Fernando Machado

Blog

Tag cienma

De volta para o passado

Há 200 anos, nascia no Rio de Janeiro, o poeta Olavo Bilac, que morreu no dia 16 de dezembro de 1865.

Há 115 anos, nascia em Pernambuco, o fundador do Cinema em Pernambuco Ary Severo, (Luiz de França da Rosa Torreão), que morreu no dia 10 de novembro de 1994.

Há 85 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, o Festival da atriz Lourdes Monteiro.

Há 75 anos, estreava no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, a peça Vestido de Noiva de Nelson Rodrigues.

Há 60 anos, o colunista social Altamiro Cunha lançava as mulheres mais elegantes de Pernambuco de 1958: Carmen Tartaruga, Nara Roesler, Tania Meira, Cristina Ribeiro, Lais Cabral da Costa, Lucila Pessoa de Queiroz, Edna Nery da Fonseca, Cristina Santos, Dulce Souza Leão Sampaio, Helena Baptista da Silva Perez e Nadya Lucena de Melo.

Há 55 anos, no Teatro de Santa Isabel, acontecia a eleição do Mister Pernambuco de 1963. O eleito foi Sérvulo Araujo Escorel (Adulto) e Liberato Humberto Escorel de Araujo (juvenil). Ambos do Ginásio Poder Muscular.

Há 51 anos, se casava na Matriz do Espinheiro, Anna Maria Ferreira e Marco Maciel. A cerimônia religiosa foi presidida por Dom Irineu.

Há 20 anos, morria na França, o arquiteto Alexandre Castro e Silva, que nasceu no dia 20 de maio de 1945.

 

De volta para o passado

alberto-santos-dumont

Há 115 anos, o aeronauta Alberto Santos Dumont ativa uma nova aeronave em Paris.

os-geraldos3

Há 100 anos, acontecia no Cine Teatro Helvética as despedidas de Os Geraldos, Geraldo Magalhães e Nina Teixeira, da troupe de Augusto Campos.

emil-ludwig-georges-duhamel

Há 80 anos, passavam pelo Porto do Recife, a bordo do Highland Brigade, o biografo alemão Emil Ludwig (1881/1948) e o escritor francês Georges Duhamel (1884/1966).

jazz-band-academica-dm

Há 75 anos, acontecia no Cinema Art-Palacio, um show com a Jazz Band Academica.

joracy-camargo-horencia-santos

Há 75 anos, Joracy Camargo inicia sua temporada no Teatro de Santa Isabel, com a peça Maria Cachucha, com Hortensia Santos.

conego-carlos-pereira-benigno-lyra

Há 75 anos, Leopoldino José da Silva, 24 anos, matava o conego Carlos Pereira Benigno de Lira, em sua propriedade Fazenda Barra, em Brejo da Madre Deus. Motivo: ele foi pedir remédio para o filho e ele não atendeu. O cônego nasceu no dia 12 de abril de 1883.

Há 75 anos, era transmitido o primeiro Repórter Esso, na Radio Nacional do Rio de Janeiro e na Rádio Record de São Paulo.

Há 70 anos, nascia no Rio de Janeiro, o músico Victor Assis Brasil, que morreu no dia 14 de abril de 1981.

maurice-chevalier2

Há 65 anos, o ator Maurice Chavalier, pelo Aeroporto do Recife, via Panair, com destino à Europa.

Há 60 anos, o pianista Arthur Moreira Lima, 16 anos, dava um recital no auditório da Radio Jornal do Commercio.

Há 25 anos, morria em Rio Grande do Sul, o romancista Walmir Ayala, que nasceu no dia 4 de janeiro de 1933.

AJB/RIO - 28/08/2011 ATRIZ DULCINA MORAES FOTO DIVULGAÇÃO

Há 20 anos, morria em Brasília, a atriz Dulcina de Moraes, que nasceu no dia 3 de fevereiro de 1908.

padre-pedro-amanda

Há um ano, acontecia o casamento de Amanda Basto com Pedro Henrique Farias, na Igreja da Madre Deus. A cerimônia foi presidida pelo Padre Airton Freire.

Anotações do Cotidiano

O secretário Alberto Feitosa está feliz da vida. E tem motivos. A emissora de TV norte-americana CNN elegeu as 8 melhores praias do Brasil durante visita ao país neste mês de junho. Três são de Pernambuco: Praia dos Carneiros, em Tamandaré; Porto de Galinhas, no Ipojuca, e a Praia do Sancho, em Fernando de Noronha. No Brasil para acompanhar a preparação para a Copa do Mundo de 2014, a emissora publicou o resultado da eleição na seção On The Road do seu site.

mauro-shampoo

O ex-atleta do Íbis Mauro Shampoo (Foto: Divulgação)

Encerrando o Festival de Cinema de Futebol temos hoje, às 19h30, no São Luiz, uma homenagem a Mauro Shampoo e exibição dos curtas Mauro Shampoo – Jogador, Cabeleireiro e Homem de Leonardo Cunha Lima e Paulo Henrique Fontenelle, Porque há coisas que nunca são esquecidas, de Lucas Figueroa, além do longa Memórias do Chumbo – O Futebol nos Tempos do Condor, de Lúcio de Castro.

