Fernando Machado

Blog

Tag central

Férias na Flórida Central

A Flórida Central se destaca pela variedade de opções turísticas para visitantes de todas as idades. Viajar com a família para a Flórida é uma experiência única, especialmente se a diversão vai além dos parques temáticos. É possível aproveitar as férias explorando o melhor da região, como levar as crianças para curtir a natureza, fazer passeios e conhecer atrações inesquecíveis. A paisagem natural, museus, parques e lagos encantam os olhos do observador.

Uma família no Safari Wilderness (Foto: Divulgação)

Lakeland, Davenport, Lake Wales e Winter Haven são as cidades que compõem a região e oferecem muita alegria. No Bok Tower Gardens, Hammock Hollow Children’s Garden é o destaque. Jovens exploradores brincam com recursos hídricos, escalam uma área de teias de aranha, constroem e cavam seu caminho por meio de círculos de areia, realizam teatro improvisado e criar belas obras de arte no Doodle Bug Art Place. No geral, o Hammock Hollow Children’s Garden tem 18 seções para as crianças.

O Hammock Hollow Children’s Garden (Foto:  Divulgação)

Há um safari de verdade na Flórida Central, o Safari Wilderness, Uma das melhores atrações em Lakeland. Toda a família embarcará em um veículo de safári personalizado e um guia turístico experiente conduzirá pelos pântanos. Existem enormes rebanhos de espécies exóticas normalmente encontrados na África e na Ásia. Safari Wilderness não é um zoológico! O acesso ao terreno é feito em pequenos grupos e os passeios são oferecidos apenas por reserva.

Nos Bastidores da Política

O Banco Central divulgou quinta-feira o Relatório de Estabilidade Financeira referente ao primeiro semestre de 2020. O REF é uma publicação semestral destinada a apresentar o panorama da evolução recente e as perspectivas para a estabilidade financeira no Brasil. A pandemia da Covid-19 continua provocando a maior retração econômica global desde a Grande Depressão. As medidas do Conselho Monetário Nacional e do BC foram importantes para preservar a solvência e a resiliência do sistema bancário no enfrentamento dos efeitos adversos da Covid-19 e para permitir que o Sistema Financeiro Nacional atravessasse o período agudo de estresse, sempre com baixo risco de liquidez.

Como parte do apoio estratégico do Governo do Federal no atendimento aos estados e municípios, o Ministério da Saúde prorrogou a habilitação 7.844 leitos de UTI exclusivos para tratamento de paciente com Covid-19 solicitados pelos estados e municípios, o que corresponde a 53,5% do total habilitado pela pasta desde o início da pandemia. Até o momento, foram habilitados o total de 14.646 leitos de UTI. Desse total, 247 são de UTI pediátrica. O valor investido pelo Governo Federal é de R$ 2 bilhões, pago em parcela única, para que os entes federados façam o custeio dessas unidades pelos próximos 90 dias – ou enquanto houver necessidade em decorrência da pandemia.

Notícias da Paraíba

Bruna Borges é a nova apresentadora do Programa Mulher Demais, que vai ao ar, na TV Correio, de segunda à sexta-feira, às 07h45. Segundo a diretora geral da TV Correio, Paula Gentil, os ótimos números de audiência alcançados pelo programa durante o período que atuava como interina foram determinantes para sua escolha. Bruna Borges foi capa e recheio na Revista da TV, do Jornal Correio da Paraíba. O texto foi foi da jornalista Lílian Moraes.

A apresentadora Bruna Borges (Foto: Divulgação)

Quem passar pela Central de Comercialização da Agricultura Familiar, no José Américo, a partir de hoje, vai encontrar uma vasta programação cultural, gastronômica e artística, além de contar com abacaxis sendo comercializados a preços mais acessíveis. Isso porque inicia o I Festival do Abacaxi da Cecaf. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa. O evento se estende até o próximo sábado.

Parabéns, Hotel Central!

Há 90 anos, o engenheiro e comerciante grego Constantin Aristide Sfezzo inaugurava na Rua da Intendência, atualmente Avenida Manoel Borba, o Hotel Central, cujo projeto foi do arquiteto Giacomo Palumbo. À noite tivemos um baile a rigor e no comando estava o gerente era George Kyrillos. O hotel era o que havia de mais chique para a época.

A maquete do Hotel Central publicada na Revista A Pilheria em 1937

O engenheiro veio ao Recife em 1922, segundo a historiadora Virgínia Pernambucano de Melo, para fundar e dirigir a filial da White Martins no estado. Um ano depois, casou com a pernambucana Judith Adele von Sohsten. O Hotel Central tinha sete andares e 72 quartos, de luxo com telefone e tudo. No térreo dois terraços, barbearia, bar, central telefônica, salão de beleza e um hall.

O arquiteto Giacomo Palumbo (Foto: Divulgação)

No sétimo andar tinha uma vista deslumbrante da cidade e do mar e em 1930, ele tornou-se ponto de observação para a primeira passagem do Graf Zeppelin pelo Recife. Em 1932, Constantin retornou à Europa e à distância administrava o empreendimento até 1951, quando vendeu ao comerciante Domingos Magalhães, o avô do proprietário, Kerginaldo Magalhães.

A soprano Bidu Sayão (Foto: Internet)

Depois, o hotel foi arrendado consecutivamente, o que o deixou dilapidado. Por ordem judicial Kerginaldo retomou o negócio da família. Com a construção dos espigões o Hotel Central, o primeiro arranha-céu da cidade perdeu o privilégio da vista. O elevador é em ferro entrelaçado e foi importado nos Estados Unidos. Os banheiros preservam louças sanitárias compradas na Alemanha e os azulejos decorados de Portugal.

As misses Fernanda Gonçalves de Portugal, Alice Diplaraku da Grécia e Beatrice Lee dos Estados Unidos (Fotos: Divulgação)

Entre os que se hospedaram no Hotel Central destacaríamos a soprano Bidu Sayão (22.7.1935), o violinista russo Leo Charneawsky (7.11.1936), a atriz Annabela (13.12.1938), o ator Lew Ayres(01.6.1940) e o aviador Jean Mermoz (1.6.1940). Não podemos esquecer o chá dançante que aconteceu no dia 16 de agosto de 1930, com a participação de 19 misses internacionais que seguiam até o Rio de Janeiro, para participar do Miss Universo, no dia 7 de setembro.

  • 1 2 5