Fernando Machado

Blog

Tag cônego

De Volta para o Passado

Há 105 anos, acontecia no Cine Teatro Helvética, as despedias de Os Geraldos, trupe de Augusto Campos.

Há 90 anos, nascia no Rio Grande do Sul, o ator Walmor Chagas, que morreu no dia 18 de janeiro de 2013.

Há 85 anos, passavam pelo Porto do Recife, a bordo do Highland Brigade, o biografo alemão Emil Ludwig (1881/1948) e o escritor francês George Duhamel (1884/1966).

Há 80 anos, acontecia no Cinema Art-Palacio, um show com a Jazz Band Acadêmica, coordenado pelo grande Capiba.

Há 80 anos, Joracy Camargo inicia sua temporada no Teatro de Santa Isabel com a peça Maria Cachucha. No elenco a atriz Hortência Santos.

Há 80 anos, era assassinado, em Pernambuco, o Cônego Carlos Pereira Benigno Lyra, que nasceu no dia 12 de abril de 1941. O autor do crime foi Leopoldino Laurentino, 24 anos, que segundo gossip, foi um crime passional.

Há 70 anos, o ator Maurice Chavalier transitava pelo Aeroporto dos Guararapes, via Panair, com destino à França.

Há 52 anos, se casavam na Igreja de Nossa Senhora do Perpetuo do Socorro, em São Paulo, Maria Alice e Claudio Fernandes.

 

Há 25 anos, morria em Brasília, a atriz Dulcina de Moraes, que nasceu no dia 3 de fevereiro de 1908.

Padre Airton casando Pedro Henrique e Amanda (Foto: Fernando Machado)

Há seis anos, se casavam na Madre Deus, Amanda Basto e Pedro Henrique Farias Santos.

Há cinco anos, morria em Pernambuco, o medico Airton Lustosa, que nasceu no dia 16 de março de 1930.

De Volta para o Passado

Há 235 anos, nascia em São Paulo, o padre Diogo Feijó, que morreu no dia 10 de novembro de 1843.

Há 85 anos, morria em Pernambuco, o jornalista e poeta Aymbiré Kanimuero de Lima Leal, que nasceu no dia 28 de maio de 1906.

Há 85 anos, transitava pelo nosso porto, a bordo do Highland Monarch, o líder político Julio Prestes de Albuquerque, procedente da Europa e com destino a São Paulo. Com ele a esposa Alice, e a filha Marialice. Foi eleito presidente do Brasil mas não assumiu.

Há 60 anos, morria em Pernambuco, o cônego Jerônimo Assumpção, que nasceu no dia 30 de setembro de 1881.

Há 35 anos, morria no Rio de Janeiro, o artista plástico Orlando Teruz, que nasceu no dia 18 de agosto de 1902.

De volta para o passado

Há 155 anos, nascia no Rio de Janeiro, o romancista Raul Pompeia, que morreu no dia 25 de dezembro de 1895.

Há 135 anos, nascia em Pernambuco, o cônego Carlos Pereira Benigno Lyra, que morreu no dia 28 de agosto de 1941.

Há 104 anos, João Evangelista Belfort Duarte fundava no Recife, o América Futebol Clube.

Há 95 anos, nascia nos Estados Unidos, a dançarina Ann Miller, que morreu no dia 22 de janeiro de 2004.

Há 90 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, o violinista espanhol Jean Manén.

Há 85 anos, acontecia o concurso de Rainha do Mi-Carême: A vencedora Alayde Pinto (Café Imperial) 85.706 votos; em 2º ficou Maria José Fernandes (Casa Espelho) 59.261 votos e em 3º ficou  Alice Barreto Lins (Armazém Caboclo) 36.306 votos.

Há 60 anos, Ingrid Hoffmann era apresentada como Miss Clube Português do Recife, ao concurso de Miss Pernambuco de 1958.

 

Há 60 anos, morria em Pernambuco, o professor Edgar Altino Correa de Araujo, que nasceu no dia 20 de março de 1890.

Ginásio Pernambucano e o Remo

ginasio-pernambucano-gen-newton-cavalcanti-carlos-de-lima-cavalcanti-risoleta-lima-cavlaante-madrinha-dm6set36

General Newton Cavalcanti, João Pereira Borges, Risoleta e Carlos de Lima Cavalcanti, Oswaldo Machado e cônego Jonas Taurino (Foto: Diário da Manhã)

Há 80 anos, o diretor do Ginásio Pernambucano, Oswaldo Machado, inaugurava o seu Departamento de Remo, na Rua da Aurora. Participaram da solenidade o governador Carlos de Lima Cavalcanti, o prefeito João Pereira Borges, o comandante da 7ª Região Militar, general Newton Cavalcanti, o secretário de Segurança capitão Frederico Mindello, e o comandante da Brigada coronel Jurandir Mamede.

ginasio-pernambucano-concorrentes-eliminatoria-dm6se736

Os remadores que participaram da primeira eliminatória dos 50 metros (Foto: Diário da Manhã)

ginasio-pernambucano-olinda-dm6set1936

Os remadores do barco Olinda que ficaram no segundo lugar da prova (Foto: Diário da Manhã)

Os dois barcos que receberam os nomes de Olinda e Iracema foram batizados pelo cônego Jonas Taurino e depois lançados no Rio Capibaribe, em comboio dos barcos da Escola de Aprendizes de Marinheiros, Barroso, Náutico e Sport. A madrinha foi a filha do governador, Risoleta de Lima Cavalcanti.

ginasio-pernambucano-jose-maranhão-barcodm6set36

José Maranhão, o terceiro da esquerda para direita, o vencedor dos 50 metros livres (Foto: Diário da Manhã)