Fernando Machado

Blog

Tag cinzas

Flashes

Hoje estamos na quarta-feira de Cinzas, por sinal incomum. Vamos torcer para que no próximo ano possamos ver o desfile dos Blocos Líricos.

Lolita Rowdrigues mora em João Pessoa com a filha médica Silvia Rodrigues, desde 2015. E reapareceu aos 91 anos para se vacinar.

A Estácio lançou cerca de 160 novas opções de cursos de pós-graduação, com foco em áreas que são apontadas como tendências do pós-pandemia.

Amanhã, às 18h, na Igreja de N. S. da Piedade, em Piedade, a missa de 7º dia, de Maria Augusta Costa Cavalcanti. Assista no @flavinha47.

Pai afasta de mim Católicos que aceitam a Campanha da Fraternidade de 2021, pois ela remete ao aborto e a teoria do gênero.

A eterna cônsul dos Estados Unidos, Maria Sanchez fez seu carnaval com muito frevo, na sua casa de Washington D.C. Fora a neve morria de inveja.

A defensora pública Marta Freire, née Brito Alves, não poupou elogios ao nosso blog. “Fiz uma viagem pelos carnavais do passado”, concluiu.

Carnaval somente em 2015

Foi com shows de frevo, maracatu, e a apresentação de um bloco lírico, que o palco montado na Praça do Arsenal da Marinha, recebeu os foliões desta terça-feira gorda de Carnaval. A orquestra do maestro Edson Rodrigues, abriu a noite com muito frevo e animação. Abusando dos clássicos, como os hinos do Vassourinhas e do Ceroulas, os músicos levaram o público, formado por muitas crianças e adultos, para dançar e brincar, criando um clima familiar de muita descontração.

e-bonecos-hesiodo-goes

Os bonecos gigantes no Marco Zero (Foto: Hesiodo Góes)

A última noite do concurso de agremiações carnavalescas do polo da Avenida do Forte reuniu, ontem, 14 tribos de caboclinhos do Recife e cidades do interior do Estado. Ao som das maracas, gaitas e surdos, caboclos e caboclas, caciques e cacicas, reis e rainhas de todas as idades e etnias apresentaram suas coreografia no ritmo tradicional e cadenciado produzido pela suas preacas, espécie de arco e flecha de madeira de todos os tamanhos e cores.

e-indios - clelio-tomaz

Os caboclinhos sempre bonitos (Foto: Clélio Tomaz)

Nas primeira hora desta quarta-feira de Cinzas, não faltou o ritmo rei da folia embalando as apresentações do Marco Zero. Alceu Valença subiu ao palco às 0h50 com o show Carnavalença, acrescido de canções do novo disco, Amigo da Arte. Já Elba Ramalho tocou frevo, ciranda, maracatu e caboclinho, mostrando a diversidade da música pernambucana.

e-maracatu-allan-torres

O maracatu sempre marcando presença no carnaval (Foto: Allan Torres)

O sol raiou e já passava das 5h45 quando uma grande orquestra de frevo desceu do palco do Marco Zero e ganhou as ruas do Recife Antigo. Era o arrastão do frevo, que levou uma multidão pelas ruas, mostrando que o folião recifense não queria deixar a folia acabar. Comandado pelo Maestro Spok e orquestra, gente de todas as idades, com fantasias já desbotadas e praticamente sem maquiagem, pulavam, cantavam e frevavam, mostrando que o Carnaval do Recife não acabou: deu uma trégua de um ano.

Anotações do Cotidiano

Nesta quarta-feira de Cinzas marca o início da Quaresma e a abertura da Campanha da Fraternidade. O arcebispo, dom Fernando Saburido, abre a Campanha de Fraternidade 2014, presidindo a Missa de Cinzas, às 16h, na Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem, em Boa Viagem. Até ano passado a Missa de Cinzas era na Igreja de Santo Antonio, no centro do Recife.

Iniciando as atividades práticas da disciplina Teoria da Comunicação, a professora Lúcia Noya Galvão, levará seus alunos, de Publicidade e Propaganda, da Escola Superior de Marketing, no próximo dia 13, para uma visita técnica ao Diário de Pernambuco, a  redação do Aqui PE,  aos estúdios das rádios Clube AM (Globo) e FM, além dos estúdios da TV Clube.

Noticias da Alemanha

Fasching, Fasnacht ou Karneval constitui uma antiga tradição, festejada principalmente na região do Reno e nas regiões católicas da Alemanha. Os baluartes são as cidades de Mainz, Colônia, Düsseldorf e Bonn. No sul da Alemanha, festeja-se a tradicional alemannische Fasnet. A “quinta estação do ano”, como é conhecido o período, começa em 11 de novembro e termina na Quarta-Feira de Cinzas. O clímax da extravagante festa é o período que começa na “schmutzigen Donnerstag” (Quinta-Feira Suja) e que vai até a Quarta-feira de Cinzas.

Na Segunda-Feira de Carnaval (Rosenmontag), acontecem os grandes desfiles. As pessoas se vestem com fantasias divertidas ou trajes e máscaras tradicionais e vão às festas e desfiles. A tradição remonta aos costumes de espantar o inverno. A palavra Karneval (provavelmente oriunda do latim medieval: carnelevare, ou seja, adeus à carne) é usada para o carnaval na região do Reno. Em 10 de fevereiro de 1823, foi fundado em Colônia o Comitê de Organização, estabelecendo-se, assim, o carnaval como uma forma autônoma.

  • 1 2