Fernando Machado

Blog

Tag Cartunista

Anotações do cotidiano

O presidente do GERE, Braga Sá, estará no comando de mais um almoço-reunião, quinta-feira, no Restaurante Boi Preto, com direito a um debate sobre “A crise na construção civil e as alternativas para o segmento”. Participarão do evento os presidentes da Ademi Marcello Gomes, do Sinduscon Gabriel Dubeux Neves e do Secovi Luciano Novaes. A saudação será feita pelo presidente da Fiepe Jorge Corte Real.

samuca-osmario-marques1
O cartunista Samuca autografando seu livro (Foto: Osmário Marques)

O cartunista e jornalista Samuca promoveu sábado, na Livraria Cultura, o lançamento do segundo livro de sua carreira, “Sem palavras”. Vários amigos, familiares e fãs de desenhos prestigiaram o cartunista. São, ao todo, 90 criações expostas no livro. Os cartuns falam de assuntos variados, desde amor até saúde e intolerância sem perder a característica universal do cartum, marcada pela crítica e ironia aos costumes e ao comportamento humano.

samuca-monalisa-dourado-osmario-marques1
A jornalista Monalisa Dourado prestigia o Sem Palavras (Foto: Osmário Marques)

O Pré-São João 2009, que acontece no dia dois de maio, vai antecipar os festejos juninos de Caruaru. As atrações do evento serão Banda Calypso, Forró do Muído, Geraldinho Lins, Forró do Bom e Solteirões do Forró. O estilo tradicional terá destaque: a caruaruense Flor de Mandacaru dará um show que inclui arrasta-pé, xote e baião. O Pré-São João tem início às 20h, no Arena Polo, na área externa do Polo Comercial de Caruaru.

Sem palavras

O cartunista Samuca lança, amanhã, às 18h, na Livraria Cultura, o segundo livro de sua carreira, intitulado Sem palavras. Depois, às 21h, teremos uma festa no Bar da Moeda. O nome da obra faz alusão à linguagem do cartum, que, mesmo sem palavras, ironiza, critica e reflete sobre assuntos diversos, de forma bem humorada. Ao longo das 120 páginas, o livro traz 90 cartuns, alguns inéditos e outros já publicados.

samuca-osmario-marques-samuca5
O chargista Samuca (Foto: Osmário Marques)

Com carreira sólida como chargista do Diario de Pernambuco, Samuca explica porque optou por lançar um livro de cartuns: “Pelo fato de não ter palavras, o cartum possui uma linguagem universal e trata de temas amplos, como os costumes. É uma imagem iconográfica que representa uma ideia. Por isso, ela atravessa o tempo com mais facilidade e pode ser compreendida por mais gente. Essa é a principal diferença em relação à charge”, diz o cartunista.