Fernando Machado

Blog

Tag Comitê

Nos bastidores da Política

O Governo Federal garantiu um repasse de mais de R$ 345 milhões para o combate à desnutrição e à obesidade de crianças e gestantes atendidas pelo Bolsa Família durante a pandemia de Covid-19. A portaria que garante os recursos foi assinada, terça-feira, em Brasília, durante cerimônia no Palácio do Planalto. Estiveram presentes, entre outras autoridades, o presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da Cidadania, João Roma, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

O ministro João Roma (Foto: Presidência da Republica)

Atletas olímpicos e paralímpicos serão vacinados por meio de Ação Interministerial entre os Ministérios da Defesa, da Saúde e da Cidadania em coordenação com o Comitê Olímpico do Brasil e o Comitê Paralímpico do Brasil. A imunização de 1,8 mil pessoas, entre esportistas e credenciados (treinadores, comissão técnica e jornalistas), que participarão dos Jogos Olímpicos 2021, de 23 de julho a 08 de agosto, em Tóquio, começou ontem. A imunização desse público será oferecida em organizações militares e em pontos de vacinação nas seguintes capitais: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo.

Os  ministros na solenidade da vacinação para os atletas olímpicos e paraolímpicos (Foto: Antônio Oliveira)

Artigo publicado pelo Ipea, quarta-feira, identificou como as desigualdades associadas a sexo, raça/cor e idades no mercado de trabalho foram afetadas pela crise da pandemia de 2020. A pesquisa mostrou por meio de indicadores que foram mais afetados, no período, grupos populacionais mais vulneráveis: mulheres, negros e jovens. Os pesquisadores Joana Costa, Ana Luiza Barbosa e Marcos Heckser usaram como base os dados da PNAD Contínua, do IBGE, ao considerar o primeiro e o segundo trimestre de cada ano do período entre 2012 e 2020.

Nos bastidores da Política

Na próxima quarta-feira, às 17h, Milton Moraes, um dos coordenadores do Programa Inova Fiocruz, e Dale Kalina, médico infectologista do Hospital Joseph Brant, no Canadá, discutirão sobre estratégias de vacinação e alternativas para o controle das novas variantes do coronavírus em ambos os países. O webinar é promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá e contará com a participação de Eric Marcusson, cofundador da Providence Therapeutics, empresa que está atuando no desenvolvimento uma vacina canadense, e de Ricardo Meirelles, do Comitê de Inovação em Saúde da CCBC.

Pela primeira vez, em 29 edições, o Rally dos Sertões terá o seu percurso 100% nordestino. E o ponto de partida dos competidores será um dos principais e paradisíacos pontos turísticos do Rio Grande do Norte, a Praia de Pipa. Ao todo, serão 5.000 km que cruzarão trechos especiais da região, entre os dias 13 e 22 de agosto, tendo como cenário principal a caatinga, o único bioma 100% brasileiro. Na história do Sertões, o estado potiguar já recebeu por sete vezes o maior rally das Américas, tendo a capital Natal como destino final nos três primeiros anos do evento. Assim como no ano passado, toda a competição seguirá os protocolos de segurança de Covid-19.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, astronauta Marcos Pontes, recebeu na terça-feira o presidente para a América Latina da Qualcomm Luiz Tonisi e o vice-presidente para Relações Governamentais para a América Latina, Francisco Giacomini. A empresa é mundialmente conhecida por desenvolver tecnologias para celulares e está entre as líderes mundiais de 5G e soluções para Internet das Coisas.

Os ministros do Turismo do G20 debateram terça-feira, por videoconferência, a retomada do setor de forma segura e traçaram cenários para o pós-pandemia. Durante toda a manhã, representantes de várias regiões do mundo destacaram a necessidade de pensar em políticas para uma mobilidade segura e um turismo sustentável. O ministro Gilson Machado Neto reforçou a necessidade da criação de um protocolo sanitário único em todo o mundo.

Nos bastidores da Política

O Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19 fez a terceira reunião quarta-feira, no Palácio do Planalto. Com a presença do Presidente Jair Bolsonaro, foram discutidos assuntos como o cronograma de vacinação, a entrega de novas doses para imunização e medidas do Governo para o combate à doença. “Nosso objetivo é vacinar a população brasileira de maneira o mais célere possível. Esse ritmo de vacinação depende de vários fatores, como os dos chamados insumos farmacêuticos ativos que são originários, sobretudo, da China”, explicou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O presidente Bolsonaro e o ministro Marcelo Queiroga na reunião (Foto: Marcos Correa)

O Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19 Fiocruz, divulgado quarta-feira, aponta queda no número de casos, óbitos e taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos. Os valores, no entanto, ainda permanecem em patamares críticos. Outro dado preocupante é a taxa de letalidade. No final de 2020, este indicador se encontrava na faixa de 2%, aumentou para 3% na SE 11 (14 a 20 de março) e, na última SE, subiu para 4,4%. A análise do Boletim é referente à Semana Epidemiológica 15, período entre 18 e 24 de abril.

Nos bastidores da Política

O Comitê Paralímpico Brasileiro oferece novas vagas para o curso Movimento Paralímpico: Fundamentos Básicos do Esporte, uma oportunidade de capacitação online para professores de Educação Física. O objetivo é incentivar a prática esportiva nas escolas como uma ferramenta pedagógica de inclusão. O curso, oferecido em parceria com o Ministério da Educação e o Programa Impulsiona, é gratuito, certificado e tem carga horária de 46 horas. O conteúdo inclui textos, vídeos e atividades interativas sobre temas como a história do esporte paraolímpico, grandes atletas brasileiros, tipos de deficiência elegíveis e sugestões de atividades práticas para levar mais inclusão para as aulas de Educação Física.

Um grupo de 18 costureiras de Macaé está trabalhado a todo vapor nos últimos meses. Integrantes da iniciativa Máscara mais Renda, idealizada pela Rede Asta e que recebeu doação de R$2 milhões da Petrobras, elas já produziram quase 45 mil máscaras que foram distribuídas em comunidades de municípios do Norte-Fluminense e da Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro. O trabalho das costureiras segue até que sejam totalizadas as 45 mil máscaras previstas para serem distribuídas na região.