Fernando Machado

Blog

Tag carnaval

Flashes

“No Carnaval vão pedir passaporte sanitário as multidões aglomeradas nas ruas, nos sambódromos?” Pergunta da antiquaria Tania Carneiro Leão.

O acadêmico José Nivaldo Jr, está de parabéns pelo artigo condenando a censura, imposta pela CNN ao jornalista Alexandre Garcia.

Se viva fosse, a socialite Amelinha Peixoto 1957 estaria festejando 64 anos. Era uma figura humana notável e dona de um sorriso belíssimo.

Amelinha Peixoto era uma figura humana sensacional (Foto: Fernando Machado)

Maestro Spok no Paço do Frevo (Foto: Flora Negri)

O maestro Spok participa do projeto Magia do Frevo hoje e amanhã, com acesso gratuito, pelo Youtube. Informações no magiadofrevo.com.br.

Comemorando 30 anos, a Sonofácil, os irmãos Túlio e Gabriel Albuquerque, inaugurarão unidades da rede, em Piedade e Boa Viagem.

Karol Arruda e Amanda Lourenço confirmam que a Out Fashion Recife, feira de moda e negócios, será no RioMar, entre os dias 29 a 31 de outubro.

O Palhaço, Deserto

O filme O Palhaço, Deserto, com roteiro e direção de Patrícia Lobo, estreia na mostra online Marché du Film, no Festival de Cannes, no dia 7 de julho, às 9h, com distribuição da Bretz Filmes. No elenco, os veteranos do teatro paulistano, Paulo Jordão e André Ceccato, dão vida aos personagens Cidadão e Pradinho. O filme mostra um palhaço aposentado (Cidadão), que se vê entre a ilusão e a dura realidade após 40 anos trabalhando. Após Cannes, o filme segue para as salas de Portugal pela FilmesDaMente.

A cineasta Patrícia Logo (Foto: Vitor Campanario)

O ator Paulo Jordão como o palhaço Cidadão (Foto: Divulgação)

Entre a ilusão de um cabaré e o realismo do cotidiano, após mais de 40 anos dedicados ao ofício de ser palhaço, Cidadão enfrenta seu primeiro dia como aposentado. A dificuldade em aceitar a nova situação, que envolve falta de dinheiro e perspectivas, o leva a substituir a preocupação pelo prazer. Ele cai na farra em um baile de Carnaval, enquanto enfrenta como mero e passivo espectador, situações comuns do dia a dia e suas questões políticas, comportamentais e sociais.

Pausa Poética

“Na hora de desfilar, desfilar, fora disso, nada de plumas.” Evandro Castro Lima (1920/1985)

De Volta para o Passado

Clube Alemão (Foto: Diário da Manhã)

Jockey Clube (Foto: Diário da Manhã)

Há 85 anos, começava o Carnaval. Com os bailes do Clube Alemão e do Jockey Clube. O traje era rigor, branco ou fantasia.

Há 85 anos, nascia no Rio Grande do Sul, o radialista Renato Canini (Zé Carioca), que morreu no dia 30 de setembro de 2013.

O general Mascarenhas de Moraes e o interventor Agamenon Magalhães no Carnaval do Internacional em 1941 (Foto: Diário da Manhã)

O Bal Masqué do Internacional no sábado gordo no Carnaval de 1941 (Foto: Diário da Manhã

Há 80 anos, começava o Carnaval. O do Clube Internacional teve decoração de Lula Cardoso Ayres e o tema foi Rainha do Maracatu. Orquestra da PRA 8, regida por Nelson Ferreira e Ulysses e seu Bando. O do Português, o tema foi Reino da Alegria, decoração de Benoni e Petrus Camara.

Há 60 anos, morria em Pernambuco, o sargento da PMPE Antonio Cajueiro de Albuquerque (Velho Cajueiro), que lutou contra o cangaço, e nasceu em 1876.