Fernando Machado

Blog

Tag Comitê

Bastidores da Política

O mês de março apresentou um dado bastante alarmante. Foi apresentado um aumento de 165,6% nas denúncias de violações de direitos humanos relacionadas à pandemia de Covid-19. Em 22 dias, foram 2.868 registros desse tipo no Disque 100 e no Ligue 180. No mesmo período de fevereiro, foram 1.080 denúncias. Os dados mostram que, só de 16 a 22 de março, houve aumento de 56,3% nas denúncias desse tipo registradas em relação ao resto do mês.

O Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior do Ministério da Economia informou que mais 65 produtos usados para o combate à pandemia do novo coronavírus tiveram o Imposto de Importação zerado temporariamente. A decisão contempla medicamentos para alívio de dor, sedação, intubação e respiração artificial, entre anestésicos, calmantes e antibióticos. A medida também abrange monitores para leitos clínicos e de UTI, equipamentos para análise de gases respiratórios e central de monitoração para UTI adulto, além de carrocerias e caminhões-tanque para transporte de cargas perigosas, como oxigênio.

Fatos Diversos

Casa Vogue apresenta o Casa Vogue Experts, série de webinars que reúne debates sobre Arquitetura e Decoração sob curadoria de Taissa Buescu. Os primeiros dois encontros serão realizados nos amanhã e terça-feira com a participação de Patricia Urquiola, Humberto Campana, Creg Bousquet, Marcelo Rosembaum, Claudia Moreira Salles e Gaetano Pesce.

No mês que a pandemia completa um ano, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha lançou ontem o fotolivro Por Trás das Máscaras: profissionais da saúde na linha de frente da resposta à Covid-19 no Brasil, com trabalhos dos fotógrafos Camila de Almeida, Márcia Foletto e Tiago Queiroz e edição de fotos de Sérgio Amaral.

Anotações do Cotidiano

O jornalista político José Adalberto Ribeiro concluiu o livro Micróbios e Macóbrios. O prefácio será do professor Nestor Accioly. Nas origens da vida, os micróbios disseram para os macróbios humanos: “Nós chegamos primeiro aqui na terra, este planeta é pequeno demais para nós dois.” Aí começou a guerra bacteriológica. Este é mais ou menos o mote do livro do bicho-grilo jornalista José Adalbertovsky, a ser lançado em janeiro, sobre o mundo microscópico, doenças, vacinas, a civilização Adâmica desde o Paraíso Perdido.

O jornalista e critico politico José Adalberto Ribeiro (Foto: Face)

Eduardo Jorge Fonseca, que é membro do Comitê e Assessor da Vacina Covid-19 no Recife, também vice-presidente da Sociedade de Pediatria de Pernambuco, ressalta que, mesmo ao tomar a vacina, seu efeito não é imediato. O imunizante contra o Covid-19 deve fazer o efeito desejado apenas 15 dias depois de tomada a segunda dose. Assim, o médico ressalta a importância de todos manterem os cuidados necessários, principalmente nas festas de final de ano, seguindo as orientações de segurança e saúde das OMS e do Governo do Estado.

Nos Bastidores da Política

O palacete de José Pessoa de Queiroz em dois ângulos (Foto: Recife de Antigamente)

Hoje, faz 90 anos, que acontecia uma bastilha no Recife. Os adeptos de Getúlio Vargas e João Pessoa incendiaram os palacetes dos aliados de Washington Luis. Entre eles o de Tereza e José Pessoa de Queiroz, pais da diva Helena Pessoa de Queiroz Gomes, num quarteirão das Ruas Gonçalves Maia, Manoel Borba e Dom Bosco. José Pessoa de Queiroz a construiu em 1922, era uma cópia da casa do tenor Enrico Caruso, na Itália.

A sala de jantar do palacete (Foto: Recife de Antigamente)

Comitê de combate à tortura analisa situação de unidades penitenciárias e socioeducativas na pandemia Integrantes do Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura voltaram a se reunir quarta-feira. O encontro ocorreu por videoconferência. Na oportunidade, os participantes analisaram os dados de contaminação do novo coronavírus (Covid-19) nos complexos penitenciários, discutiram sobre a adoção de medidas sanitárias nos presídios, nas unidades socioeducativas e Instituições de Longa Permanência para Idosos.

O dormitório do Palacete (Foto: Recife de Antigamente)

Governo Federal e o Conselho Federal de Medicina assinaram acordo para viabilizar denúncias de médicos pelo Disque 100 e Ligue 180 Médicos no canal exclusivo dentro do Disque 100 (Disque Direitos Humanos) e Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher) para denunciar violações de direitos humanos, além de notificar casos suspeitos ou confirmados de violência autoprovocada. O novo canal permitirá o encaminhamento de denúncias de notificação compulsória realizadas pelos profissionais da área de saúde, de forma anônima.

A sala de visitas do palacete dos Pessoa de Queiroz (Foto: Recife de Antigamente)