Fernando Machado

Blog

Tag casa

Casa Verde e Amarela

O programa de habitação popular Casa Verde e Amarela completou um ano e terá avanços para garantir moradia a um número cada vez maior de brasileiros. Quarta-feira, foram anunciadas medidas para facilitar o acesso das famílias de baixa renda ao financiamento habitacional, em cerimônia no Palácio do Planalto. “Casa própria, realmente, não tem preço para quem a recebe”, disse o Presidente Jair Bolsonaro ao discursar no evento. “Quando se fala em casa popular, a pessoa fica felicíssima em receber a sua chave”, completou.

O Presidente lembrou que, com a chegada da Covid-19, o setor da construção civil foi incluído na lista de atividades consideradas essenciais e não parou de produzir unidades habitacionais. As medidas anunciadas entrarão em vigor em cerca de 60 dias, com exceção das alterações do desconto nas taxas de juros, que só passarão a valer a partir de 2022. As novas regras foram aprovadas durante a 181ª reunião do Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Nos Bastidores da Política

Quinhentas moradias foram entregues as famílias de baixa renda de Manaus (AM), ontem, pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, por meio do programa Casa Verde e Amarela. O ministro do Turismo, Gilson Machado, e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, também participaram da cerimônia. As moradias do Residencial Cidadão Manauara II, módulo B, contaram com investimento federal de R$ 41 milhões, sendo que cerca de R$ 36 milhões foram repassados a partir de 2019. Cerca de 2 mil pessoas serão beneficiadas com a casa própria.

Bolsonaro no momento  do toque do hino brasileiro (Foto: Anderson Ridiel)

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, antecipou que quer fazer de setembro um mês dedicado ao setor ferroviário. A afirmação aconteceu durante participação em um seminário digital realizado ontem pela Confederação Nacional da Indústria e Poder360. Estão previstos a assinatura de contrato da concessão do primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, na Bahia, o início das obras de implantação da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, partindo de Goiás, além de outras iniciativas. O primeiro trecho da Fiol, entre Ilhéus e Caetité, foi leiloado pelo Governo Federal em abril e teve a Bamin como vencedora, proporcionando um aporte de R$ 3,3 bilhões para conclusão do segmento e início de operações. O MInfra agora avança nas obra da Fiol 2, entre Caetité e Barreiras.

Noticias do Rio Grande do Norte

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, entregou segunda-feira a obra de restauração do antigo Armazém Real da Capitania, localizado em Natal. Com recursos do IPHAN, na ordem de R$ 420 mil, o prédio passou por uma modernização das instalações e adequação às normas de acessibilidade. As adaptações foram feitas de modo a resgatar a integridade física do bem, mantendo as características, valores históricos e arquitetônicos da edificação.

Com a restauração, o prédio abrigará a Casa do Patrimônio, onde funcionará o Centro de Referência do Patrimônio Imaterial. O local também já foi sede da superintendência do Iphan no Rio Grande do Norte. Construído em alvenaria de pedra e cal, a edificação serviu como residência e comércio durante muitos anos. No século XVIII, o então Armazém Real da Capitania do Rio Grande era utilizado para guardar os equipamentos das forças militares da Coroa: armamento, munição, ferramentas, comida, fardamento e outros.

Parabéns, Cláudia Cavalcanti!

Walmir e Eva Cavalcanti (Foto: Fernando Machado)

Andre Britto, Júlio Vieira Cavalcanti e Márcio Pedrosa (Foto: Fernando Machado)

Sexta-feira, o casal Walmir Cavalcanti comemorou o aniversário de Claudia, com um jantar, por adesão, em torno do aniversário dela, no restaurante Eva Arte Culinária, de Julio Vieira Cavalcanti, Marcio Pedrosa e do chef André Britto, no Espinheiro. O chef André Britto está de parabéns pelo cardápio.

Katia Susana Vasconcelos e Claudia Cavalcanti (Foto: Fernando Machado)

Júlio Vieira Cavalcanti e Ana Beatriz Ladim (Foto: Fernando Machado)

Participaram do encontro Kátia Susana Vasconcelos, Maria de Lourdes Farias, Luciano Landim, Catarina Landim de Farias, Ana Salsa e João Trajano, Marina e Márcio Pedrosa, Rebeca Mousinho, Gabriel Landim, Ana Beatriz Landim, e Julio Vieira Cavalcanti. Não esquecer um jardim grifado pelo paisagista Luciano Lacerda, da Villa Garden.

Catarina Landim de Farias, Maria de Lourdes Farias e Luciano Landim (Foto: Fernando Machado)

João Trajano e Ana Salsa (Foto: Fernando Machado)

O Eva, foi inaugurado em 11 de setembro de 2020, fica numa casa construída em 1930. As mesas são ladeadas avencas, baobás, pau maestro, avencas, bambu negro, fruta do milagre, jiboias e jambeiros centenários. Do teto caiam sobre uma mesa de tampo único de jatobá com 7, 30, luminárias de palha made in Alagoas. Por sinal a maior mesa em linha reta da America Latina.

Rebeca Mousinho e Gabriel Landim (Foto: Fernando Machado)

Marina e Márcio Pedrosa (Foto: Fernando Machado)