No escurinho do Cinema

c-paulo-rego-maricy-leal

Paulo (diretor de Operações) Rego e Maricy (gerente de Marketing) Leal do Cinemark (Foto: Fernando Machado)

Foi pensando na música de Rita Lee, Flagra, que entrei ontem, à noite no complexo de cinematográfico localizado no RioMar. E fui logo cantarolando: “No escurinho do cinema / Chupando drops de anis / Longe de qualquer problema / Perto de um final feliz… / Se a Deborah Kerr / Que o Gregory Peck / Não vou bancar o santinho / Não! / Minha garota é Mae West / Eu sou o Sheik Valentino..”

c-roberta-queiroz-katarina-miranda-tinane-almeida

Roberta Queiroz, Katarina Miranda e Tinane Almeida (Foto: Fernando Machado)

A Rede Cinemark inaugurou o seu primeiro complexo no Recife, algumas novidades como serviço VIP, sala Extreme Digital Cinema (XD) – com a maior tela do Nordeste e sonorização mais potente que das salas convencionais –, além de sistema de projeção inteiramente digital. Das 12 salas, apenas duas não foram abertas para os convidados, exatamente as duas Bradesco Prime. Aliás, guiado por Alice Schmitt, conheci as duas. Sem duvida duas maravilhas. A gente não sabe se olha para tela ou curte as poltronas que podem ser inclinadas.

c-carmen-peixoto-artur-rebelo-danielly-halinski

Carmen Peixoto, Artur Rebelo e Danielly Halinski (Foto: Fernando Machado)

Já o cardápio das salas Bradesco Prime também é diferenciado. Um dos destaques é a foccacia de alecrim com lombinho, abobrinha marinada e cream cheese. Como já é tradição no Cinemark Bradesco Prime, o prato ganha a sugestão de harmonização com vinhos. Neste caso, com o 1865 Carmenère. Também são encontrados no snack bar bolinho de mandioca com recheio de truta defumada ou dip balsâmico de alecrim. A pipoca também recebe uma cobertura especial de azeite trufado e, na opção doce, o azeite extra virgem traz aroma de casquinha de limão.

c-roseane-gonçalves-laurindo-nadja-ferreira-beatriz-ivo

Roseana Gonçalves, Laurindo e Nadja Ferreira com Beatriz Ivo (Foto: Fernando Machado)

As 10 salas regulares, que foram inauguradas, todas tem projetores digitais. O destaque fica para as seis salas 3D, que oferecem ao espectador filmes de alta qualidade, extremamente realistas e que permitem a visualização de uma gama de até 35 trilhões de cores. Cerca de 1.500 pessoas puderam assistir aos filmes Os Miseráveis, Django Livre, O Som ao Redor, A Viagem, Dezesseis Luas, Lincoln, O Lado Bom da Vida, João e Maria 3D, O Vôo e Duro de Matar.

c-aninha-margarida-cantarelli

Aninha e sua mãe a desembargadora federal Margarida Cantarelli (Foto: Fernando Machado)

Antes tivemos um coquetel assinado pela Brie, de Carol Bettino e Filipe Bohrer, por sinal muito elogiado. Então pudemos degustar canapé de chevre salpicado com gergelim (preto e branco), casquinho de frango ao leite de coco (alecrim), losangos crocantes com creme de alho poro (pimenta rosa), stick de caprece ao pesto, mix de frutas secas, quadradinhos cheese cake de frutas vermelhas e tortelete de limão siciliano com raspas de limão.  

c-sandra-leal-angelo-de-melo

Sandra Leal e Angelo de Melo (Foto: Fernando Machado)

 Eu preferi assistir ao Lincoln. Um filme maravilhoso que está disputando o Oscar, e apesar de longo nos deixa atentos até o final. E o desfecho não foi tão feliz assim, mas a causa foi, tornando os Estados Unidos, o primeiro país  das Américas a abolir a escravidão dos negros. E como as 10 salas são de última geração não pude concluir o Fraga: “Mas de repente o filme pifou / E a turma toda logo vaiou / Acenderam as luzes / Cruzes! / Que Flagra! / Que Flagra! / Que Flagra! / Uauauauauá! / Larará! Larará…”

c-camilla-aziz-maria-paula-marques-macedo-sophia-serak-gabriela-mota

As its girls Camilla Aziz, Maria Paula Marques Macedo, Sophia Serak e Gabriela Mota (Foto: Fernando Machado)