Fernando Machado

Blog

Tag cemetério

O Cemitério Senhor Bom Jesus da Redenção

O Recife tem seu cemitério de Père-Lachaise, estamos nos referindo ao Cemitério Senhor Bom Jesus da Redenção, ou melhor, o Cemitério de Santo Amaro. Inaugurado, no dia 1 de março de 1851, pelo governador José Ildefonso de Sousa Ramos, todavia se deve a proeza ao governador Francisco Rego Barros, o Conde da Boa Vista, que tinha como objetivo modernizar o Recife. O Santo Amaro, o maior do Recife, foi projetado pelo engenheiro José Mamede Alves Ferreira (1820/1865), e mede 145m².

O túmulo do abolicionista Joaquim Aurélio Nabuco de Araújo (1849-1910), obra é do escultor italiano Giovanni Nicolini (1872/1956) Foto: Leonardo Dantas

O toque de romantismo é o acesso até chegarmos lá, e se chama Avenida da Saudade. Os primeiros sepultamentos no Senhor Bom Jesus da Redenção foram com as pessoas vítimas de febre amarela, porque as igrejas não quiseram enterra-los. Era costume na época os mortos serem enterrados nas igrejas. Sua arquitetura é radial, com túmulos distribuídos ao longo de ruas que partem de um ponto central, ou seja a Capela de Nossa Senhora da Conceição. É, sem dúvida, a maior galeria de arte ao ar livre de Pernambuco.

Réquiem para Ruth Nascimento

É com profundo pesar que a coluna informa o falecimento, sexta-feira, da senhora Ruth Nascimento. Seu velório e a cremação do Cemitério Morada da Paz aconteceram, ontem, exatamente no dia que completaria 84 anos de idade. Ruth, que nasceu em Belém, do Pará, como Honorina, era uma figura humana excelente. Daquelas pessoas que a maldade não chegou a contaminá-la. Ruth partiu e levou um pouquinho de mim.

ruth-nascimento2

Ruth Nascimento num show do Women’s Club (Foto: Fernando Machado)

Ruth era uma pessoa muito presente em nossa vida. Nunca deixou de mandar uma lembrança para mim, no aniversário e no final do ano. Ela me ajudou a escrever momentos interessantes na minha vida de cronista social. Nunca abandonava os amigos, principalmente nas horas de dificuldades. Há três anos fiquei preocupado com sua ausência no meu aniversário. Um dia encontro seu filho, no supermercado, e me disse que Ruth estava muito esquecida, então pensei é o Mal de Alzheimer.

ruth-nascimento3

Aqui  Ruth Nascimento numa tarde beneficente da Associação Cristã Feminina (Foto: Fernando Machado)

Fiquei triste com a notícia, aliás, muito triste, todavia entendi o porque daquele silencio. Esta coluna, fiel aos rituais dos esportes, pede um minuto de silencio, por esta partida. Ruth, era uma pessoa piedosa e muito Católica. Era uma presença constante nos nossos chás beneficentes. Ela nos enchia de força e coragem. Na verdade, Ruth começou a morrer quando perdeu seu filho Carlos Augusto no dia 28 de novembro de 2007.

ruth-carlos-nascimento-17dez2005

Ruth e Carlos Nascimento pelos salões do Recife (Foto: Divulgação)

A partir deste momento não participou mais dos encontros sociais. Ruth era casada com o médico Carlos Nascimento, que o conheceu no Rio de Janeiro. A última festa que promoveu foi a Bodas de Ouro de casamento, ao lado dos filhos Carlos Augusto, César Augusto e Sandra, e dos netos Bruno, José Carlos, Carlinhos, Arthur Gustavo, Pedrinho, Daniella e Neide. Temos que reverenciar uma mulher colou no açaí, um tempero chamado filantropia.

De volta para o passado

Há 162 anos, era inaugurado primeiro cemitério publico no Recife, o de Santo Amaro.

Há 95 anos, nascia no Rio Grande do Sul, o ex-presidente João Goulart, que morreu no dia 6 de dezembro de 1976.

rui-barbosa

Há 90 anos, morria no Rio de Janeiro, o jurista Ruy Barbosa, que nasceu no dia 5 de novembro de 1849.

Há 85 anos, nascia no Rio de Janeiro, o ator Mauricio do Valle, que morreu no dia 7 de outubro de 1994.

joão-santiago

Há 85 anos, nascia em Pernambuco, o compositor João Santiago, que morreu no dia 11 de novembro de 1985.

Há 75 anos, morria na Itália, o poeta Gabriele d’Annunzio, que nasceu no dia 12 de março de 1863.

Há 15 anos, morria em São Paulo, o indigenista Cláudio Villas-Boas, que nasceu no dia 6 de dezembro de 1916.

Há 15 anos, morria em Pernambuco, a senhora Luizinha Rabelo de Lemos, que nasceu no dia 22 de agosto de 1926.

haroldo-de-andrade

Há cinco anos, morria no Rio de Janeiro, o radialista Haroldo de Andrade, que nasceu no dia 1 de maio de 1934.

Arlington National Cemetery

w-fernando-arlington
O colunista diante de um poster do enterro de John Kennedy (Foto: Maria Sanchez-Carlo)

Ontem pela manhã fomos ao Arlington Nacional de Arlington, em Washington DC. Uma chuvinha teimava em cair, mas meu santo é forte e ela se mandou. O local é um verdadeiro santuário aos mortos, da Guerra Civil (1861-1865), da I e II Guerra Mundial, as guerras da Coreia, Vietnã, Iraque e Afeganistão. A referência maior vai para o tumulo do Soldado Desconhecido.

w-john-kennedy-jacqueline2
Os tumulos de John e Jacqueline Kennedy (Foto: Fernando Machado)

Arlington começou a funcionar em 1863, tem 737 hectares e cerca de 400 mil almas. Os túmulos ficam sobre uma verdadeira floresta quando destacamos Oaks Trees, Maple Trees, Pinheiros de vários espécimes. Sem esquecer o gramado que dá um colorido todo especial ao Arlington.

w-robert-kennedy
O túmulo de Robert Kennedy em Arlington (Foto: Fernando Machado)

Um dos momentos emocionantes foi ficar por alguns minutos diante do túmulo do ex-presidente John Kennedy, ao seu lado estão enterrados a ex-primeira dama Jacqueline, e seus filhos Partrick e Arabella. Tendo em vista que nunca encontraram o corpo de John Jr, não faz parte do espaço.

w-soldado
A troca de guarda (Foto: Fernando Machado)

Foi lindo a cerimonia de troca da guarda no Túmulo do Soldado Desconhecido, que é feito de meia em meia hora. Ontem apenas um soldado dava guarda ao local. No verão são dois. Do túmulo, que fica no ponto mais alto do cemitério, se contempla parte de Washington DC.

w-memorial-kennedy
A vista notável de Washington do Túmulo de JK (Foto: Fernando Machado)

  • 1 2