jane Vieira Costa (Fotos: Manchete)

Participaram do concurso Ana Maria do Rosário Lerner (Alagoas), Kátia Mara Houat (Amapá), Maria Suely Souza (Amazonas), Maria Adélia Junqueira (Bahia), Maria Bayma Souza (Ceará), Maria Célia Coelho Pereira (Distrito Federal), Maria Imaculada Gariglio (Espírito Santo), Maria Tereza Azevedo (Goiás), Jane Vieira Macambira (Guanabara), Fátima Elaine da Silva (Maranhão), Ivone de Barros (Mato Grosso), Hilma Nascimento (Minas Gerais).

Maria da Glória Carvalho, Miss Internacional de 1968; Rejane Vieira Costa e Lucia Tavares Petterle Miss Mundo de 1971 (Foto: Manchete)

Ainda Erinete Menezes Costa (Pará), Bernardete Fernandes Martins (Paraíba), Maria Dolores Peres Bordin (Paraná), Maria Madalena Jácome (Pernambuco), Carlota Maria de Carvalho (Piaui), Marli Pereira Carneiro (Rio de Janeiro), Tázia Bezerra de Sá (Rio Grande do Norte), Rejane Vieira Costa (Rio Grande do Sul), Kátia Fernanda Oliveira (Rondonia), Dacilda Socorro Amora (Roraima), Marlene Machado (Santa Catarina), Ângela Maria Favi (São Paulo), Jocenyr Monteiro Santos (Sergipe).

Flashes

O secretário de Imprensa da Prefeitura do Recife, Carlos Eduardo Santos, foi muito cumprimentado, terça-feira, pelo seu aniversário.

Hoje, às 18h, na Alepe, acontece reunião solene pelos 50 anos de criação da CEPE. A proposta foi da deputada Simone Santana.

Amanhã e sexta será realizado no Empresarial MV o VI Bazar Beneficente da Creche Aconchego do Hélio.

Karmann Ghia que toca clássicos da Jovem Guarda, encerra, hoje, às 19h, a programação de novembro do Taca mais Música, no Tacaruna.

A banda Karmann Ghia no Taca mais Música hoje (Foto: Divulgação)

Eita coroa feia arretada, esta do Miss Universo de 2017. Combina com o próprio concurso. Sem jeito e sem graça.

Amanhã, às 10h, na Câmara Municipal, Ricardo Brennand recebe o titulo de Cidadão do Recife por proposta do vereador André Régis.

O Consulado Geral da França vai mudar de endereço, no próximo ano. Vai continuar em Boa Viagem, mas no empresarial junto ao Marriot.

Hoje, às 19h30, vamos ter coquetel de inauguração das novas instalações do Complexo Hospitalar Jayme da Fonte.